segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Joaquin Correa. O perfil.

Um cérebro na ala. 

Habituado a um sistema próximo do do SL Benfica (4x4x2), o jovem argentino de vinte anos tem por hábito jogar como médio esquerdo, ainda que dextro. Muito diferente do perfil dos extremos à moda antiga. Sempre a procura por espaços interiores, onde demonstra imensa qualidade técnica e na forma como para além de executar vê sempre tudo ao seu redor. Descobre rupturas que parecem invisíveis, e quebra contenção sempre conduzindo na direcção da baliza. Grande qualidade na forma como progride, quer no gesto quer na leitura e na decisão. Mais um grande potencial no futebol argentino.

Os seus vinte anos fazem predizer que poderá, trabalhado, jogar como extremo ou segundo avançado no modelo de Jesus. Tudo o que apresenta na Liga Argentina faz crer que será o substituto de Gaitán, assim o argentino do SL Benfica acabe transferido.

14 comentários:

Paulo Dias disse...

Eu que não percebo nada disto quando vi um video dele de 9 min no youtube percebi logo que era super inteligente como vocês gostam.

RA disse...

Parece-me que a ala esquerda vai ficar entregue a Ola John e a Correa... Duas excelentes opções ao nivel de inteligência e tomada de decisão... Ainda acredito que o Ola John com a aposta nele ( minutos acumulados, subida de confiança e de ritmo de jogo) ainda vai surpreender... Também um pouco de agressividade não fazia mal..

Paulo Dias disse...

Meus caros, por acaso vão fazer uma pequena antevisão do clássico? Era interessante saber a vossa ideia, agora.

Pedro disse...

"por acaso vão fazer uma pequena antevisão do clássico"

Não sei...acho que por aqui tem-se tanto medo do que pode acontecer no clássico como eu.
:)

Paolo Maldini disse...

o jesus é q deve estar com medo do clássico... ir com almeida, maxi, jardel e samaris para segurar jackson, brahimi, tello e quintero e oliver... tem a vantagem de estar à frente na classificação, dá para meter mais pernas lá atrás para esconder a diferença de nível.

Pedro disse...

"o jesus é q deve estar com medo do clássico"

Não tenho a menor dúvida. :)

Cosimo Damiano disse...

Medo deve ter o Lopetegui que não ganhou em casa ao Petit e ao Silva... e vem aí o JJ! :)

M disse...

OK,Benfica vai perder o jogo pq o JJ não tem plantel para fazer frente ao FCP.....está todo borradinho pq não tem defesa para a linha avançada do FCP...meio impressionante que o JJ tem sempre desculpa para falhar ou perder..veremos o que ira acontecer então..mas olha, o SCP, com o plantel e defesa onde se bate tanto, meteu lá 3 batatas e eliminou o FCP em pleno dragão..... Ate o Boavista, com plantel fantastico diga-se, levou de lá pontinho...

Vamos ver então o que faz..

Roberto Baggio disse...

Ganhar ou perder é desporto. Tem é que ter mais oportunidades de golo e conceder menos. Se assim for, mesmo que não ganhe, ganhou.

NSC disse...

O Almeida, Maxi, Jardel e Samaris vão segurar o Jackson, o Brahimi e restantes jogadores do FCP?
Literalmente, vão. Mas isso não será contradizer tudo o que tem vindo aqui a ser escrito sobre as duas equipas, mormente a organização defensiva do Benfica de JJ?

Se o JJ não inventar, e creio que não o fará, teremos um jogo não definido unicamente pela soma de combates individuais (à imagem de uma batalha de heróis), onde o Benfica correria sérios riscos e grandes probabilidades de de ser facilmente derrotado. A única hipótese do Benfica é a organização.

Apesar de os espanhóis estarem no Porto, é no Benfica de Jesus que vejo um terço. Algo bastante dinâmico e que vale sobretudo pela qualidade do treino e da disciplina táctica, que potenciam, e muito, as qualidades individuais de cada um dos seus elementos. Uma interessante mescla de eficaz organização defensiva com flexibilidade ofensiva (muitas vezes proporcionando e promovendo mesmo, neste caso, duelos individuais). Muito capaz ofensivamente mas mais mortífero em reacção.

Resta saber o que é que o Lopetegui lidera. Até agora não vi muito mais (leia-se «equipa») do que grandes jogadores. Se a história valer alguma coisa estaremos mais perto de Gravelines do que de Rocroi.

R.B. NorTør disse...

O Jesus deve estar borradinho ou com respeitinho? É que no primeiro caso costuma correr mal e no segundo nem por isso. Agora se o mérito é do treinador ou os jogadores é que se encolhem, já não sei dizer...

LGS disse...

O Porto está assim tão melhor agora do que quando perdeu com o SCP?

JON disse...

Nem o Porto era péssimo quando perdeu com o SCP, nem agora é brilhante. Mas há evolução e há maior confiança, via últimos resultados.

Depois, com o SCP e com o Estoril, o Porto jogou sem meio-campo, coisa que nunca fez na CL, por exemplo. Quer isto dizer que jogou com ordens claras para lateralizar, vertigem e cruzamento para Jackson e Adrián. Resultou pessimamente.

Não acredito que o faça no domingo.

Pelo que vejo, se o Porto entrar forte e pressionar alto (como fez bem em Bilbau, por exemplo), o Benfica vai ter dificuldades. Se o Benfica furar essa primeira pressão e com as linhas ultra subidas do Porto, há várias avenidas para Enzo, Gaitan e outros explorarem.

Em suma: pode dar para 3-0 para qualquer um dos lados.

PS: acho piada que adeptos do clube A ou B não vejam jogos dos rivais e depois escrevem comentários com base em lugares comuns...

LGS disse...

JON,

Não sei se o teu comentário foi também para mim, mas a minha questão era uma questão sincera, exactamente por não seguir com muita atenção o Porto.

Vi alguns minutos de alguns jogos, vi o FCP-SCP quase todo, pouco mais. Achei que havia ali algumas fragilidades defensivas e a minha pergunta era nesse sentido, de perguntar se o Porto entretanto tinha corrigido alguns problemas.