quinta-feira, 14 de maio de 2015

Equipa do Lateral Esquerdo para 2014/2015

Treinador - Jorge Jesus. Pega numa equipa em hecatombe e mesmo sem a qualidade individual do principal adversário a transforma mais uma vez num colectivo fortíssimo, candidato a todas as provas internas.

Treinador Adjunto - Paulo Fonseca. Deixa o Paços na Champions e quando sai e a luta é pela manutenção. Regressa e coloca-os novamente na luta por um lugar europeu. Não só pelos resultados, mas por mostrar mais uma vez que é possível jogar de acordo com as ideias em que ele acredita, mesmo num clube sem grandes recursos. Futebol muito positivo com e sem bola.

Treinador de Guarda Redes - Julen Lopetegui. Com a qualidade individual que tinha ao dispor deveria estar a comandar o campeonato, mas a missão era difícil. Muitos jogadores novos, país cuja realidade desconhecia, clube cuja cultura e exigência nunca tinha ouvido. Desconhecimento do contexto competitivo. Estar nessas condições e ainda assim a disputar o campeonato com Jesus deve ser reconhecido.

Sistema de jogo - 1x4x4x2 de Jorge Jesus

1 - Júlio César. Por permitir a segurança que o modelo de Jesus exige fora da baliza, e por dar a tranquilidade que os colegas da frente precisam entre os postes.

2 - Danilo. Talvez a sua melhor época em Portugal, em termos estatísticos. Participação fantástica em todos os momentos do jogo, quase sempre com grande qualidade. Do ponto de vista ofensivo, fundamental nos movimentos colectivos e no aproveitamento dos corredores laterais. Fantástico nas incursões por dentro. Pelas suas características físicas e técnicas percebe-se que está a mais no futebol português.

3 - Luisão. É o treinador dentro de campo. Entende como ninguém as ideias de jogo da equipa, e estimula os colegas ao cumprimento das mesmas com rigor. Não é normal um jogador com as dificuldades que ele tinha inicialmente evoluir de tal forma que hoje se torne uma referência absoluta e incontestável, em Portugal. Para além dos aspectos defensivos, melhorou também nos ofensivos.

4 - Marcano. Uma boa surpresa pelo que ofertou à equipa com bola. Num modelo de jogo que necessita de qualidade de passe desde os guarda redes, é o único com capacidade para executar o que lhe é pedido. Com bola, melhor que a esmagadora maioria da Liga. Defensivamente não tão bem quanto outros, mas para uma equipa que passa a esmagadora maioria dos jogos com bola é aceitável.

5 - Alex Sandro. Não só é o melhor da Liga como caminha para ser um dos melhores do mundo. Em qualidade, e em rendimento. Mais uma época tremenda, onde se nota qualidade em quase tudo o que faz. Individualmente forte em todos os aspectos. Colectivamente cumpridor do que o treinado pede. Muitos dos desequilíbrios que os extremos esquerdos do Porto foram conseguindo têm mérito das movimentações com e sem bola de Alex.

6 - William Carvalho. Não tão exuberante como na época anterior pela maior dificuldade que lhe foi criada pelo modelo de jogo, e um mau trabalho do seu companheiro de sector. Ainda assim mostrou-se à bom nível. Qualidade com bola, quer para segurar, quer para entregar. Maior consistência nos comportamentos defensivos.

8 - Oliver Torres. Passará por ele e por outros dois o futuro da criação no meio campo da selecção espanhola. Foi uma alegria constante assistir a cada toque que deu na bola, e constatar que os que diziam que lhe faltava intensidade mais uma vez o faziam por manifesta falta de conhecimento. Está, actualmente, com nível para entrar em quase todas as grandes equipas do mundo. Qualidade técnica, criatividade - inteligência -, e agressividade, fazem dele o melhor médio a jogar em Portugal.

7 - Gaitan. Precisa de estar fora para conseguir desequilibrar dentro. Não é fabuloso ao nível da tomada de decisão, mas a capacidade técnica ímpar permite criar lances geniais em quase todos os jogos que participa. Em condução, em passe, em drible, ou em combinações. Conseguiu também mostrar qualidade defensiva, e entendimento de que os momentos em que a equipa não tem a bola são tão importantes como os restantes.

11 - Nani. Pelo nível competitivo a que estava habituado, veio passear a Portugal. Golos, assistências, manutenção da bola, desequilíbrios onde não existia espaço, estímulo para os colegas descobrirem outros caminhos. Qualidade em todos os aspectos que se exigem para um jogador de alto nível. É ele o principal responsável pelo melhor momento da época do Sporting.

9 - Jackson. Desde que chegou ao nosso campeonato sempre nos habituou ao mesmo. Rendimento em todos os contextos. Em todos os jogos. Em qualquer estádio, dentro ou fora de Portugal. Qualidades físicas assombrosas, sentido colectivo único com e sem bola. Inteligência nas acções. Finalização.

MVP - 10 - Jonas. A subida de qualidade do jogo do Benfica tem muitos nomes, mas um absolutamente incontornável. Poder-se-à pensar que se fala dos golos que marcou, mas longe disso. Muito longe disso. O que falta ao jogo do Benfica é criatividade nos espaços reduzidos do corredor central, sobretudo para quem joga constantemente de costas para o golo. E Jonas veio trazer tudo isso. Capacidade para segurar, permitindo à equipa subir e ter bola nesses espaços. Agilidade para enquadrar e qualidade técnica para executar em pouco tempo, que permite à equipa ter seguimento da forma como procura construir. Qualidade na tomada de decisão, que permite à equipa criar mais situações de finalização. Inteligência na forma como procura os colegas para combinar, ou como procura os espaços para finalizar. Jonas mudou o jogo do Benfica e com isso desequilibrou o campeonato.

Suplentes - Rui Patrício, Jardel, Maxi Pereira, Michael Seri, Bernard Mensah, Brahimi, Tello

43 comentários:

Unknown disse...

A questão do Jonas, tal como o Jackson é que para além da capacidade de jogar e fazer jogar ainda marcam um bom número de golos. Muito completo.

jparula disse...

Só não concordo com Marcano em vez de Jardel. O Jardel fez uma época muito muito boa e, ainda por cima fez golos em jogos importantes (Sporting). E o Salvio devia estar pelo menos entre os suplentes, escolher bernard em vez de Salvio é só mesmo para meter ai jogadores que não são dos 3 grandes...Ah e esses suplentes não contemplam um ponta-de-lança sequer, que seria obviamente o Lima.

Resumindo a minha equipa seria:
Julio Cesar
Danilo
Luisão
Jardel
Alex Sandro
William Carvalho
Oliver
Nani
Gaitan
Jonas
Jackson

Rui Patrício, Paulo Oliveira, Maxi Pereira, Salvio, Brahimi, Tello, Lima

rochacj85 disse...

Gaitan a jogar à esquerda superior a Brahimi?

Brahimi teve momentos menos bons, mas também teve momentos de grande qualidade, em que deu pontos ao Porto, especialmente na primeira metade da época.

JJ, Jonas e as equipas de arbitragem foram sem dúvida as grandes figuras deste Benfica campeão. Lamento o meu comentário, odeio falar de árbitros, mas este ano a influencia foi grande demais.

Já agora, falta meter aí o Herrera. Acho que dava um grande apanha bolas.

Abraços

ATF disse...

Obviamente que este 11 é para agradar a gregos, a troianos...e ao sporte. Senão vejamos: o que é que andou a fazer (jogar) o WC esta época? Nada. E Nani fez o mesmo na segunda metada da mesma. Por isso tenham um pouco de ciência quando vos meteis a eleger onzes, já que formação académica ninguém nega que a tendes.

Roberto Baggio disse...

eu n tenho formação académica nenhuma, nem curso de treinador :)
Portanto percebe-se o porquê de não ter ciência.

Rocha, cm quiseres...

Mário Alexandre disse...

Boa resposta Baggio. A azia clubitica é dificil de curar. Criar um nervosismo na barriga. Lool

João disse...

O ATF tem toda a razão.
Escolher o WC e o Nani para o 11 do ano é algo que nem o Eduardo Barroso faria.

MaxiBeça disse...

Gaitán > Brahimi e é inegável. O Argentino não se apagou nos jogos grandes, ao contrário do argelino. Além disso foi muito mais regular.

Em relação à escolha do Salvio para o banco ou para titular, acredito que não foi escolhido porque é fraco na tomada de decisão (aliás nem há decisão, é sempre a mesma). No entanto o homem tem capacidades técnicas e físicas que o tornam superior a toda a competição no flanco direito, à excepção de Tello e Nani, e mesmo assim acho que a temporada do Salvio foi melhor. O Nani por exemplo, nos últimos tempos tem estado completamente apagado.

Também prefiro Jardel a Marcano, como se costuma dizer, defesas ganham campeonatos e ataques ganham jogos. Jardel, apesar de ter 2 barrotes de madeira como pés, defensivamente é impecável, pois tem as ideias de JJ bem assimiladas.

m1950 disse...

Algum peso dos nomes no 11 , porque Carrillo foi o extremo mais desequilibrante da liga e nem sequer está no banco de suplentes.

É um jogador que já merecia ser reconhecido de outra forma , até ao nível da decisão pois existe uma ideia geral que é um jogador que decide mal.O facto é que ele pensa sempre bem o jogo, agora se executa é outra coisa , mas tem 16 assistências 7 golos na época e numa primeira fase da época teve menos bola que o Nani , mas relembro jogos como os 2 contra o Schalke e contra o Chelsea fora , porque desequilibrar a Académica e o Penafiel não pode ser nunca comparado a isto.

Em relação aos treinadores , uma palavra para Lopetegui que tem uma equipa muito sólida , defensivamente apresenta qualidade , boa reação à perda , abandonou a obsessão de sair a jogar desde trás e tem mais soluções no jogo. Penso que é o coletivo mais forte e que atingiu níveis exibicionais mais elevados e aqui conto com a valia dos adversários.

Yelis disse...

Como um conjunto tao forte internamente, fora de portas foi tao fraco? De serem inexperientes nao pode ser.
Entao a culpa e do treinador? mas esse e tao forte no aspecto tactico tambem nao pode ser.

a culpa e o poder dos adversarios? eram assim tao fortes? talvez para este benfica sim, mas se a nivel interno estao a fazer melhor que o ano passado, em que ficamos?

em resumo, e tudo o politicamente correcto e ha que dizer que o benfica e justo campeao.. eu nao sou hipocrita e sei bem a farsa que foi este campeonato. como tal nao, o benfica num pais serio nao era campeao assim como o seu presidente estaria na cadeia (17 milhoes BPN,fora negocios a la "roberto") e o seu treinador tambem ( bater em policias e jogadores de futebol) e o benfica com o estadio fechado ( caso das claques e verylight)

Esta e uma realidade que ninguem quer falar.

Yelis disse...

Como um conjunto tao forte internamente, fora de portas foi tao fraco? De serem inexperientes nao pode ser.
Entao a culpa e do treinador? mas esse e tao forte no aspecto tactico tambem nao pode ser.

a culpa e o poder dos adversarios? eram assim tao fortes? talvez para este benfica sim, mas se a nivel interno estao a fazer melhor que o ano passado, em que ficamos?

em resumo, e tudo o politicamente correcto e ha que dizer que o benfica e justo campeao.. eu nao sou hipocrita e sei bem a farsa que foi este campeonato. como tal nao, o benfica num pais serio nao era campeao assim como o seu presidente estaria na cadeia (17 milhoes BPN,fora negocios a la "roberto") e o seu treinador tambem ( bater em policias e jogadores de futebol) e o benfica com o estadio fechado ( caso das claques e verylight)

Esta e uma realidade que ninguem quer falar.

ricnog disse...

Não escolheria melhor...! Não sei se pelo 442, não colocaria o samaris, em vez do seri, pela interpretação das ideias do jesus...!

Jackson e oliver - craques em qualquer equipa
Alexsandro e Danilo - melhores laterais do mundo à 4 anos....só este ano os adeptos reparam nisso.

Jonas - a mais neste campeonato

Luisão - top, por tudo o que jesus é...

william não deixou de ser bom....continua do melhor, apesar da epoca não ter sido tanto falada pela imprensa...

nani - de outro campeonato...

marcano, com bola bom jogador, mas não sei se pela exposição que o sistema obrigava, a defender não me pareceu assim tão bom.

DM disse...

Só colocava 2 jogadores a suplentes por troca com o Jardel e o Bernard: João Mário e Paulo Oliveira. De resto, estão aí os melhores deste campeonato por posição. Apesar de colocar algumas reticências no Marcano..

RS disse...

Não concordo com Marcano, porque não lhe reconheço valia, mas percebo porque está aí, o que denota também a baixa qualidade dos centrais que jogam em Portugal.

Não concordo com William Carvalho aí, a segunda parte da época de Samaris foi muito forte e ainda há Casemiro.

Resumindo é isto, mas também seria difícil de discordar de mais coisas, porque infelizmente o nosso campeonato tem pouca qualidade. Talvez metesse Gaitan à direita e Brahimi à esquerda, com Nani no banco.

Travenca disse...

@ATF - Só quem não viu os jogos do Sporting compreende as tuas palavras. Não tens ninguém em Portugal a jogar no lugar do William com a qualidade que ele tem, mesmo que com menor exuberância.
A questão do Nani, está tudo descrito no post do Baggio.

Não concordo com a opção do treinador, pois o Lopetegui termina a poucos pontos do Benfica (na pior das hipóteses a 6), e levou a equipa aos quartos da Champions. O Jesus abdicou das provas europeias e as últimas exibições do Benfica têm sido exclusivamente à conta dos avançados...

Quanto ao resto concordo em tudo se bem que se calhar falta nos suplentes o Sturgeon...

Travenca disse...

@ATF - Só quem não viu os jogos do Sporting compreende as tuas palavras. Não tens ninguém em Portugal a jogar no lugar do William com a qualidade que ele tem, mesmo que com menor exuberância.
A questão do Nani, está tudo descrito no post do Baggio.

Não concordo com a opção do treinador, pois o Lopetegui termina a poucos pontos do Benfica (na pior das hipóteses a 6), e levou a equipa aos quartos da Champions. O Jesus abdicou das provas europeias e as últimas exibições do Benfica têm sido exclusivamente à conta dos avançados...

Quanto ao resto concordo em tudo se bem que se calhar falta nos suplentes o Sturgeon...

jose martins disse...

Só os burros falam dos árbitros!!

Vasco disse...

Baggio, vocês diziam q o Maxi era de nível distrital...

Roberto Baggio disse...

m1950, tbm podias falar do J.Mário. Concordo com tudo o que disseste sobre o Carrillo, mas os escolhidos tiveram como base os jogos do campeonato.

MaxiBeça, Sálvio fez uma época mto boa ao nível interno. Mas já fez épocas melhores. Para mim, Tello e Brahimi que chegaram ontem, com um treinador novo, com ideias novas, a um país novo, com colegas novos, estiveram melhores.

DM, J.Mário aceito. P.Oliveira, nca na vida. Tive mesmo para por o Jardel no lugar no Marcano. Mas é a minha opinião, só.

RS, de acordo sobre Marcano. Discordar sobre Casemiro e Samaris.

Travenca, n gostei mto do Sturgeon, e n fez mtos jogos tbm...

Vasco, tal como o Jardel, ou A.Almeida.

Influência Arbitral disse...

É sempre complicado escolher o melhor 11 da época, incluindo os 7 suplentes, mas aqui estão os melhores para cada ficha de jogo.
Julio Cesar (Patricio)
Maxi Pereira (Danilo)
Luisão
Jardel (Marcano)
Alexsandro
Danilo Pereira (William Carvalho)
Oliver Torres (Bernard Mensah)
Gaitan
Nani (Salvio)
Jonas
Jackon (Lima)

Além destes 18 podemos acrescentar Jefferson, Paulo Oliveira, Samaris, Brahimi, João Mario, Telho e Slimani para termos o melhor plantel de 25 jogadores da liga Portuguesa.

Só existirem 6 portugueses nos melhores 25 da liga, os outros melhores portuguese, cedric, Eliseu, André André, Adrien, Pizzi, Quaresma, Eder e Ukra, pelo desempenho em 2014/15 não merecem retirar o lugar aos 25 eleitos.

José Lopes disse...

Baggio o que achas do bernard?
Parece ter nivel para um grande europeu como tem vindo a ser associado ultimamente?

João disse...

Baggio, isto é a tua opinião ou a vossa opinião? Tu e o restante "staff" do LE concordam/concordaram com as escolhas?

Pergunto isto porque já não há conversa de café há algum tempo... O Campeonato está no fim e podiam fazer uma espécie de rescaldo e isto podia ser um ponto engraçado para discutirem, se não houver unanimidade :P

Em relação ás escolhas dos jogadores, Seri e Bernard, para mim são algo desconhecidos (não vejo os jogos do Paços nem do Guimarães), porque é que os escolheste? O Bernard é muito falado, mas isso nem sempre quer dizer alguma coisa :)

Paulo Jorge disse...

Se as arbitragens foram decisivas foram para o campeonato não estar já decidido a favor do Benfica. Se analisarem bem as arbitragens até o Sporting foi beneficiado em mais jogos.

Isso é conversa para justificar o insucesso e desvalorizar o Benfica. É pequenino.

Façam uma lista de erros a beneficiar uns e outros e falem depois. Até gostava de saber quais são os jogos em que se queixam. Além de Gil na Luz não há muito mais a falar. No dérbi na Luz o único erro grave da arbitragem foi a favor do Sporting, falharam.

Roberto Baggio disse...

"Baggio, isto é a tua opinião ou a vossa opinião? Tu e o restante "staff" do LE concordam/concordaram com as escolhas?"

O Maldini diz q tá perfeito.

"porque é que os escolheste?"

pq acho que têm qualidade para estarem. se n os conheces, n é com uma descrição em texto que os vais conhecer...

PS: n vou aprovar nda mais que fale de arbitragens. isto de vir aqui comentar sobre a produção de chinelos na china n é nada.

João disse...

OK Baggio! Vou tentar dar uma olhada neles, fiquei curioso com o teu destaque ;)

PS: Esse PS devia ser aplicado sempre.

Zizou disse...

Onde está o grande, inigualável e astronómico Herrera?

Que desilusão, Baggio...

Cole disse...

E se tivessem de escolher o melhor 11 da liga, mas só com jogadores portugueses, quais seriam as opções?

Dimitris Nalitzis disse...

Só trocava Marcano por Jardel, mas de resto na mouche.

Já agora, acham que esse "Adjunto" poderia ser um upgrade ao que o Marco tem feito? Não tanto nos resultados, mas no processo.( Se bem que o segundo levaria à melhoria dos primeiros)

Dudysowsky disse...

Eu ia jurar que o JJ pegou numa equipa com uma base de jogadores campeões, onde ainda leva um investimento tao grande ou pouco menor do que o FC Porto e dai monta uma equipa (que ja era equipa) para competições internas. Mas, se calhar sou so eu que vejo isso...
Se a equipa do Benfica estava em hetacombe a do FC Porto devia estar nos picaros, depois da brilhante epoca 2013/2014 mas importa e destacar que individualmente o Porto era muito mais forte dai que com mais 3 pontos do que o rival o JJ tenha feito um trabalho fantastico ao pe do Lopetegui que falha redondamente ao construir uma equipa do zero...

Roberto Baggio disse...

Nalitzis, eu tbm queria meter o Jardel. Troquei várias vezes o nome de alguns jogadores

Qt ao Paulo Fonseca, acredito que vá voltar a um grande, e que vai ter sucesso desta vez em termos de resultados.

Cole, n sei... lol. há tão poucos, bons...

L. disse...

o Benfica estava em hecatombe, sim. perdeu 6 titulares. investiu? o benfica gastou 30 milhoes. o porto 40 + 3 emprestados de alto nivel. o jesus teve que começar do zero tanto como o lopetegui.

eliseu, talisca, samaris, pizzi.

comparar isto a partida com casimiro, tello, brahimi e oliver é de loucos.

DM disse...

Baggio, o Paulo Oliveira não porquê? Acho que teve uma excelente evolução desde o inicio da época e tem feito boas exibições. É um dos mais promissores centrais portugueses, a par do Ilori e do Tobias Figueiredo (os 3 sub21).
Já agora, que achas da solução Paulo Fonseca para o Sporting da próxima épcoa? A mim parece-me um claro upgrade ao Marco Silva...

Roberto Baggio disse...

Zizou é o 19 jogador. Convocado para levar a mala do Oliver e limpa as botas do William. O DC diz que ele se enganou. levou a mala do William e limpou as botas do Oliver. lol.

DM, "Já agora, que achas da solução Paulo Fonseca para o Sporting da próxima épcoa? A mim parece-me um claro upgrade ao Marco Silva..."

Vamos ver se o é...

"o Paulo Oliveira não porquê? Acho que teve uma excelente evolução desde o inicio da época e tem feito boas exibições."

Na minha opinião, e repito, é só uma opinião, e posso estar mt, mt, mt engandado, continua a não ser grande coisa. acho que o facto de se ter andando a jogar com Maurício e Sarr faz parecer com que estes tenham outro nível. na minha opinião são melhores, mas não tão melhores. ou se quiseres ainda não são tão melhores. pode ser que venham a ser... mas repito, posso tar mto, mto, mto, enganado.

Arrenka disse...

Boa escolha.
Apenas teria dúvidas no Jardel ao invés do Marcano.
Como tem vindo a ser habitual nas equipas de JJ, o entrosamento aumentou ao longo da temporada.
O Benfica começou em processo de reajustamento (perdeu Markovic, Rodrigo, Garay, Siqueira, Cardozo com Amorim, Fejsa e Sílvio lesionados e Jonas só a vir numa fase mais adiantada) e com algumas teimosias de JJ - Bebé, Jara e mais tarde Talisca e o ligeiro fracasso de Eliseu (faltou Sílvio). Infelizmente ainda mantém teimosia no Talisca e o Olá John não evoluiu como seria expectável e desejável.
Mais tarde saiu o Enzo, sendo substituido por Pizzi, que não tendo a mesma capacidade conseguiu dar qualidade que o Talisca não consegue dar e que o Samaris não está testado no SLB.
Assim, diria que não partiu muito à frente do FCP, que tem de facto melhor 11 que o Benfica (Laterais, Oliver, Brahimi, Tello e Jackson facilmente titulares) e que apostou imenso no sucesso da temporada (que provavelmente irá falhar).

Julgo que o colectivo superou as individualidades no campeonato (até ver... faltam dois jogos), pelo que há que salientar o trabalho do JJ - só não compreendo Jara, Bebé e Talisca (este com algum potencial, mas não a titular para já).

Decepcionou na Europa, que podia ter sido minimizado com a chegada do Jonas 15 dias mais cedo na preparação e no exílio de Jara e Bebé durante a pré-temporada.

Assim, para mim o melhor onze e seus substitutos em 442:

J.César, ASandro, Jardel, Luisão, Danilo, WC, Oliver, Nani, Gaitan, Jonas, Jackson;

Patrício, Maxi, Marcano, Oliveira, ???, Samaris, João Mário, Tello, Brahimi, Montero, Lima.

Unknown disse...

Pessoal, em relação ao Gaitas há que lembrar que é o top assist da liga e quem tem mais passes para ocasião. Baggio, em relação à tomada de decisão do Gaitas estou de acordo contigo, mas não consigo deixar de pensar que ele faz algumas decisões conscientemente para o highlight.

Sandro Barbosa disse...

Isto é um bocado off-topic mas não percebo bem o desdém em relação ao Marco Silva. Se fosse sportinguista a última coisa que quereria neste momento era que ele saísse.

Na minha opinião teve alguns problemas com o comportamento defensivo da equipa, mas com o plantel que lhe deram era difícil fazer melhor. Além de não ter sido ele a escolher os reforços, o plantel foi construído com um claro défice na defesa. Isto não só acentuou uma área onde (aparentemente) o MS não é tão forte, como infectou também o seu (bom) jogo ofensivo. Os jogos onde o Sporting comete mais e piores erros defensivos, são também aqueles onde ofensivamente mostrou maiores capacidades. Quando MS percebe (tarde) que com Maurício e Sarr é impossível, além de mudar os centrais (ewerton não é excelente, mas se estivesse lá desde de inicio muito seria diferente) amputou em grande medida a dinâmica ofensiva da equipa, porque viu que não conseguia (ou não sabia, é isso que está por descobrir) defender se atacasse daquela forma. Não foi só pela lesão que o Nani deixou de ser tão decisivo.

Apesar disto tudo, fica em 3º com os mesmos pontos que LJ, com muito mais jogos e muito menos tempo de preparação entre eles. Apesar de alguma culpa própria, sai da CL por erros de arbitragem, e é eliminado da LE por uma equipa muito superior individualmente. Até pode ainda ganhar um título. E sempre com o Adrien em campo!!!

Mesmo que não ganhe nada acho que merecia outra época. Foi o primeiro ano num grande, e teve de lidar com algumas anormalidades. Gostava de ver se com um plantel mais equilibrado voltaria a jogar bom futebol, ou se insistia nos cruzamentos para o Slimani. Por fim: Paulo Fonseca é tão melhor que valha a pena trocar?

Para mim, dos três, o único que se justificaria sair era o JJ, e era para ir para uma equipa de topo.

Quanto ao melhor 11, Montero não seria o substituto ideal de Jonas?

Johnny McCaco disse...

Seri, boa escolha. Na tv já me chamava a atenção, mas quando o vi ao vivo no estádio confirmou tudo. Um bom achado para quem estiver atento. Quanto ao Bernard, não o vi o suficiente. De resto é isso, com as dúvidas Jardel/Marcano e Gaitan/Tello

João Pedro disse...

Boas a todos,

Creio que já tinha enunciado isto no ano passado por esta altura. Sem querer parecer defensor dos fracos e oprimidos creio que faltou mencionar alguns jogadores que para todos os efeitos fizeram uma boa época a partir do 4 classificado da tabela. Com certeza que a qualidade individual conta e o colectivo disfarça mas deixo aqui alguns nomes que merecem menção:

Gonçalo Brandão
Miguel Rosa
Sturgeon
Diego Lopes
Tiago Pinto
Helder Lopes
Marco Matias

Coloquei-os não só pelos minutos que tem sido utilizados mas pela importância que têm na evolução das suas equipas nesses mesmos minutos, aquilo que dão ao jogo das mesmas. Se são melhores que os que são mencionados? dificilmente pela qualidade individual mas gosto de pensar que nós amantes de futebol vemos mais do que os jogos dos 3 grandes.

bio disse...

Bom 11, agora giro giro era fazeres um 11 com jogadores "intensos", "fortes em todos os momentos " e que "dão muita qualidade"... Aqui vai a minha sugestão:
- Fabiano
- Cedric
- Maicon
- lisandro
- Eliseu
- Adrien
- Herrera
- Salvio
- Hernani
- Bebe
- Slimani

Suplentes: Defendi, Paulo Oliveira, Reyes, Jonathan, Talisca, Quaresma, André André e Nelson Oliveira

MVP: ex-aequo Herrera e Adrien

Treinador: Manuel Machado (só para as palestras, que esta equipa é boa demais)

Aqui a dificuldade na escola era maior não?

Tiago disse...

E uma edição Equipa 2014/2015 da Liga dos Campeões?

Roberto Baggio disse...

obrigado j.pedro

bio kkkkkkk

Pedro Ribeiro disse...

Porque também tenho direito aum momento "picareta"... adianto o nome de um jogador do meu clube que poderia perfeitamente estar neste plantel: Danilo. É um jogador que poderia ter mostrado mais se estivesse enquadrado num modelo de jogo que privilegiasse a posse de bola porque é um jogador que não tem medo de a ter, que tem iniciativa e que é forte na condução. É muito completo e muito mais do que um mero médio defensivo (penso até que poderia perfeitamente jogar numa posição mais adiantada). Ainda é júnior e mesmo assim foi, para mim, o jogador mais do Braga. Não tenho dúvidas, por exemplo, de que é melhor do que Samaris e, então, se tivesse o tempo de aprendizagem com Jesus que este teve naquela posição, estou certo de que hoje toda a gente diria que estamos perante um dos melhores médios da liga. Fará hoje a despedida da equipa em Alvalade (jogará o campeonato do mundo de sub-20 pelo Brasil) e será uma baixa tremenda para a final da Taça.

Tenho pena só de que, provavelmente, só quando o virmos a brilhar noutros palcos mais luminosos, as pessoas percebam a sua qualidade e que, em parte, tenhamos desperdiçado o seu talento, por termos escolhido um modelo de jogo que não o potenciou.

PicaretaLeonina disse...

Bem apanhado o Seri... Já na época passada gostava dele, nesta apanhou um treinador a sério e beneficiou imenso com isso. De resto, as escolhas são adequadas. Se o Ewerton tem começado a época cá podia ter entrado no 11, ao lado do Luisão, mas sendo uma análise da época compreendo.