sábado, 22 de agosto de 2015

Organização e Transição ofensiva. Pequenos recortes do campeão nacional com bola na Liga dos Campeões feminina.

A variabilidade táctica em organização. Do 4x3x3 ao 4x4x2, passando pelo 3x4x3. O identificar dos momentos de transição para sair mais rápido. Ou pela profundidade, ou pelos apoios frontais, ou pelo corredor lateral.

5 comentários:

Bruno Pereira disse...

Rui Vitória aprende com as miúdas... Tanta coisa feita com tanta simplicidade que até parece difícil acreditar como é q há tantos burros no futebol... Tantos e tantos pormenores deliciosos na maneira como jogam em apoio ou em profundidade, na maneira como lêem o jogo e colocam a equipa à frente dos interesses individuais... Cada lance é um lance e fazemos o que o contexto ditar, tentando moldar esse mesmo contexto na forma como o queremos.
Gostava de saber quantas e quais as situações em que as jogadoras provocam o 1x1. Depois é comparar este número com o do bicampeão nacional masculino...

joão nogueira disse...

Dar este tipo de chocolate com movimentações colectivas dá um prazer do caralho...

R.B. NorTør disse...

Maldini no Seixal já! Ainda tentei ver algum stream dos jogos na Croácia mas foi impossível portanto estes vídeos são mais do que benvindos. Boa sorte para a Supertaça.

David Cardoso disse...

Mais um excelente post ,parabens

Ruben Caixeiro disse...

Parabens por todo o trabalho desempenhado.