sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Como reconhecer um génio do futebol mundial

Antecipa tudo. Pensa mais rápido, vê tudo ao seu redor e fá-lo a uma velocidade superior. Mostra qualidades a construir bem expressas na forma como pega mais cedo na bola e se liberta da pressão, encontrando caminhos para o ataque prosseguir. Sabe criar pela velocidade a que vê e pela qualidade técnica com que executa. Descobre caminhos que outros não vislumbram. É um criativo que joga e sobretudo faz jogar. Receba onde receber encontra sempre alternativas. Progride quando o deve fazer, espera e ou solta nos timings apropriados. Tudo com uma qualidade técnica tão assombrosa quanto a velocidade a que raciocina e interpreta o jogo.

9 comentários:

Paolo Maldini disse...

D.Freitas, pareces tu naquele video que mostraste :)

michael disse...

parece que baixava mais vezes a pedir a bola na rojita de JL do que tem feito até há alguns jogos atrás...
de qualquer forma, sempre um atalho para o perigo!

joao santos disse...

Ainda assim, prefiro o Quintero...

Hugo Souto disse...

Na opinião do LE seria possível um meio-campo com Óliver-Quintero? E possivelmente com Rúben Neves a jogar nas costas deles...? Pessoalmente agradava-me bastante!

Saudações Portistas!

formatted error free disse...

Põe o Bernardo Silva no bolso?

Dennis Bergkamp disse...

Neste momento tem no bolso a maior parte dos jogadores da idade dele, nem que seja porque:

- Tem sucesso no meio dos bichos.

Nuno disse...

Joga tanto! Da geração dele, os melhores são ele e o Denis Suarez, que é do Barça, mas está emprestado ao Sevilha. Sempre se falou muito mais no Delofeu e no Jesé, mas o Oliver e o Denis Suarez sempre me pareceram superiores.

Nelito disse...

Fora de contexto, o gajo, na cara, é igual ao Fernando Gomes (ponta de lança)!

Roberto Oliveira disse...

Pena que às vezes é obrigado a lateralizar demais e passes de ruptura acaba por os deixar pra outros