terça-feira, 6 de janeiro de 2015

"Por vezes faço coisas que os jogadores não gostam, faz parte do meu trabalho" - Mourinho



No jornal Abola, hoje


"Substituído ao intervalo nos dois últimos jogos do Chelsea, Andre Schurrle continua a merecer total confiança de José Mourinho.


«Se estou preocupado com o momento de forma dele? Não, não estou», esclareceu o treinador português, desdramatizando a saída do alemão ao intervalo nos jogos com o Southampton e o Watford.


«Por vezes faço coisas de que os jogadores não gostam, faz parte do meu trabalho. Esqueço o individual e penso no que é melhor para a equipa», justificou Mourinho."

Tantas e tantas vezes.

Todos os jogadores querem ser titulares e jogar o jogo todo. Quando são normalmente suplentes e finalmente têm aquela oportunidade de jogar, ficam numa azia enorme quando voltam a sair da equipa. Seja ao intervalo como foi o Schurrle, seja aos 60 minutos, ou no jogo seguinte. O jogador acha sempre que deve jogar (Ou quase sempre, mas não é fácil encontrar esses oásis)

O que os jogadores têm imensa dificuldade em perceber, é que não jogam.. porque os outros são melhores, ou porque cumprem melhor o que é pedido para aquele jogo, porque o TODO (sim, aquela história de ser mais do que a soma das partes) é melhor com outros jogadores do que com ele. 

Na cabeça de qualquer treinador, de qualquer nível competitivo, e de qualquer escalão, está presente a ideia de que o ideal seria todos terem oportunidades de jogar, todos andarem contentes e super motivados porque a qualquer momento podem estar "lá dentro". 

Mas quanto mais nos aproximamos do TOP, menos vezes isso acontece. Os melhores vão sempre jogar mais, aqueles que fazem a diferença estão mais tempo e mais vezes em campo.



4 comentários:

Pedro disse...

Não sei...há malta que defende que se o treinador escolheu está escolhido.
:)

Paolo Maldini disse...

Aqui que se fala de subs...

https://www.youtube.com/watch?v=_kbiW9Kvr0A

delicioso

Graça disse...

... de fato...

Hélder disse...

Off-Topic:

"O Nani é um jogador táticamente quase perfeito em termos da disponibilidade que tem" - F.Santos

http://podcast.cdn.tsf.pt/jog_20150105.mp3