segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Admirável Sporting novo

Não surpreende. Desde o dia que contratou o melhor treinador português e um dos melhores do futebol mundial, a expectativa cresceu exponencialmente.

Promete não defraudar.

Depois de seis anos a uma distância pornográfica e provavelmente sem paralelo do rival Benfica, a nova era deixa a expectativa de que muito poderá mudar. 

Continuar a afinar os processos colectivos e teremos um Sporting de excelência nos momentos defensivos, e capaz como nunca de chegar aos golos. Também os pontos que se perdem em catadupa em Alvalade prometem ser coisa de passado. Prevê-se dificuldades tremendas para quem visitar Alvalade.

Impressionante o que cresceu o Sporting em apenas quatro semanas de trabalho. Mas, não surpreendente! Hoje o Sporting já é um colectivo onde todos se movimentam em função de uma ideia comum.







13 comentários:

nonameslb disse...

E o ridiculo Benfica novo?Este Vitoria nao me convence.

Dejan Savićević disse...

Até os 4 imans da prancha estão alinhados...

Ace-XXI disse...

O jogo frente a roma foi sem duvida 1 regalo veremos agora como se comportam nos jogos a doer.

Fica a ideia que no meio da falta 1 jogador com outra criatividade que adrien e João Mario nao tem.

DM disse...

Excelente análise. Foi o que mais saltou à vista foi a falta de "espaço" que a Roma teve durante o jogo, sendo necessariamente obrigada a jogar pelo flanco onde causa menos perigo. A maior parte dos seus executantes não teve oportunidade de jogar de frente para a baliza, onde costumam ser letais (como Totti teve oportunidade de mostrar no primeiro espaço que teve para rematar).
Acho que quando o William e o Ewerton recuperarem vamos tornar-nos num caso sério, até porque acho que no global temos um XI com qualidade individual ligeiramente superior ao Benfica da época passada (e se considerar o periodo em que o Bebé era a primeira alternativa...). E incluo o Porto porque continuo a achar que falta qualquer coisa ao Lopetegui para o Porto "dar o salto". E esta aposta em cavalo de corrida (Imbula, Danilo) por troca com jogadores de futebol como o Oliver ainda me dá mais esperança. Parece-me que vamos voltar a ver um Porto forte na Europa mas fraco quando jogar contra equipas onde não tem espaço nem Jackson e Oliver para fazer a diferença.
Muito entusiasmado, o Sporting finalmente joga como uma grande equipa como foi desejo do seu fundador. E ter alternativas no banco como Carlos Mané, Montero, Adrien (ou João Mário, quando o William regressar) e depois jovens em formação como o Wallyson, Gelson, Palhinha, Tobias, Esgaio ou Jonhatan também são um bom prenuncio. Esta época ainda mal começou e eu já estou ansioso pela próxima!

Gonçalo Matos disse...

E o controlo da profundidade também já está muito bem afinado para esta fase da época.
É uma maravilha ver que se pode fazer tanto em tão pouco tempo

Luis Barroso disse...

Gosto muito e respeito este blog e as pessoas que aqui escrevem, e também sou admirador do Jorge Jesus. Mas esta vossa insistência em classificar o J. Jesus como "o melhor treinador português" só é desculpável por um certo paroquialismo de quem quer acreditar que "temos cá o nosso melhor". É evidente que J. Jesus não está ao nível do Mourinho (esse sim, obviamente, o melhor treinador português, senão mesmo do mundo) e também não percebo porque afirmam com tanta segurança que aquele ganha na comparação com Vítor Pereira, que ganhou nos confrontos a Jesus tanto nos resultados como na capacidade de impôr o seu modelo de jogo.

RG disse...

"É evidente que J. Jesus não está ao nível do Mourinho" nesse campo tem razão caro Luis Barroso. Actualmente está anos luz acima!

Não percebo o endeusamento ao Mourinho pós 2005....chegando muitas vezes a apresentar principios de jogo banais e dependente de rasgos individuais para vencer.

SL disse...

Parabéns pela análise.
Mto bom.

João Santos disse...

Luis Barroso, só por curiosidade, está a falar do Mourinho que ainda o ano passado foi eliminado da champions em casa, por um PSG a jogar com menos um jogador durante uma hora e meia, ou do Mourinho versão 2005? É que um desses sim, era o melhor do mundo, o outro uma sombra do que já foi...

Bruno Perneta Correia disse...

Esse Mourinho de 2005 tinha AVB na equipa técnica!

Ricardo Campos disse...

Concordo com o Luís Barroso, o melhor treinador português aquém e além mar, treina esse colosso do futebol mundial...o Sporting!!!
Gosto muito das análises tácticas exímias que se escrevem aqui, mas este elogio da personalidade constante faz-me lembrar a obra de D. Quixote, onde o tantas vezes racional Sancho Panza, se perde em devaneios da loucura pela sua espada...de pau.

Ricardo

Tiago Hipolito disse...

Engraçado os sportinguistas dizerem que o JJ é o melhor dor mundo... O ano passado não era nada de especial, este ano é o melhor do mundo... deve ter aprendido em Alcochete. ..

RG disse...

Engraçado os benfiquistas dizerem que o JJ é o pior do mundo... O ano passado era especial (special II ), este ano é o pior do mundo... deve ter deixado as notas no Seixal...