domingo, 23 de agosto de 2015

Curtas

O Arouca criou mais ocasiões de golo que o Benfica.

O Arouca entrou mais vezes dentro da área com a bola controlada que o Benfica.

O Arouca esteve 1x1 por duas vezes com Luisão, só.

O Luisão meteu em vários lances jogadores do Arouca em jogo.

Júlio César tem estado sempre em evidência.

O único lance que o Benfica criou, não foi criado. Foi uma oferta que foi parar aos pés de Pizzi.

Mais uma vez não se trata do resultado. Nunca é um jogo só. É do que o precede. Fazer 30 remates na sua maioria de fora da área, não é criar situações de golo. É só rematar. 

51 comentários:

Transição Ofensiva disse...

E quando se remata dentro da área, marca-se golo e o árbitro anula sem ninguém saber o porquê (mesmo depois de se ver o lance 200x) chama-se o quê????????

LGS disse...

O q é pena e as pessoas não vão perceber é que este jogo, tirando o golo sofrido, foi quase igual ao da primeira jornada... só não entraram os 2 ou 3 chouriços.


BB disse...

Ridiculo, então a conversa de "Podiamos estar ali a noite toda que a bola não entrava", eu fico na duvida se ele diz isso só por dizer ou se acredita mesmo nisso, e começo a achar que é a segunda

Furtivo disse...

Resumindo, o Rui Vitória é um picareta como treinador...

LGS disse...

E um treinador que põe em campo 3 jogadores que (por enquanto) não fazem a minima ideia do que fazer (Carcela acabado de recuperar de lesão, Jimenez que aterrou "ontem", e o Victor Andrade que começou a treinar com a equipa há 2 ou 3 semanas) não faz ideia do que anda a fazer. O Carcela então, coitado, passou os primeiros 5min perdido a tentar perceber o que o treinador queria dele.

Enfim, este ano está tudo visto. só se os adversários também escorregarem mais vezes é que há campeonato a 3.

Blessing disse...

Mas é preciso dar tempo ao homem para trabalhar!

DC disse...

O Mourinho tb meteu um gajo a titular que ia a passar à porta do estádio e foi a sorte dele ;)

Mas o jogo foi um bom treino para o Bracalli, mas podiam ter treinado 1x1s também.

João disse...

As pessoas acham que o Benfica jogou bem, porque esteve "em cima" do Arouca. Mas o Arouca criou melhores situações de golo que o Benfica. E agora?

Que tristes são os jogos deste Benfica. A história do afastamento dos jogadores do portador é assustadora e resulta em milhares de cruzamentos de qualquer lado, o que importa é meter a bola na área... A defender é sempre um susto e a este ritmo o Luisão vai acabar no banco porque é lento...

Vai ser uma época longa. E ainda não começou a champions...

LGS disse...

Trabalhar sobre o quê, sobre que ideias? Sobre o o conceito de "não interessa ter ideias de qualidade, interessa é meter avançados à com fartura e ter fé nos cruzamentos"?

B Cool disse...

isso foi o que eu li a alguém...

DSB disse...

Falta aí a bola do Nelson Semedo. De resto, é apenas uma verdade que doí e custa ler...

Blessing disse...

Dsb tens toda a razão, e peço desculpa pelo engano. Entrou uma vez!
Obrigado

hra disse...

Transição Ofensiva, chama-se provar o próprio veneno

hra disse...

Transição Ofensiva, chama-se provar o próprio veneno

Mav San disse...

Este futebol do Benfica cada vez mais parece o do meu Sporting nos últimos anos: bola nas alas, cruzamento (de qualquer lado), bola para o meio dos centrais do Arouca que é cortada. Repetir o jogo todo.

E também a maioria dos Sportinguistas confundia estas situações com domínio e oportunidades de golo.

NSC disse...

"um fraco rei faz fraca a forte gente".

Conseguiu por a equipa a jogar metade em 2 meses e nem sequer já acredita nas suas ideias, se é que as tem. Tenta sobreviver apostando na fé, tomando medidas populistas e enchendo a área de avançados.
Um infeliz exemplo do Princípio de Peter.

Tiago disse...

Rui Vitória quando perdeu 2-0 com a equipa B do Sporting para a Taça da Liga: "O Sporting foi coeso defensivamente, conseguiu suster o nosso ataque, mas uma equipa que tem 17 cantos e 30 cruzamentos tem de fazer golo numa dessas bolas."

Tiago disse...

Entretanto o Paulo Sousa começa a liga italiana com uma vitória sobre o Milan... Que falta de visão por parte da grande estrutura do Benfica.

João Silva disse...

NSC,

Metade?
A cada jogo que passa RV surpreende pela negativa, em futebol jogado e no discurso absurdo que tem. O futebol ofensivo do Benfica parece um Vinil riscado, bola para a linha, cruzamento para a área, bola para a linha, cruzamento para a área, bola para a linha, cruzamento para a área...isto quando ainda há clarividência porque quando esta desaparece é chutão na frente, pena que o Benfica ainda não tenha contratado o Amido Baldé...Quando está a sem bola, bem acho que nem o Benfica de Quique Flores defendia tão mal, se houver uma névoa ligeira o Luisão não consegue ver o Samaris ou o Pizzi, e a linha defensiva de linha tem pouco parece aliás um conceito pós-impressionista.

RS disse...

Cada vez que o Arouca ensaiava um contra ataque, eu encolhia-me todo. Boa transição ofensiva. O Luisao está uma sombra. Falta fazer mais faltas na zona ofensiva (melhor reacção à perda) e falta saber armar a merda de um ataque que não seja só ir à linha e cruzar. Ah, e jogar com os sectores mais juntos. Corre-se muito, mas jogasse muito pouco.

Blessing disse...

NSC, O Magician tá sempre em grande. E ta a adorar isto das substituições de certeza. lol. Ele quis ganhar o jogo metendo homens na frente e tirando de trás.

Edson Arantes do Nascimento disse...

João Silva: bahahahabahahha meu, fizeste-me rir mesmo com vontade

Descontando o exagero das oportunidades, o certo é que aos 8 minutos de jogo já o Arouca tinha duas bolas 1x0 com o Júlio. Duas! Uma delas foi mesmo golo, com o Luisão a virar rapidamente Luisinho.

Pior: acho que em dois jogos já vimos mais 1x0 com o Júlio do que na época passada inteira.

Com uma novidade. Para além da burrice e da falta de ideias a todos os níveis e momentos do jogo (vejam como os cantos ofensivos do Benfica já não criam quase perigo nenhum - assim de repente parece que as movimentações e os bloqueios ao adversário (mesmo que em falta, por vezes) já não existem; os rapazes ocupam as suas posições na área e tufas, charuto lá para cima) agora voltamos ao tempo dos feiticeiros no banco. Sim, feiticeiros.

Então não é que ontem o Ola John cometeu, mais uma vez, a heresia de ser o melhor jogador em campo do Benfica. Não pode ser! Então o que é isto? Um jogador com critério, a pausar quando tem de pausar, a acelerar quando tem de acelerar, a fazer bons passes? Não senhor! Não pode. Vai já lá para dentro um miúdo que corre para cima deles e cruza bué e não passa a bola a ninguém.

O Talisca entrou bem no jogo na jornada anterior? Não senhor! Salta já o Jimenez lá para dentro, para ver se aproveita um dos belíssimos 1435 cruzamentos que fizemos. É isto. É isto que o Pedro defende há anos por aqui. Feiticeiros no banco, ideias zero.

Ontem, no final da primeira parte (foi perceptível pela televisão), o Vitória chamou o (agora) Luisinho para conversar. Disse-lhe várias coisas.

- "Olha, e diz ao Eliseu para ser mais vivo", e faz assim um movimento com os braços, como se eles subissem em arco da barriga para o peito.

O Luisinho voltou para a sua posição. Virou-se para o Eliseu.

- "O homem diz que é para estares mais vivo", e faz assim um movimento com os braços, como se eles subissem em arco da barriga para o peito.

E é isto. O Rui Vitória é isto. Mais vivo. Mais Pedro. Mais burro.

RV disse...

Citando a Fonte, Pedro.

"Na segunda parte foi mais do mesmo com Rui Vitória a arriscar tudo metendo logo ao intervalo Victor Andrade no lugar de Ola John para depois meter a carne toda no assador ao colocar Carcela no lugar de Eliseu e depois Jimenez no lugar de Samaris. Não sou fã deste arriscar, de meter avançados lá para dentro tirando defesas mas reconheço que o Benfica não passou a usar o chuveirinho nem o Arouca conseguiu aproveitar a vulnerabilidade defensiva do SLB por estar tão avançado no terreno. As oportunidades continuaram a existir mas a bola não entrou. E assim foram-se os três pontos.

Rui Vitória voltou a mexer na equipa, não ficou de braços cruzados. Podemos discutir as falhas defensivas, podemos discutir as opções do onze inicial mas Vitória tenta ir à procura do resultado. Bastava um pouco mais de acerto dos jogadores para a resultado ser diferente. Perder é sempre chato, a noite hoje será longa, mas tenho a noção que jogámos bem e fizemos o suficiente para ganhar. E com tranquilidade."

http://magicoslb.blogspot.pt/2015/08/arouca-sl-benfica-0-1.html

Miguel Pinto disse...

"Então não é que ontem o Ola John cometeu, mais uma vez, a heresia de ser o melhor jogador em campo do Benfica. Não pode ser! Então o que é isto? Um jogador com critério, a pausar quando tem de pausar, a acelerar quando tem de acelerar, a fazer bons passes? " Edson Arantes do Nascimento


Ainda bem k não sou o único a ter a mesma opinião do jogo k o Ola John estava a fazer!!! E, não tendo sequer vosto a 2ª parte arrisco-me a dizer k a qualidade? do jogo do slb deve ter caído uns furos.

Abraço

disse...

A substituição do Ola John também é o momento nonsense do jogo de ontem.
A única (má) razão que vi para essa troca é a chamada "fezada".

Mas também acho que defesa deve ser feita a Rui Vitória porque:
- Entra para substituir o treinador mais titulado que sai para um rival;
- Tem de cumprir uma pré-época que não lhe permite trabalhar com calma a sua ideia (seja ela boa ou má);
- No primeiro jogo oficial estala uma troca de argumentos e polémica com sms's onde não foi devidamente escudado.

Ou seja há pressão inicial e natural, pressão adicional não tem faltado.

João disse...

Zé, o homem tem que saber trabalhar com essa pressão porque ela vai existir SEMPRE, por qualquer motivo. Não é desculpa para os pobres desempenhos que a equipa tem tido - e não estou a falar dos resultados.

O Ola John é o patinho feio. Será sempre o primeiro a saltar fora mesmo que esteja a jogar bem, como foi o caso neste jogo... E depois, substituir jogadores só porque sim, não lembra a ninguém... Só ao RV.

Guilherme disse...

@ Zé

Desculpa pa mas isso da pressao, dos sms's, da pré-época são mitos, desculpas esfarrapadas: isto é o Benfica, em qualquer grande a pressao faz parte, é piners como dizia o JJ. Assim como dentro em breve vao começar a dizer que o Vitoria teve pior plantel que o Jesus, quando neste momento o Benfica tem bem melhor equipa no computo geral que em 10/11, que em 14/15, e talvez mesmo que em 12/13. A malta tem memoria muito, mas mesmo muito curta.

A questao é que em 4 semanas o JJ pos o Sporting a jogar como o Benfica jogou em 6 anos; que o Paulo Sousa chega a uma Fiorentina que acabou em 4o a época passada e em menos de dois meses, com um plantel pior que o do ano passado, muda completamente o sistema de jogo e poe aquela malta a defender em zona, espaços curtos e linhas subidas, e com o portador da bola a ter pelo menos 2 opcoes limpas de passe em todos os momentos; que o Thomas Tuchel sem treinar um ano chega ao Dortmund e poe a equipa a jogar com mais critério que o treinador que acaba de substituir, conservando a zona, as transicoes rapidas etc. E esse treinador era o Klopp, que é tao somente o melhor treinador da historia do BVB.

O pior disto é que claramente quem toma as decisoes no futebol do Benfica nao percebe nada da poda, e que o Rui Costa nem é visto nem achado là. Havia 3 opcoes obvias para treinar o Benfica esta época:

a) Vitor Pereira, mas é portista portanto nao dava: competencia nao é um criterio na escolha.
b) Paulo Sousa, mas é um "traidor" portanto nao dava: competencia nao é um criterio na escolha.
c) Paulo Fonseca, mas treinou o Porto e saiu pela porta pequena: competencia nao é um criterio na escolha.

Em vez disso os adeptos e a direccao agora escolhem os treinadores pela preferência clubistica: o Rui Vitoria ou o Marco Silva, porque sao benfiquistas. O LFV nao deve ter visto um unico jogo do Guimaraes para além daqueles contra o Benfica.

Um grande abraço ao Pedro Magico, cujas parvoices até teriam piada se 99% dos benfiquistas nao pensassem como ele. Se crucificou o JJ por um jogo em seis anos (os 5-0 contra o Porto), então esta época não imagino o tratamento que vai dar ao Rui Vitoria.

DF disse...

Lamentavelmente a estrutura nao ensina os jogadores a defender nem a atacar!

Vergonhoso! Convenceram-se que era outra vez o nome Benfica a ganhar os campeonatos e ignoraram que havia muito trabalho de qualidade por trás!

Não seguraram o treinador e só foram buscar merda! MERDA! mais de uma dezena de reforços e nem um se aproveita! (só talvez estes avançados que chegaram agora em desespero de causa!)

Aquele Carcela é do mais patético já visto... e se joga na vez do gordo das 3 tetas também marroquino... faço ideia ...

Venham as eleições e que se corra com a corja de inuteis vaidosos que por lá andam!

DF disse...

sobre o Pedro Mágico ... Lol é o Carcela dos blogs. Patético.

Diogo Santos disse...

Blessing, achas que é mais fácil às equipas pequenas criarem situações de 1×0 contra os grandes, visto que 'defendem' mais subidos no terreno e os centrais podem ser facilmente batidos em velocidade, ou o problema está na forma em que o Rui Vitória decide por a equipa a defender?
Até porque ontem parece-me que não houve mais situações de 1×0 com o JC, por a tomada de decisão dos atacantes do Arouca não ter sido a melhor nos ataques rápidos.

R.B. NorTør disse...

Alguém viu o jogo do Braga na sexta? Eu também concordava com a ordem de treinadores do Guilherme (e ainda acrescentei o Klopp, oferecendo-me para ser o motorista dele, que se um tipo é para sonhar que sonhe em grande) mas depois do jogo do Braga com o Rio Ave começo a pensar se não seria uma espécie de Rui Vitória...

Agora o jogo do Benfica ontem foi espectacular. Nem falo das substituições, que ainda estou a tentar perceber o porquê da coisa sem me lembrar do António Oliveira no Mundial 2002 e os alhos no balneário, falo mesmo daqueles 40 minutos na segunda parte de cruzamentos da esquerda para a entrada da área onde, entre a área e o meio campo, não havia uma (uma!) camisola vermelha. Enfim... O problema foi termos esquecido Quiques e Sounesses...

Blessing disse...

" achas que é mais fácil às equipas pequenas criarem situações de 1×0 contra os grandes, visto que 'defendem' mais subidos no terreno e os centrais podem ser facilmente batidos em velocidade, ou o problema está na forma em que o Rui Vitória decide por a equipa a defender? "

só é mais difícil se o treinador for competente. se não é igual. o benfica de jj em 1x0? qd? pouquíssimas vezes por ano. nestes jogos do slb 3 qtas vezes já?
e é mais difícil porque colectivamente e individualmente uma equipa grande deverá - na teoria - ser melhor que a pequena.

David Cardoso disse...


O que me anda a meter imenso medo é a forma da equipa defender,continuando assim quando encontrarmos uma equipa de jeito estamos tramados , isso sim infelizmente é a minha grande desilusão , entra ano sai ano e continuamos a fazer miseráveis planeamentos de pré época

E ainda fico com mais medo quando vcs me dizem que Ola John cometeu, mais uma vez, a heresia de ser o melhor jogador em campo do Benfica.

felizmente li o comentário do Transição defensiva foi excelente para descomprimir pq a desilusão é grande , uma coisa este tal de Pedro teve razão "a noite hoje será longa" , e podem acreditar que hj de manhã ainda não melhorou.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Guilherme, tudo muito certo, mas então porque achas que o Rui Costa não tem nenhuma responsabilidade nisto? No último jogo da temporada passada foi visível a discussão entre JJ e Rui Costa, em pleno banco, antes de receberem a Taça da Liga.

Não percebeste ainda que o Rui Costa foi o responsável por se ter tentado contratar o Eriksson? E que foi ele que fez questão de recusar o JJ para ir buscar o Kikas Flores? Que o JJ foi uma contratação do LFV sem o apoio de ninguém da direcção? Quanto tempo mais vais demorar a perceber que o Rui Costa foi o responsável pela contratação do Shaffer e do Patric, entre outros, e de ter sido comido de cebolada pelo FCP nos negócios de Álvaro Pereira, Falcão e outros?

Epá eu adoro o Rui Costa, foi um jogador espectacular e sempre me pareceu um gajo às direitas. Mas isso não lhe dá nenhum entendimento especial sobre o jogo. O facto de ter sido um grande jogador não me diz nada. Zero. E aviso desde já que comigo ninguém está imune a críticas. E lá por discordar de algumas pessoas isso não significa que não goste delas.

Edson Arantes do Nascimento disse...

David: diz lá então porque é que o Ola John não foi o melhor do Benfica. Atira os teus argumentos.

Eu já expliquei porque é que ele foi o melhor. Está ali em cima. E digo isto de forma tão desabrida, sabes porquê, porque não tenho qualquer dúvida a respeito (na minha forma de ver o jogo, claro).

disse...

@Guilherme,

Dos 3 treinadores que referes, todos receberam más heranças. E até o Klopp, que é o Klopp, saiu a bem, naturalmente e tranquilamente. Rui Vitória "só" tem de fazer igual ou melhor que Jesus.
E acho que ele preferia lidar com a pressão normal de treinar um grande, creio que ele não queria, nem quer comprar a guerra que se instalou com Jesus e SCP.
E tua lista de treinadores é igual à minha, com excepção do último. Preferia Peseiro.

@João
Pressão como treinador do Benfica há sempre. A que ele deverá estar sentir, com toda a envolvente da guerra parva Jesus/SCP vs SLB, creio que nenhum outro treinador do SLB passou pelo mesmo. Nem o Toni no Verão Quente.

Dimitris Nalitzis disse...

Ontem dei por mim a ver o Benfica e a pensar "este Sporting do Marco Silva continua na mesma". Vá, mas agora em 4x4x2.

R.B. NorTør disse...

Ainda não percebi se o Ola John melhorou ou se os outros todos pioraram. Com a saída dele o Benfica ficou na prática com dois Pizzis em campo. E mesmo Gaitán está diferente, como naquele momento que combina com Eliseu e, tendo uma clareira do tamanho do mundo para entrar na área, decide cruzar lá para o outro lado. Isto de dizer lá para o outro lado é a forma mais precisa de descrever os cruzamentos do Benfica.

Se calhar até foi por isso que o Ola John saiu. Lento como é ainda pensa que está a jogar para o anterior treinador e que isto é para jogar à bola e não uma versão expandida de futevólei. Isso e a saída do Samaris, que aquela coisa de andar a tapar buracos na defesa e ainda ter pulmão para ir fazer combinações no ataque não é para estas andanças.

Dennis Bergkamp disse...

Como diria o outro.. "Winter is coming" e vai ser frio comó caraças.

David Cardoso disse...

Edson , eu não quis te contrariar , tu tens toda a razão ,o Ola john foi dos melhores do SLB , sem duvidas, o problema é esse... :p

João disse...

Zé, ele pode fazer pior que o JJ, em termos de resultados. O problema não está nos resultados, está nas ideias dele e no que ele (não) mostrou até agora em todo o percurso como treinador. Essa conversa da pressão não tem importância, ele não se pode deixar afectar com isso.

cobra2 disse...

Concordo. A ideia de jogo do Benfica é ridícula, se é que existe. Não me importo com muitos cruzamentos, desde com critério.

Não me parece que o Rui Vitória precise de mais tempo. Simplesmente não tem conhecimento de jogo para os jogadores que tem. Mais vale o LFV admitir isso e seguir para alguém melhor.

O mais grave é que o discurso do Rui Vitória é disconexo com a realidade e vindo do século passado. Para além de que não se vê melhorias de semana para semana.

TA disse...

Estando visto que o RV nao serve, o que fazer? Manter o RV até ao final da época com as consequências desportivas e não só que daí advêm? Ou tentar terminar já o contrato e ir buscar alguém que saiba da poda e já agora quem estaria libre/disponível...

David Bento disse...

O Lito Vidigal é grande treinador. É de caras o segundo melhor treinador a actuar em Portugal depois do Jorge Jesus só não vê quem não quer. No ano passado aquele Belenenses andava a lutar por lugares bem acima do seu orçamento foi despedido pelo presidente da SAD. Eu não tenho duvidas que com ele seriamos campeões é treinador de equipa grande metes os pequenos a jogar como os grandes não duvidem.

David Bento disse...

Senhor do Blgo analise o trabalho do Lito Vidigal quero uma analise de alguem entendido e não só a minha.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Desculpa David! Lê na diagonal e não entendi bem. Sorry.

Guilherme disse...

@ Pelé

Quanto ao Rui Costa parece que estamos no Serbenfiquista: quais são as provas? Se as tiveres, então tudo certo tens razão. Ha jogadores maravilhosos que realmente sabem de futebol (Bergkamp, Guardiola) e outros que sao burros nas horas (o teu homonimo por exemplo): estou muito bem ciente disso e nao quero santificar ninguém.

Mas a verdade é que do que ouvi o Rui Costa falar de futebol (quando foi comentar o Mundial de 2014 à televisao, ou quando descreve aspectos da carreira na imprensa), nunca me pareceu que fosse picareta ao ponto de pensar que o Vitoria iria fazer pelo menos 80% do que o JJ faz. Achar que o RV é treinador esta ao nivel de um Gomes da Silva ou de um Jorge Gabriel e cheira-me que sao tipos desses quem influenciam mais o LFV.

A discussao dele com o JJ pode ser interpretada de 1001 maneiras: eu sempre a vi ser interpretada como o JJ dizer-lhe que nao ia renovar o contrato por exemplo. E acredito tanto no LFV ter sido o unico a apoiar a renovacao do JJ como no Klopp vir treinar o SLB amanha. Apenas porque estamos no disse que disse e nas conjecturas dos jornais quando na verdade ninguém tem prova de nada.

O que falta ai dizer - mesmo que tenha ido buscar o Shaffer e o Patric - é que o Rui Costa foi o responsavel por ir buscar o Aimar (como o proprio o confirmou), que foi tao somente o melhor jogador que passou pelo SLB desde o JVP e o Deco, mesmo que este ultimo só nos treinos.

David Cardoso disse...

Sem problemas Edson já me aconteceu o mesmo lollll ,

David Bento eu tbem já faz tempo qe simpatizo com o L Vidigal,nunca falhous noa clubes peqenos mas aí treinar un grande nao sei , o RV tbem nos peqenos nunca falhou loll

Blessing disse...

Dennis e Dimitris :)

É assustador de facto Ola John lol.

Mas... É preciso dar tempo ao homem para trabalhar!

LGS disse...

Blessing,

"Mas... É preciso dar tempo ao homem para trabalhar!" pára lá de trollar pah. :P

Manú disse...

e a oportunidade do Nelson Semedo não conta? foi uma jogada (bem) construída, com o obvio contributo do Ola John, que deixou o menino na cara do golo.