segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Pizzi na voz de Jorge Jesus e do ... Lateral Esquerdo.

Ainda em Agosto referiamo-nos a Pizzi aqui

"....Pizzi é de facto um jogador que se diferencia bastante de Bebé e Sálvio sobretudo pela constante procura da melhor opção. Pelo toque refinado na bola e a cabeça levantada. Algumas dúvidas sobre a sua capacidade para ser fiável nos momentos defensivos, porém."

Em Dezembro os seus atributos defensivos aqui:


"Desde sempre que neste espaço foi sendo referida a agressividade como uma característica determinante no futebol moderno. Todavia, o sentido de agressividade totalmente oposto ao que comumento é interpretado. Ser agressivo no sentido importante do termo não é bater mais no adversário, ou entrar mais duro. Tão pouco adoptar uma postura intimidatória. Ser agressivo é ser mais rápido sobretudo mentalmente antecipando cenários, não se coíbindo de colocar depois as capacidades condicionais ao serviço das acções que a mente vislumbra.

Porque em jogos recentes Pizzi foi ao chão duas ou três vezes para recuperar bolas, nas caixas de comentários surgiram algumas opiniões de que o português estava a melhorar nesse sentido e que a sua diferença para Enzo estava a esbater-se. Não está e dificilmente estará. A agressividade de Enzo é de facto mais perceptível quando observamos o seu gesto motor. A forma como acelera na direcção do portador da bola, e como vai ao chão se tal for necessário para recuperar a bola. Porém, é na leitura do jogo que o argentino é e será muito mais agressivo que qualquer outro. Na forma como antecipa cenários.
...

Agressividade defensiva é isto. Ou melhor, não é. Quer Pizzi quer Cristante são em termos motores e físicos capazes de correr a uma velocidade bastante superior aquela a que se moveram na situação que culminou com o segundo golo bracarense. O problema é que as suas mentes não foram sufientemente inteligentes para perceber a situação de jogo e adoptarem posicionamentos e reagirem em função desta. Qualquer um deles se antecipa o lance tê-lo-ia resolvido. Pizzi incomodando o portador. Cristante ou saindo ao portador ou não o fazendo, integrando a linha defensiva para que um dos centrais pudesse sair." 


Depois da muito boa exibição do português frente ao Vitória de Setúbal, o seu treinador referindo-se a Pizzi nos exactos mesmos moldes a que o haviamos feito.

"Ele não conhece muito os momentos defensivos de um jogador naquela posição. Está melhor neste aspecto porque ofensivamente tem muita qualidade. É um jogador que em cinco passes falha um. Às vezes digo-lhe isto a ele "Se o futebol fosse como o Andebol, era sempre Pizzi e mais dez. Quando estivermos a atacar jogas sempre, mas quando estivermos a defender sais" Jorge Jesus.

"Defensivamente é pouco agressivo, mas com estas equipas não precisamos de um jogador tão forte nesse processo" Jorge Jesus.

24 comentários:

João Camarneiro disse...

em total acordo com o que foi escrito em cima.

a meu ver, o Pizzi tem demonstrado evoluções essencialmente a nível de posicionamento em transição defensiva, embora tenha ainda poucos jogos a titular. A 8, Pizzi sempre ao invés de Talisca.

tenho gostado também dos passes cruciais que faz para as costas da defesa, com as entradas de Salvio, Maxi ou, nem tanto, Ola John. Visão de jogo excelente, não sei se já era assim ou se teve mão do JJ, porque só o acompanho desde esta época. parece-me uma característica difícil de ser trabalhada por um treinador.

Camarneiro

masterzen disse...

Maldini,

Estas declarações são muito ricas em termos de dar a conhecer ao mundo inputs técnicos e tácticos do jogo especialmente aos adeptos do jogo.

Não consigo perceber o que a evolução do Pizzi ganha com este dar a conhecer ao mundo a ideia de JJ, das duas uma ou ele espabila-se evolui ou então estará para sempre exposto ao mundo a sua fragilidade.
Parece-me claramente algo para ficar dentro do balneário e nem sei se os colegas o deveriam saber...

Lembro-me de há alguns anos teres escrito que Enzo nunca seria um Moutinho embora pudesse vir a ser um bom jogador no meio.
Actualmente qual é a tua opinião sobre os dois? Se te dessem a escolher um dos dois para a tua equipa qual querias?


Abraço e não pares de escrever.

Vasco disse...

Mas Maldini, o Talisca fez tantos jogos na posição "agora" "alcançada" por Pizzi e também me parece muito fraco defensivamente.
Se fosses tu, pessoa q genuinamente respeito no mundo do futebol. O q farias?
"Jogos mais ofensivos" Pizzi,
"jogos mais defensivos" Rúben Amorim?

E Talisca? O q se irá fazer com o homem que valeria mais alguns milhões?

Abração

Sam disse...

Adorava saber a vossa opinião sobre Talisca na posição. Ou noutra qualquer. Por favor façam-me a vontade.

Roberto Baggio disse...

É, na minha opinião, e na tua também, aí que Jesus mais se distancia do Lateral Esquerdo, e o que o impede de verdadeiramente ter uma organização ofensiva marcante. Ele dá primazia ao defensivo, em detrimento do ofensivo. Pensa e trabalha o processo ao contrário, com mais ênfase nos equilíbrios da equipa quando ataca e quando defende, e no saber defender em todas as situações possíveis. Essas declarações, como muitas outras, só mostram e reforçam mais uma vez isso.

Roberto Baggio disse...

Masterzen, quem aproveitar o que? Ou achas que há assim tantos treinadores na liga que entenderam o que Jesus disse? LOL
É que para o entenderem, e conseguirem aproveitar isso, tinham que perceber que as equipas deles deveriam defender de forma semelhante, e tal não acontece. Jesus, aqui, pode dizer tudo. Em 20, 2,3,4 o conseguirão perceber lol.

masterzen disse...


Baggio,

Será que os gajos das duas ligas portuguesas serão assim tão picaretas?

Baggio gostava de saber qual o teu treinador preferido para cada momento do jogo. ( extensivel a todos os escribas do blog)

Vou deixar aqui os meus :

Transição defensiva - Guardiola

Defesa - JJ

Contra-ataque - Wenger

Ataque - Guardiola

Abraço




Baresi disse...

Jorge Jesus pensa (e no meu entender bem) que é mais fácil pôr um jogador com características atacantes a defender, que o contrário.
Fez isso com Coentrão Matic e Enzo Perez, está a tentar com Pizzi.

Ele temporiza mais o jogo e parece cair mais nas alas para dar apoios que Enzo, mas não é o argentino.
O português parece-me um miúdo inteligente, está a aprender de forma rápida, e embora este Setúbal não seja a equipa certa para aferir as melhorias do seu comportamento defensivo, pode ali estar uma nova (boa) invenção de Jesus.
Mas ele também as teve más.

O tempo o dirá.

Rafael Antunes disse...

Ehehhe..

Eu por acaso quando ouvi as declarações não as interpretei assim...

Com a alusão ao andebol, interpretei no sentido das transições... Uma vez que o andebol, na maior parte do tempo ou estás a defender ou atacar, em que as transições não são um momento preponderante.

Roberto Baggio disse...

Masterzen, até podem não ser. Mas esta é a minha opinião, só.

Os meus preferidos ou os melhores?

Os meus preferidos, o Maldini, o Bergkamp, o Jogador em Posse, o Savicevic, o Tiago Franco.

Os melhores Baggio e Ronaldinho :)

miguelborges6 disse...

Rafael Antunes, em relação ao andebol ele referia-se ao facto de no Andebol haverem substituições defesa-ataque. Ou seja, há jogadores que só atacam e outros que só defendem. Não são assim muitos porque é dificil executar estas substituições sem levar um golo, portanto há 1 ou 2 no maximo. Já agora essa ideia em relação ao andebol está errada, antigamente era assim. Hoje em dia o andebol é maior parte do tempo jogado em transições. Contra-ataque, contra-golo e ataques rápidos são as principais formas de marcar daí hoje termos jogos que vão aos 70 golos, ou seja, mais de 1 golo por minuto.

Jorge Carolo disse...

Ainda este fim de semana se viram tantos treinadores de bancada a perguntarem cm era possível Pizzi não ter jogado contra o Sporting... A diferença dele para o A. Almeida!?!?

Aqui está a resposta de JJ a tantos Benfiquistas que não perceberam o porquê de ter jogado A.Almeida em Alvalade.

Não que eu ache que a melhor opção seja procurar a segurança defensiva em detrimento da qualidade ofensiva mas tendo em conta que JJ está todos os dias nos treinos, e sabe do que cada um é capaz, torna-se difícil questionar as suas escolhas.

E provavelmente JJ percebendo a qualidade do corredor central do Sporting não quis arriscar...

Por outro lado, é verdade que Pizzi traz muita qualidade à org. ofensiva do Benfica, na procura e execução das melhores opções, talvez para a próxima época esteja em condições de poder assegurar a titularidade do meio campo do Benfica, no entanto julgo que este ano ainda terá muitos minutos.

Ps: "Masterzen, quem aproveitar o que? Ou achas que há assim tantos treinadores na liga que entenderam o que Jesus disse? LOL...Jesus, aqui, pode dizer tudo. Em 20, 2,3,4 o conseguirão perceber lol."

ahahahahahahahahahahahahah

É tão verdade!

Dennis Bergkamp disse...

Baggio, na brincadeira do Masterzen seguiste as "categorias" pela ordem que ele escreveu?

Temos de repetir o que se passou no sabado!

Masterzen, concordo contigo na maioria, só não sei se o Klopp ultrapassou os contra-ataques do Wenger, mas é muito por ai =)

Se for pensar com o Baggio, tinha de falar de pessoas que preferem ficar no anonimato =)

Dennis Bergkamp disse...

E já que se falha no Pizzi, estive a rever o jogo... anda a brincar aos quarterbacks o menino.

A quantidade de bolas nos ultimos tempos que está a meter por cima da linha defensiva, a cairem no sitio certo é incrivel.

A oportunidade aparece por um misto de apoios frontais e desmarcações de rotura mas... a qualidade para fazer o passe no momento certo, com aquela qualidade... não é para todos.

Roberto Baggio disse...

Não segui categorias Dennis. Mas como alguém disse, e bem, eu já não sou fã de treinadores, de pessoas. Sou fã de ideias. Por isso sou adepto de muitas, muitas equipas que por aí andam.

Guardiola, Klopp, Mourinho, Vítor Pereira, Bielsa, Jesus, Wenger, Martinez, Rodgers, Peseiro, Laudrup, Paco Jemez, Pochettino, Martinez, Hiddink, Schmidt, Sacchi, Menotti, Michels, Marco Silva, Fernando Santos, Paulo Fonseca, Valente, Carvalhal, Adrianse... etc etc, etc. Sem ordem em particular, todos esses gajos me ensinam ou ensinaram qualquer coisa... gosto de todos eles por aquilo que considero serem as suas melhores ideias...

Roberto Baggio disse...

E depois há os que mais influenciaram... Maldini, Jorge D. do antigo centro de jogo, o Bergkamp, o Nuno do entredez, e a malta que trabalha mais perto de mim, como o Jogador em posse, ou o Tiago.

De todos prefiro o Ronaldinho. Acho que ele é o gajo que mais sabe de futebol do mundo :)

R.B. NorTør disse...

Miguelborges6 obrigado pela correcção, já vinha perguntar se quem afirmou que as transições não tinham preponderância no andebol tinha andado a ver andebol recentemente!

Bergkamp, que belo exemplo para o que o Pizzi é, bem melhor que o do andebol!

francisco disse...

Já pelo genial Oliver e Benji não passa um - é um monstro defensivo... e tb não precisa de jogos + difíceis como o do Basel - um passe para o lado para um jogador sem marcação é suficiente para o consagrar...

Paolo Maldini disse...

chico, passam mt pelo óliver? isso é pq o gajo não tem as mm qualidades defensivas q eu tenho, por exmplo.

Por mim ng passava! PAssavam-se jogos e jogos e ng passava por mim! E não era por dar castanhada neles!

Os gajos vinham à bruta para passar por mim e eu ficava o jogo todo junto à bandeirola de canto... eram jogos e jogos ali sem ng passar por mim! Melhor defesa da minha divisão!

Minto, houve um jogo que passaram por mim, sim! Foi o Capel, foi lá à bandeirola deu-me três nós e cruzou. Mas tirando ele, eu era imbatível!

Um dia ensino a técnica ao Óliver e ai... ui... ai é que nao passa mm um!

João disse...

Baggio, o que é feito do Ronaldinho? Nunca mais comentou aqui ou no posse... Fartou-se disto?

Gonçalo Matos disse...

Tiago Franco, essa jovem promessa! :)
Fora de brincadeiras, Tiago Franco é muita forte, grande máquina, grande colega de bancada!
Mas não conheço ninguém que vibre tanto com o jogo e que tenha tanta fome de conhecimento sobre o jogo como tu, Baggio. E depois a capacidade que tens de assimilar as ideias dos melhores e ainda lapidá-las para que assentem no teu "jogar" fazem com que sejas também topo (do que conheço).
E já que é pra lamber botas, eu tenho a certeza que o Ronaldinho não é o gajo do mundo que sabe mais de futebol. Mas é dos gajos do mundo que melhor sabe pensar sobre futebol, o que faz com que constantemente te dê inputs do caraças, em todos os aspectos.

Dois comentários do vosso fã nº1: a primeira é terem de aprender a avaliar qualidade individual com olhos de quem sabe, como eu. kkkkk a segunda é para nunca cairem no "cinzento"... a minha "paixão" por vocês vem dos tempos em que a bola "não podia subir à altura do joelho" no campo de 11 e a pressão era para matar gajos logo no 1º 1/3. Nunca, por amor de deus, larguem essas ideias que é isso que seduz os picaretas que acham que têm jeito para o jogo.

Ronaldinho disse...

Não te estou a perceber Baggio, deves querer alguma coisa!

Tiago Stuve Figueiredo disse...

ou o FC Porto joga muito ou então não foi este Basileia que vocês viram nos jogos em que elogiaram o Paulo Sousa

d.gomes disse...

Essa falta de agressividade que tanto falam de pizzi, pode ser resolvida com um jogador tipo Fejsa ?

dando assim liberdade total a pizzi, e não englobando fejsa no processo atacante?