segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Um pé esquerdo fantástico

Mas com pouquíssimos minutos em cima. Porquê?

"Quando me referia à sua adaptação é perceber mais o jogo, perceber como se joga aqui, perceber o que queremos dele" Marco Silva.

Tanto perceber, mister? O futebol não são somente dois pés e uma bola?

Se caiu neste blog de páraquedas, fique a saber que a resposta é "NÃO". 

7 comentários:

José Fernandes disse...

Maldini o que eu já ouvi hoje dos meus amigos sportinguistas.... "Tanaka tem que ser titular", "o Tanaka vai ser a revelação do ano, é como o Óliver"(o dos desenhos animados não o do Porto) e a melhor de todas "o Tanaka tem mais futebol no cabelo que o Montero no corpo todo"...

Paolo Maldini disse...

Nao o conheço. Jogou pouqussimos minutos, mas a justificação do treinador é mais do que credível!

Roberto Baggio disse...

Dois pés, uma bola, e força para correr e chutar lololololol

joao marçal disse...

E ser honesto

José Fernandes disse...

lembrei-me deste golo: https://www.youtube.com/watch?v=80Rj9rR40IQ
Nakamura no último minuto (não que seja igual o golo mas sim os olhos em bico)

PS. adorava o Nakamura... era cada golão...

Pedro Costa disse...

Ensinar a perceber o jogo demora algum tempo, de facto, mas se se percebe o jogo e depois não se consegue tomar a decisão correcta...

Isso é que é difícil treinar, a tomada de decisão. E se não é feita desde pequeno, torna-se particularmente complicado. Especialmente, quando a maior parte dos treinadores prefere ensaiar sistemas e esquemas tácticos para ganhar, mesmo em futebol de 7...

artnis disse...

Este golo levou-me a recordar Peter Schmeichel, e ainda ...

Abdel Sabri !!!