quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Porto muito superior. Mais que favorito para passar a eliminatória.

Apresentou-se hoje na Suiça com uma superioridade tal, que o sucesso nesta eliminatória é muito fácil de prever. Superior colectivamente nos princípios que apresentou em organização ofensiva, tirando a bola ao Basileia, e dessa forma anulou a maior arma de uma equipa que gosta de ter bola. Obrigou-os a correr como nem o campeão da Europa, Real Madrid, o fez. E isso é marca de Lopetegui. Tendo a bola, o adversário que gosta de a ter não joga, não cria ocasiões de golo, sofre, desespera. Individualmente a diferença entre Porto e Basileia é gritante. Surpresa por o Porto não ter conseguido acabar com a eliminatória já. Sobre a qualidade do jogo ofensivo do Porto, no que toca a desorganizar o adversário, fica a impressão de que o Porto tem de fazer melhor para chegar mais longe na prova. Noutro tipo de jogos, onde precise de ganhar, com o que apresentou hoje (sendo que o adversário não marcará por o Porto ter a bola), prevêem-se dificuldades.

Paulo Sousa no final a pedir calma aos seus jogadores, para jogarem curto, para não desistirem de jogar, é a imagem que fica hoje de um treinador impotente para fazer melhor contra uma equipa com dez vezes mais qualidade. Pelo menos tentou jogar, e notou-se no treinador essa intenção.

43 comentários:

José Fernandes disse...

o Paulo Sousa a berrar para um jogador ao minuto 90 "calma, troca a bola, passe curto"... 15 segundos depois, bola nesse jogador, pontapé para a frente sem ver... por aí se vê a dificuldade de treinadores...

JON disse...

Baggio,

Totalmente de acordo. Ainda bem que escreveste este comentário para que alguns "papagaios" possam deixar de dizer que foi o Basel que hoje não jogou nada.

Abraço

Divad01 disse...

No entanto, achei que o Basileia quanto aos processos defensivos estava bastante bem organizado e mesmo com menos qualidade de plantel, conseguíu muitas vezes eliminar iniciativas do Porto. É de realçar a pressão que o Basel, durante a primeira parte realizou sempre com dois homens a tentar impedir a saída de bola controlada pelo Fc Porto, facto que se torna visível quando se vêem as estatisticas de casemiro, o nº de passes falhados e o numero de passes diretos que foi obrigado a realizar, muitos deles sem sucesso. Já na segunda parte toda esta história nao se repete...

Miguel Amador disse...

Certos momentos a pressão defensiva do Basileia secou o porto. Conseguiu ainda desequilibrar ao usar o corredor central. Acho que em geral a equipa este muito bem taticamente contra o Porto, mas a qualidade individual entre elas é gritante. Novamente no Porto o jogo foi decidido pelas individualidades, pela forma como rasgaram e criaram desequilibrios, versus uma organização ofensiva com capacidade. O casemiro é uma nódoa, o herrera nem sei se jogou, mas já me habituei. Acredito que este porto a jogar com ruben neves e um outro médio com o pulmão do herrera para que soubesse jogar futebol teria muito mais condições. Isso ousar tentar o jogo interior, onde o Porto acaba por se aproximar muito mais do golo quando os jogadores se desviam para esse lado. Pela linha é o típico cruzamento a 2/3 do campo para um jackson perdido no meio de 4 ou 5 defesas. Esse tipo de jogo só faz sentido quando há oportunidade para um cruzamento bem feito meter o avançado na cara do golo. Em 6 oportunidades, 3 o cruzamento sai mal, 2 o avançado não acerta bem, e na outra a bola vai à baliza. Como o Porto faz, são bolas para a defesa cortar, como o Benfica fazia de forma constante nos primeiros anos de Jesus.

DC disse...

Concordo Baggio. Porto muito forte na reacção à perda e na pressão.
Mas organização ofensiva ainda tem muito que melhorar. E acho que bastava tirar o Casemiro e o Herrera de campo para melhorar 500%.
Aliás, sabendo que o Herrera é inexistente em termos defensivos (basta ver o espaço que o gajo que mete a bola no Derlis teve para fazer o passe à vontade), mau ofensivamente, etc pergunto-vos a vocês que treinam todos os dias, porque raio o homem continua a jogar?

DC disse...

Divad01 mas olha que muito disso foi demérito do Casemiro porque falhava os passes mesmo sem pressão.

Já agora, gostei mt do jogo do Tello hj.

Alexandre disse...

Por causa deste blog decidi ver o jogo do porto só por causa do oliver. Já lhe conhecia o potencial mas não tenho seguido os jogos do porto e queria ver o quão evoluído estava. Hoje, enquanto esteve em campo foi delicioso vê - lo. Seja a contemporizar ou o passe de primeira, as aberturas (normalmente por alto) a rasgar as defesas e a deixar o colega com a bola facilmente controlada para onde ia correr, ou a antecipar a jogada e conseguir encontrar o espaço para receber e enquadrar. Quase sempre (> 90% das vezes) a fazer a melhor decisão possível e com uma qualidade técnica impressionante.

Roberto Baggio disse...

DC, esqueci-me de, e por preguiça, acrescentar os pormenores individuais...

Oliver é deus.

Jackson, forte no que é forte. A comprometer sem espaço, no pormenor, quando é para jogar com os colegas. Se for para jogar sozinho, normalmente compensa fisicamente. Mas, grande jogo!

Tello, sim, mt bem. Individualmente, e colectivamente mt bem mesmo. A procurar zonas interiores, e parece que o Lope anda a trabalhar as diagonais dele para receber no espaço.

Casemiro um horror. O pior em campo, de longe. Pior ainda que os do Basel.

Herrera forte no que é forte - correr a toa.

NSC disse...

Banalizaram-se as divindades? Bem dizia o Pascoaes que o infinito em Portugal ficava logo ali.

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

O problema é que na Lc...a eficácia, conta e muito!
O Fcp muito superior...mas o Basileia 1 remate ...um golo...
O Fcp lembrou o jogo do Guimarães. . Muito caudal atacante para pouca concretização. ..
Herrera emperra a fluidez do jogo! Casemiro para mim tem falta de qualidade no passe...
Prefiro o Ruben Neves...
Baixa de peso...o Oliver...jogador para outros vôos!
E Fabiano não é redes para fazer a diferença!
Acho que no lance saiu erradamente!
O Fcp tem 3 jogadores que emperram a filosofia de jogo do Espanhol! Herrera, Casemiro e Quaresma...
Sempre contra o mundo...

Antonio disse...

Esta paragem de inverno é claramente contraproducente para as equipas do Norte da Europa. Até apanharem o ritmo dos clubes dos países que não param, leva o seu tempo. Estou curioso para daqui a três semanas

Manuel disse...

Os jogos ganham-se com golos marcados e não com maiores percentagens de possessão de bola. Pelo menos essa terá sido a ideia quando o futebol foi criado.

Sem um penalty caído do céu (queda do defesa) tinham perdido o jogo.

O Basileia veio de 2 meses de pausa de inverno, acredito que no Porto, com melhores índices físicos e com mais rotinas de jogo, e também com Derlis o seu melhor jogador a jogar o tempo todo, o jogo seja completamente diferente.

Foi impressão minha ou o Porto falhou bastante mais passes do que o Basileia? Eu, pessoalmente, meço a qualidade de uma equipa em grande parte pela sua capacidade e qualidade de passe. Mas isso sou eu, uma mania minha porque eu não percebo nada de futebol.


hertz disse...

Muita sorte que este Lopetegui tem em ter tanta qualidade à disposição. Mesmo assim, contra as equipas mais fortes contra as quais jogou esta época, soma zero vitórias.
Anyway, quando o Porto apanhar uma equipa de Champions, sai fora da prova. E será de forma clara.

João Mendes disse...

Em Espanha não tem a mesma opinião do que tu :)

http://futbol.as.com/futbol/2015/02/18/champions/1424285377_297071.html

Mas para mim Herrera foi ainda pior que Casemiro!

Roberto Baggio disse...

"Eu, pessoalmente, meço a qualidade de uma equipa em grande parte pela sua capacidade e qualidade de passe."

então não era por golos marcados?

quem escreveu que o Casemiro esteve imperial droga-se.

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Já cá faltava o Manuel do costume....
Tanto facciosismo já chateia...
Prefiro acreditar no Paulo Sousa do que num user que destila veneno pelo Fcp!

Gonçalo Matos disse...

Na primeira parte só vi os ultimos 15 minutos. nesses 15 minutos, umas 5 vezes o Basileia conseguiu enquadrar jogadores entre linhas do porto, no corredor central, no meio campo defensivo do porto. Só por aí, ja se vê a qualidade do trabalho do Paulo Sousa.
mas de repente, na segunda parte, o Basileia estoirou por algum motivo e passou a forçar 1 contra vários, deixou de procurar os jogadores entre linhas, os médios perdiam bolas à toa... Foi pena... Especialmente porque nenhum dos gajos titulares do Basileia era titular no porto (provavelmente nem no banco iam parar).

pá, respeito o trabalho do Lopetegui e vejo evolução. mas tirar Brahimi? Jogar com Casemiro e Herrera? Deixar o Quintero a apodrecer no banco? A isto chama-se "Deus dar nozes a quem não tem dentes"... Sonho com neves, oliver, quintero, brahimi, tello e jackson. e com evandro a entrar! e com o herrera e casemiro a jogar damas no banco.

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Caro Manuel: depois desta tirada "uma mania minha porque eu não percebo nada de futebol." Pergunto-me então porque ainda comenta...É para apenas para destilar fel?
Ainda por cima analisa como lhe convém...Reduzindo o empate do Fcp a um golo caído do céu...
Quem não o conhecer que o compre...aqui já não engana ninguém...

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Quando alguém reduz um jogo a um golo caído do céu...
Qualquer coisa que escreva é para assistir de cadeirão e de preferência com pipocas...
Só faltou afirmar que o Basileia mereceu ganhar e que fez um jogo de grande qualidade. ..
Nem no manicómio...

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Tanta gastroentrite...
O Basileia perdeu 1 a 0 com o Real e ganhou ao Liverpool...
Mas pronto o Fcp...só apanhou equipas da treta...
O Shaktar empatou com o modesto Bayern...
Rir é o melhor remédio!

Baresi disse...

Parece que toda a gente viu um super-Porto, eu sinceramente não vi nada disso.
Foi um jogo de Champions, onde o Basileia marca um golo caído do céu (mas também porque Alex Sandro deu mais uma lição de como não se deve defender um lance daqueles) e depois joga claramente com o resultado, dando a iniciativa de jogo ao adversário.

O FCP tentou atacar por todos os lados, há que lhes dar mérito, mas com pouca velocidade e qualidade.
Futebol a sério só apareceu quando Oliver tocou na bola (sempre em zonas muito laterais do terreno, porque os laterais, principalmente Alex Sandro deu pouco apoio ao ataque) e em duas ou 3 arrancadas de Brahimi.
Casemiro e Herrera muito fracos, e está aqui o maior problema deste FCP.
Oportunidades claras de golo houve uma que Oliver inventou para o Jackson, ao interceptar um mau passe de um suiço.

Agora, tenho acompanhado este Basileia desde que foi à Luz à uns 5/6 anos e têm melhorado de ano para ano. E dou muito muito mérito à maneira como o Paulo Sousa montou esta equipa, principalmente a nível defensivo e das transições.
Nos últimos 5 jogos da Champions sofreram 4 golos, e isso não foi por acaso. É um registo ao nível do melhor que se faz por aí.
Hoje depois do golo fizeram o que qualquer equipa a jogar uns oitavos-de-final da Champions (sem ser Real, Barcelona e Bayern) faria, com mais ou menos argumentos.
Este Basileia sabe atacar, sabe trocar a bola, e vai fazê-lo no Dragão, não tenho dúvidas nenhumas disso.
E se o FCP pensa que vão ser favas contadas, se calhar ainda vai passar um mau bocado...

prata disse...

Percebo que não queiram voltar atrás nos elogios que foram fazendo a Paulo Sousa, mas podiam simplesmente dizer que o Basel não jogou ao nivel do que nos habituou. Era mais simples...

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Não esperava outra análise...
Prefiro acreditar no próprio Paulo Sousa...do que em análises deste género...
Mas é nestes comentários que os que me acusam de clubite...demonstram as suas verdadeiras cores...
Relembro o Basileia jogava em CASA!
Um único remate deu golo...se o próprio adversário e o seu treinador diz que fez o pior jogo...
E que saiu vivo...
Baresi viste mesmo o jogo? Depois querem ser levados a sério...

O Tello não teve um lance? Maicon de bola parada...antes do golo anulado...
Casemiro num canto...
Ver os resumos é o que dá...

DC disse...

Essa análise com elogios ao Casemiro é normal. É do AS, de Madrid. Chama-se propaganda ao Real :)

Já agora, a do penalty caído do céu é boa. Porque se não fosse penalty nem estava o Jackson para finalizar sem oposição... Custa muito dar mérito ao que tem mérito?

Manuel disse...

Estou totalmente de acordo com o comentário do Baresi.

Quando não alinhamos com a propaganda vigente somos apelidados de "haters" por parte dos defensores da propaganda que tem vindo a ser espalhada na CS e internet, quando apenas nos limitamos a dar a nossa opinião e a não alinhar nessas tendências goebbelianas contra as quais eu serei sempre um acérrimo e implacável inimigo.

Desde o verão, quando lia por parte de trolls adeptos do Porto, cegos com a "qualidade" das contratações e do treinador, dizendo que o Campeonato seria um mero passeio para o Porto e uma vitória na Champions não estava fora de hipótese, eu afirmei e escrevi que não era bem assim e logo que os treinadores se percebessem de como a equipa do Porto jogasse não seria difícil anular-lhes o esquema. E que a qualidade tão apregoada dos jogadores contratados não seria assim tão elevada como anunciava a propaganda. Assim como a qualidade do Lopetegui não é o que dizem. Para mim, tanto Marco Silva como JJ são melhores treinadores.

Sempre disse e continuo a dizer, dos jogadores do Porto só vejo 2 jogadores que gostaria de ver no Benfica actual, Jackson e Oliver. Mas naturalmente que esta é apenas minha opinião, também posso estar enganado, no fim de contas não me considero um especialista em futebol.

Quanto ao futebol, sem jogadores com qualidade de passe e velocidade de raciocínio para os executar com velocidade e precisão, o golo, sempre o primeiro objectivo de um jogo de futebol, será mais difícil de conseguir. Todas as tácticas terão de estar subjugadas a esse objectivo, O GOLO! Ontem achei o Basileia melhor nesse aspecto (do passe), fiquei bem impressionado com eles apesar de terem estado parados 2 meses por causa da pausa de inverno e de terem perdido o seu melhor jogador durante todo o jogo.

Até agora o Porto nunca me entusiasmou, não acho que tenha uma grande equipa, as ocasiões de golo são até escassas e contra equipas mais fortes, Sporting, Benfica, Shakhtar, Basileia, têm grandes dificuldades tendo conseguido alguns resultados graças a muita sorte. Vejam, por exemplo, como consentiram empatar contra uma equipa que não será o supra sumo do futebol europeu, o Shakhtar.
O jogo do Porto é jogar no erro do adversário, maus passes, penaltis, etc., e foi assim que conseguiram a maioria dos seus golos. Ontem também se viu isso. A força do hábito é tanta que é isso que os seus adeptos estão à espera, que o árbitro apite algum pênalti para os ajudar.

Contra o miserável BATE, contra o fraquíssimo Bilbao (dos 4 golos que marcaram 3 foram frangos escandalosos do guarda redes que podem ver no YouTube) ou contra equipas que não marcam em cima e os deixam jogar é muito fácil.
Vejam o exemplo do Brahimi. Sempre disse e continuo a dizer que não é o supra-sumo que dizem que é. Contra as melhores equipas, agora na CAN isso viu-se, nunca jogou grande coisa. Onde aconteceu mais uma vez que quando marcado em cima não tem a intensidade suficiente para se libertar.

Quando nos querem impingir que Brahimi vale 50M€, depois de vermos a intensidade do Cavani que custou mais ou menos a mesma coisa, comparem a intensidade de um e outro e depois não me venham dizer que eu não tenho razão.

JON disse...

lolol

Só dá postais e ressabiados. E estão em primeiro, olha se não estavam...

Ainda falta muita época, para o bem e para o mal. O Baggio bem vai avisando, mas há muitos que preferem meter a cabeça na areia...

Baresi disse...

Vou abrir uma excepção e responder te.
O Basileia até podia estar a jogar no quarto do Paulo Sousa, é um relvado e são 11 contra 11. O que realmente interessa quando a prova é a eliminar são os golos sofridos em casa e fora.
Estavas á espera que o Basileia depois do 1-0 fosse para cima do FCP?
Nenhuma equipa na champions faz isso.
O Basileia jogou com a sua organização defensiva, que está muito bem trabalhada, e mostrou se extremamente competente.

E tu próprio falas das "oportunidades" do FCP, e das 3 que citas, duas são de bola parada. É como digo, o FCP jogou muito pouco á bola, para a diferença abismal que se apregoava. Foi uma goleada de 1-1, com um Penalty que se fosse contra o FCP andava tudo a chorar.
Se calhar o resumo viste tu.

miguelborges6 disse...

Eu nem costumo comentar muito, mas espanta-me a falta de capacidade de algumas pessoas. Pessoas que comentam este blog e devem ler todos os posts ainda não perceberam que para os autores e para outros que entendem o que é ser treinador, o resultado é o que menos interessa no final. Depois vêm com argumentos tipo o Baresi "ah mas todas na champions fazem isto e empatou 1-1, querias que fosse para cima?" Para o Baggio e companhia, ter ficado 1-1 ou 5-0 para o FCP era igual porque o que ele analisou foi o processo da redondinha no pé dos jogadores do FCP. Se o Porto poderia fazer melhor ? Claro, bastava tirar o Casemiro e o Herrera e pôr o Neves e o Evandro. Mas nós também não estamos nos treinos nem sabemos as ordens internas que há (por vezes também as há sobre a equipa que deve jogar). O que quero dizer é: quando vêm para este blog comentar, esqueçam isso do resultado e apontem antes os defeitos nos processos, que é isso que interessa discutir.

José Moreira disse...

Em teoria, e numa lógica evolutiva, diria que o normal seria Oliver regressar ao Atletico no final da época.

O que vos pergunto é se Oliver se encaixa nas ideias que Simeone tem para os seus jogadores de meio campo (acho que não) e caso se concretize o regresso de Oliver, não se correrá o risco de se ver um génio transformado em mais um "cão de caça" (desculpem a expressão) num meio campo como o do Atletico?

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

O Fcp jogou muito pouco...depois desta frase..mas prefiro a análise do treinador Paulo Sousa.
Talvez seja bem mais credível...
E fiquei a saber que em casa ...o Basileia faz um remate e que dá golo...
E o Fcp é que jogou pouco á bola...
Baresi poupa-me...a Freitas lobismos!

Gonçalo Matos disse...

José,
Acho que a única razão para Oliver não estar no plantel deste ano é não ser cão de caça.. De resto ele é o melhor médio do plantel do Atlético.. Para mim este empréstimo é um ultraje.
Acho mais provável o Oliver sair do que ficar cão de caça.. Até porque o Oliver é a imagem perfeita do que é o futebol espanhol.

michael disse...

é cansativo, para um portista que tb gosta de futebol, o botabaixismo puro da imprensa:
https://www.youtube.com/watch?v=1U1yPmu_-l8
depois ve-se o tipo de escola que cria em caixas de comentários... ou vice-versa.

miguelborges6 disse...

Gonçalo Matos, o Koke ainda deve estar acima do Oliver. E o Tiago também é muito bom, mas tinha lugar de caras no plantel do Atletico.

José Moreira disse...

Concordo Gonçalo, mas será possivel, seja a Simeone, seja aos responsáveis do clube, resistir à tentação de tentar algo perante tanta qualidade?

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Obrigado mais uma vez...só demonstras o teu facciosismo. ..
Agora o penalty..se fosse ao contrário...nem todos são Jardel...
O Basileia foi supercompetente...marcou no único lance e defendeu com unhas e dentes...fez dois penaltys...pouco me importa que chores muito ou pouco e teve um golo anulado à posteriori. ..
Se queres ser redutor e parcial...quantas defesas foram feitas pelo redes do Basileia?
Agora jogar em casa fazendo Apenas um remate ! É ser supercompetente. ..
Só rir...
Se o próprio treinador disse que foi o pior jogo do Basileia. ..
foi realmente supercompetente!

Unknown disse...

Nunca comentei apesar de ser leitor assíduo, mas esta tenho mesmo de partilhar.

Olhem lá bem para esta pérola:

http://www.espnfc.us/uefa-champions-league/2/blog/post/2306047/espn-fc-champions-league-team-of-the-week-led-by-blaise-matuidi-cristiano-ronaldo

DC disse...

José, o Simeone também não deve durar lá muitos mais anos. PSG e a Premier vão chamar por ele.

João disse...

Baggio,

Uma pergunta sincera e curiosa da minha parte. Como achas que seria este mesmo jogo se fosse contra JJ aplicando o seu modelo de jogo? Isto é, é que o jogo fosse menos em posse. Pode ser com os jogadores do Benfica actuais, do ano passado, com estes do Porto. O mais importante é mesmo vs modelo que JJ aplica na Luz.

J. Saro

Roberto Baggio disse...

Uma resposta muito sincera e curiosa da minha parte, não sei. Não sou adivinho lol

Gonçalo Matos disse...

Eu vou tentar justificar o porquê da minha opinião sobre o Óliver. Condução de bola é melhor que os outros, recepção é melhor que os outros, é mais criativo que os outros. drible melhor que os outros médios.
O Koke é bastante bom, mas não é tão criativo, não é tão imprevisível, não tem tanta mobilidade. Ok, é mais resistente ao choque e aguenta mais tempo que o Óliver num ritmo elevado, mas acho que em termos técnicos e mesmo na decisão não é melhor que o Óliver...

Comigo no Atletico era óliver, griezmann e +9.

Gonçalo Matos disse...

Já agora, para isto não parecer que sou o Deus a avaliar a qualidade individual, a minha opinião é baseada nas minhas ideias em relação ao jogo. Com muita bola, muita dinamica, muita qualidade técnica em detrimento de aspectos físicos e acima de tudo, muita capacidade de pensar o jogo e executar coisas fora do standard.

João disse...

Hummm... Ok.

Não falava em adivinhar um jogo específico, mas a dinâmica criada por modelos distintos. Se o Basileia seria mais perígoso, com maior capacidade de bola ou teria outros problemas.

J. Saro

David Cardoso disse...

Baggio

Pelo que eu sei tu tbem és treinador , gostaria de ver se perdesses 3 jogadores essenciais em Janeiro e ainda perdesses teu melhor avançado (Derlis) ,sem Ivavov(central lesionado), esta equipa do Basel jogou sem quase metade da equipa que jogou na fase de grupos