quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Bebé - Pensei que estavam a gozar.

«Aprendi muito com Alex Ferguson no Manchester United. O que falhou? Estava sozinho e precisava de mais experiência para enfrentar essa situação. O meu melhor futebol viu-se no Paços de Ferreira. Ali comecei uma nova vida, joguei muito, era isso que precisava, e respondi. Depois fui para o Benfica e vi que não ia ter tanto espaço como gostaria. Por isso, pedi para sair e vir para aqui. Agora estou feliz e com muita vontade de dar tudo pelo Córdova. Tudo é perfeito para, desta vez, acerte», disse o avançado português, vincando a ideia que pretende-se afirmar-se em definitivo no emblema da Andaluzia.

«Esta é a minha oportunidade. Já tive outras mas, quem sabe, não estava preparado. Agora sim. Em Manchester era um rapaz e estava sozinho. Cresci e sou uma pessoa diferente. Penso que é agora que vou aproveitar. O Córdova é uma grande oportunidade para mostrar o meu valor e penso que estou a responder bem», acrescentou.

Bebé falou ainda da relação com o empresário Jorge Mendes: «É como um pai. Tenho esta oportunidade graças a ele. Ajuda-me a fazer as coisas e estou-lhe muito agradecido. Foi graças a ele que joguei em grandes clubes e nos melhores campeonatos. Nunca me vai faltar nada.»

O jogador contou ainda como conheceu o empresário: «Cinco jogos depois de ter chegado a Guimarães foi a minha casa, falámos e tudo me pareceu perfeito. Aceitei que fosse o meu representante. Tinha um contrato com uma cláusula de rescisão de 9 milhões de euros e, em dois dias, já havia clubes interessados em pagá-la. Fui para o Manchester United mas pensei que estavam a gozar.»

O Efeito Jorge Mendes é uma coisa impressionante.

8 comentários:

Mário Felício disse...

E é isto que hoje em dia estraga o mundo do futebol. Através dessa "suposta" venda, os 9 milhoes foram distribuidos por um clube, um presidente, e depois este Sr. empresário que ganha milhões desta forma, com troca por troca do estilo:
Fergunson, levas o Ronaldo por pouco mas ficas comprometido a comprar um jogador mau para me dares um bons milhões sim?

Isto é só negócios obscuros no futebol, e que estragam o espectáculo todo.

Abraço a todos

José Moreira disse...

Perante a frase: "fui eu que pedi para sair do Benfica", só posso dizer:

Obrigado pá!

Deus é grande.

Rui Cesar disse...

Off-topic:

http://www.okgoals.com/match-highlights-1421790247---44

a partir do minuto 3:40 (3ºgolo do nantes e 5º do jogo)

Antes do cruzamento o lateral esquerdo alinha com o defesa central do seu lado, cobre a zona à frente da baliza e larga a referência individual.
Com isto o jogador do Nantes (que vai fazer o golo) fica sem marcação.
O cruzamento acaba por sair para essa zona.
O lateral ainda reage, mas com o remate de primeira já chega tarde para interceptar o remate.

A minha questão (se alguém quiser responder) é se concordam com este posicionamento do lateral, ou se devia ter mantido a referência individual e deixar maior distância para o central?

Ou se o jogador do meio-campo do lyon que também correu na direcção do marcador do golo, já deveria ter antecipado o movimento e coberto essa zona?

Cumprimentos,
RC

B Cool disse...

"Pensei que estavam a gozar." - e estavam, o Mendes a gozar com a grana que empochou de comissões e o barrete que enfiou no Fergie. Afinal de contas, havia que aproveitar ainda o efeito Ronaldo.

Rafael Antunes disse...

Rui,

Na minha opinião o posicionamento do lateral é correto.

Não há é protecção da zona à frente da linha defensiva, neste caso por parte dos médios. Porque se os médios aceleram por forma a ficar na zona de penalti, o defesa já poderá não ter de sair.

Edson Arantes do Nascimento disse...

O Jorge Mendes é uma espécie de Viagra.

Pedro Gonçalves disse...

Viva,

A transferência do Bebé não é nenhum misterio. O Man Utd devia €10M ao Jorge Mendes da transferência do CR para Madrid. Foi só um acerto de contas. O Man Utd sabia perfeitamente que lhe estavam a vender gato por lebre, mas são as regras do negócio. Em relação ao Alex Ferguson, provavelmente ainda hoje não sabe quem é o Bebé.

Peter

Blog de Portugal disse...

Rui e Rafael, relativamente ao lance em questão,

A defesa à zona não é milagreira. Mas, bem aplicada (como o DE o fez), reduz as probabilidades de marcar golo por parte dos adversários, já que protege as zonas mais importantes (no caso do lance, zona à frente da baliza), "obrigando" o adversário a rematar de zonas mais desfavoráveis, com menor probabilidade de golo.

Mas isso não significa que não se sofra golos, e no caso do lance, este golo até poderia ter sido evitado com H-H. Mas:

1 - c/ H-H, o adversário poderia ter ido por dentro e atacava o 2ºP, zona que o DE ocupa no lance

2 - poderia até ter impedido o golo, mas provavelmente levaria a que sofressem outros (e mais) com H-H.

No caso deste lance, os médios não estão bem, mas não vejo por aí. A execução do adversário é muito boa, e o GR podia ter estado um pouco melhor.