segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Porquê tantas diferenças no derby

“As semanas preparatórias incidem, de forma sistemática, na organização táctica, sempre com o objetivo de estruturar e elevar o desempenho colectivo. As preocupações técnicas, físicas e psicológicas (como a concentração, por exemplo) surgem por arrastamento e como consequencia da especificidade do nosso modelo de operacionalização”

Dizia José Mourinho, quando tudo o que dizia apontava o caminho e o seguiamos porque... fazia todo o sentido.


E é aqui que está a diferença entre as duas equipas na supertaça. E é por isto que dizemos vezes sem conta que Jesus é um dos melhores do mundo.

A operacionalização das ideias é a capacidade de por no treino, e consequentemente fazer vivênciar aquilo que se pretende que aconteça no jogo.


Aquilo que se vê neste momento em campo, nas várias equipas (principalmente nas que mudam de treinador) é essa capacidade dos treinadores. Conseguir fazer com que todos eles (jogadores) pensem como um só e consigam agir e reagir ao que o jogo pede, dentro de princípios definidos e trabalhados.

Uns treinadores conseguem com que isso aconteça mais rapidamente do que outros. JJ é um deles.

Isto não quer dizer que RV seja mau. Simplesmente quer dizer que, a maneira como operacionaliza as ideias faz com que essa aquisição de comportamentos demore mais tempo.


Isto pode acontecer por duas situações:



  • Faz no treino coisas que mesmo não "fazendo mal", não são catalisadoras do processo de modelação
  • Tem dúvidas acerca do que realmente quer que aconteça.
Ter dúvidas, que será a hipótese mais falada por ai, não é necessariamente mau. E não seria de certeza o único.

Mantendo o 442 que acontecia o ano passado vai um pouco contra aquilo que foi dizendo nas entrevistas, em que mostrou intenção de ter maior controle do jogo, e assim uma ocupação dos espaços diferente no meio campo. Ao mesmo tempo, mesmo que tenha pensado começar no 442, rapidamente se deve ter apercebido que perdendo Lima (como aconteceu) tem o 442 entalado, porque Jonathan está muito longe de conseguir oferecer a equipa o mesmo que Lima oferecia. Da mesma maneira, ninguém no plantel consegue fazer o que Sálvio fez.

Ainda assim, podia ter feito sentido (a menos que já soubesse de antemão que o Lima ia sair) começar com 442 e ir primeiro pelo que é confortável para a maioria dos jogadores e só depois mudar coisas.

Mudando para 4231, como parece ser a ideia, necessita de ser muito muito claro com aquilo que pretende. É radicalmente diferente jogar com Talisca ou com Pizzi, pela ordem que um não tem, mas que o outro oferece, e pela diferença na qualidade e controlo no passe e na recepção. É também urgente perceber que tipo de dinâmicas vão fazer com que apareçam jogadores a frente da linha da bola e também como vai fazer acontecer coisas básicas como "criar centro de jogo", dando linha de passe (que se veja) a frente, atrás e aos lados

Veremos o que os próximos jogos vão mostrar. Isto só fica giro quando todas as equipas são fortes e dão luta umas as outras.

31 comentários:

rafael marques disse...

Estranho este fenónemo. O Sporting foi enormemente superior nos 2 últimos jogos contra o Benfica. Denominador comum : Jorge Jesus. Só que nas antípodas da genialidade. Eu só queria era entender...

Honoris disse...

Rafael Marques,

Se entendesses que a superioridade de que se fala se refere aos comportamentos coletivos de uma e outra equipa não consideravas nunca que no Sporting vs Benfica do último campeonato o Sporting foi "enormemente superior". O Sporting podia ter perdido este jogo, podia não ter criado perigo nenhum que continuava a ter sido a equipa melhor em termos coletivos. O treinador dá as condições e os jogadores tomam e executam as suas ações :)

Daniel Martins disse...

A tudo o que o Honoris disse, falta acrescentar que no jogo do ano passado o Sporting teve uns 3 lances de golo. Ontem, somando o golo do Sporting, as bolas nas costas da defesa do Benfica, situações de 1x1 na área dos encarnados, cortes in extremis, os remates perigosos do Sporting e o golo mal anulado, isso dá para aí umas 30 situações de perigo para a baliza do Benfica. E mesmo assim estou a ser redutor. É ridículo querer comparar dois jogos em que os únicos factores em comum foram a cor das camisolas e pouco mais.

GV disse...

Viva!

Bergkamp, a rapidez do JJ a sistematizar não será algo discutível? Se bem me lembro, no Benfica, só no primeiro ano o Benfica começou bem. De resto sempre houve grande unanimidade, inclusive aqui, em dizer que só para dezembro ou janeiro se colhiam frutos mesmo quando a equipa não mudou (há 2 anos). Vidé os cinzentos arranques das restantes 5 épocas (que qdo devidamente aproveitados pelos adversários tiveram o efeito nefasto que aconteceu no segundo ano...) assim como as fases de grupos da Champions.
Estaremos a falar de coisas diferentes?

Parece-me que o JJ está neste momento a usufruir excessivamente da precária situação do Benfica. No domingo, mais que um grande Sporting, vi um muito pequeno Benfica. E esta é para mim a grande questão: o que afinal quer o RV fazer com este Benfica? Urge dar sinais claros!

Quanto à análise que fazes ao sistema do Benfica, concordo.

Como dizes, Bergkamp, veremos o que os próximos jogos vão mostrar. Eu espero por eles para aferir a suposta nova grandeza do Sporting, bem como as ideias de jogo deste Benfica.

Cumps,

André Pinto disse...

Giro, giro será ver o que faz o FCP - de longe a equipa com o melhor plantel (ainda muito mais do que no ano passado) e sobre a qual não existe a menor expectativa, porque esta tudo num priapismo colectivo com Jesus, comunicação social incluída. Não se conta com a malta do Porto, são favas contadas para o génio de Alvalade. Veremos se a festarola não se fica pela pré-temporada.... Pessoalmente, achei de longe que o FCP foi a equipa que mais evoluiu defensivamente, apesar de continuar a faltar jogo entre linhas e de a posse ser estéril.

ZZ Top disse...

Não questionando as capacidades do JJ, relembro que o SCP na época passada fez melhor segunda volta que o Benfica.
Mesmo que o Benfica tenha sido superior nesse encontro, claramente o SCP, com um plantel mais fraco, instabilidade, treinador novo/inexperiente/criticado fez omoletes sem ovos.

Daí que a equipa do Sporting não tenha partido do 0 com Jesus, nomeadamente quando jogaram Slimani, Carrillo, João Mário, Adrien...O Jesus reclamava os louros do que o Domingos fez no Braga após a sua saída.

A julgar pelo que eram as pré-épocas e arranques de campeonato do SLB de Jesus, esta Supertaça é do Marco Silva.

DM disse...

André Pinto, não acho que o Porto tenha melhor plantel que o ano passado. Perdeu aqueles que eram os 3 melhores jogadores do XI (Jackson, Danilo e Oliver) e os reforços foram um pouco contra-senso às ideias do treinador. Se começarmos a ver um meio campo com Danilo Pereira, Imbula e Herrera então é que coloco mesmo sérias dúvidas à capacidade do Lopetegui enquanto treinador de futebol. Uma equipa que quer ter bola no pé, não pode contratar só cavalos de corrida para substituir jogadores como Oliver ou Jackson.

Ricsilva76 disse...

Queria lançar para a questão o seguinte : com as aquisições de Mitroglou e Jimenez , partindo do pressuposto que Jonas não sai , não poderá ser o indicio de que o 4-2-3-1 não é pra continuar ? Será que faz sentido mais do que nunca o 4-4-2 ou poderá ainda mudar radicalmente para um 4-3-3 ?

R.B. NorTør disse...

GV,

Acho que independentemente de detalhes a operacionalização foi rápida quer no Benfica quer no Sporting. O que o penso que o Bergkamp é a rapidez com que JJ pôs a equipa a jogar com as ideias dele. Apesar de no segundo ano a coisa não ter corrido bem, a verdade é que os mecanismos da equipa estavam lá e eram muito semelhantes ao ano transacto. Os resultados, por um reajuste dos adversários, é que eram distintos, acho.

David Cardoso disse...

Devem estar é a brincar. depois do banho de bola que eu levei no Dragão o ano passado onde só Deus sabe como ganhamos aquele jogo e o banho de bola que levamos em alvalade vcs vem falar em comportamentos coletivos ???

Então respondam um coisa , vamos supor que num desses jogos ou mesmo o da época passada como Porto na luz , onde empatamos a 0 ,vamos supor que o Benfica sofre um golo cedo ou a meio do jogo , o que podia perfeitamente ter acontecido .acham que a equipa dentro dos comportamentos que demonstrou teria capacidade de reacção para ir atrás do resultado? tenho muitas duvidas.

O Benfica com JJ foi mecanizado na maioria dos jogos contra os grandes num estilo de equipa pequena que luta para não descer de divisão e jogar na expetativa , basta 1 golo do adverssário para que nunca mais a equipa conseguisse esticar seu jogo e se desorientasse em campo , onde estavam esses comportamentos coletivos quando levamos 5 no dragão ?com esses tais brilhantes comportamentos coletivo para a Taça de Portugal perdemos 3 a 1 em pleno estadio da Luz com o FCP de AVB,

Contra o Porto a maioria dos jogos do SLB com JJ empatamos pq ele jogou sempre para o empate, não estou aqui a criticar isso até pq qando aconteceu e ele era meu treinador não fiquei triste , mas é o que vcs não querem aceitar neste BLOG MAS INFELIZMENTE É VERDADE , O VOSSO IDOLATRADO JJ PREPARA TBEM AS SUAS EQUIPAS PARA JOGAREM PARA O PONTINHO , quando jogou com os grandes foi sempre assim , o saldo mais positivo que ele tem é com o SCP mas enfim é só vermos o histórico miserável do SCP nas ultimas épocas para percebermos pq.

O Benfica sempre que jogou contra os grandes e teve que correr atrás do resultado teve muita dificuldades pq a equipa não estava preparada para isso... só conseguiu faze-lo quando encontrou um FCP E SCP em estado degradante (que foi o caso do FCP com o P fonsseca e o sporting então perdi a conta do cemitérios de treinadores, e mesmo no com este em estado miserável ele consseguiu perder contra o Sá Pinto...)

No tal jogo do Kelvin, é verdade que foi nos descontos, foi 1 grande azar mas aí está o SLB fez esse mesmo jogo miserável e á custa disso perdemos 1 campeonato.

Infelizmente para ele o problema é que NÃO TEM CULHÕES, o dia que ele os ganhar (penso que ainda está a tempo lol) com certeza vai deixar de treinar em Portugal.

Sempre que jogavamos com 1 equipa do nosso nível ou parecido ele tremia, basta ver o banho de bola que levamos o ano passado com o B. Leverekusess... para não falar do Sevilha(que tanto me doí o coração até hj) onde ele consseguiu perder com o Emery que não é melhor treinador que ele, com um seviha que tinha uma linha defenssiva simplesmente desastrosa e 2 centrais que não lembram o diabo (Parejo e Fazio) ...

David Cardoso disse...

André Pinto, achas que o SCP tem o melhor plantel ? tenho muitas duvidas. acho que dos 3 grandes o SCP continua sendo a equipa com plantel mais fraco, claro que para muitos devem achar que estou a dizer 1 enorme disparate, mas não acho que o SCP a nível de plantel esteja assim tão forte, a sua grande contratação esta época foi sem duvidas o JJ,e aguardo para ver até quando este amor entre ele BDC e O Machado vai durar...

O J Pereira ,B Ruiz , Aquilani, Naldo, Ciani, Teo .tenho muitas duvidas, não está em questão a qualidade destes mas sim o nível que se encontram hj em dia para aguentarem 9 meses de alta competição de forma regular, se eles tivessem em alta não teriam vindo para Portugal..

André Pinto disse...

Eu disse que o FCP tinha o melhor plantel, não o SCP, caro David.

Não concordo com o que o DM diz, porque o Imbula tem um raio de acção muito amplo e excelente recuperação defensiva. Com Imbula, o Porto ganha ímpeto e presença no meio campo. Prefiro o Danilo ao Casemiro, acho que o Porto saiu a ganhar. Bueno pode jogar como falso ponta, ou um 10 clássico. Os extremos do FCP continuam sem rival. Ainda estou para ver o que faz Osvaldo, mas reconheço-lhe enorme talento. Na baliza mora um guarda-redes ainda de topo mundial. No miolo da defesa, acho que foi a equipa com exibições mais convincentes, sobretudo no jogo de apresentação. Se Lopetegui corrige com sucesso alguns equívocos na construção, acho que dificilmente terá competição interna. Se é verdade que o SCP jogou muito melhor que o Benfica, também vi muita trapalhice em campo e não me impressionou por aí além.

Azía disse...

Eu sugeria alterar o nome do blogue para: "Jorge Jesus faz-me um filho". Muito mais adequado.

Bother Yenot disse...

os autores do blog, se calhar, deviam falar de equipas e treinadores em termos abstractos, assim os discursos apologéticos e wishful thinking,ruído enfim, deixavam de contaminar a caixa de comentários. Raisparta a clubite!

Edson Arantes do Nascimento disse...

Oh David, desculpa, mas estás a confundir alhos com bugalhos.

E terminas com um argumento que é falacioso. Falas dos centrais do Sevilha mas não falas do jogo em si: o Benfica não ganhou a taça porque os jogadores falharam quatro bolas só com o guarda-redes pela frente. E esqueceste, julgo que propositadamente, que o Benfica jogou com um 11 sem vários titulares indiscutíveis (desde logo Enzo e Salvio e outros que não me recordo). Ainda por cima o Sulejmani lesionou-se logo aos 10 minutos.

De resto, tens razão no jogo dos 5-0 porque foi realmente o pior jogo que eu me lembro de ver uma equipa do JJ fazer. Mesmo fora do Benfica. E foi mesmo culpa dele.

O teu argumento sobre a reacção da equipa nos jogos mais difíceis também me parece um bocado estranho. Lembraste do 2-2 na Luz contra o FCP? O Benfica andou sempre atrás do resultado e marcou dois golos brutais (jogadas muito bonitas e com vários toques), enquanto os do FCP do VP foram oferecidos. O segundo então foi um presente do Artur ao Jackson. E o Benfica não ganhou esse jogo ou ficou muito perto disso porque aos 75 minutos o Helton faz um defesa incrível (a remate do Cardozo).

Lembraste do jogo que o Benfica fez, com 10 jogadores (e uma dupla de centrais composta por J. Garcia e Emerson Conceição) durante uma hora, contra o Chelsea, em Londres?

Tenho dificuldades em dizer que um jogador ou treinador de futebol encara os jogos (quaisquer que eles sejam) com medo, mas dizer isso do JJ parece-me uma heresia. Agora, quando a qualidade individual é superior - fonix, o Leverkusen que falaste tem jogadores de grande nível e alguns são praticamente desconhecidos e ainda por cima tem um treinador muito interessante -, sim, muitas dificuldades. Parece-me que nesse caso é natural que assim seja.

R.B. NorTør disse...

O Pelé disse quase tudo, mas se achas mesmo que o Leverkusen era uma equipa do mesmo nível do Benfica, tenta por todos os meios arranjar maneira de veres jogos do campeonato alemão o ano passado (e se te meteres nisso, vê também os campeonatos que Wolfsburgo e Borussia Moechengladbach fizeram). Do grupo do Benfica o ano passado, o Leverkusen é claramente o que estava noutro patamar colectivo e individual. A jogar com Taliscas e Jardéis (e o Jara não fez uma perninha?) não termos levado mais é o que admira!

E nisso de montar a equipa para o pontinho, é verdade que ele o faz, especialmente desde aquela época há 5 anos em que fogou de peito feito contra quem quer que fosse (ninguém falar da tareia em Liverpool é que eu me admiro, já que agora foram todos aos arquivos), mas a verdade é que resultou. Tivemos sorte naquelas duas bolas ao poste no Dragão o ano passado? Tanta como o Porto naquele corte do Alex Sandro que foi para canto em vez de golo. Chouriço do Kelvin? O jogo estava a decorrer de tal forma que nem o Estádio do Dragão, com o treinador do Porto à cabeça, acreditava que conseguiam inverter o resultado!

Reparei também que usas a formulação que eu usei para catalogar o estilo do Benfica de RV. Há diferenças, se as quiseres ver e deixares de entender este tipo de intervenções no blog como "endeusamento de JJ". O Benfica de JJ não fazia, nem nesses jogos, do chutão para a frente a principal arma para progredir no terreno. Não vias a regra ser o que o Benfica fez na Supertaça: pontapés junto à área ou no terço mais defensivo lá para a frente, tão juntinhos à linha que o destino era ir para fora quando o lateral contrário não a recebia junto à linha de meio campo. Repara, não digo que não ocorreu, o que digo é que essa não era a arma do Benfica para progredir no terreno e não foi só no jogo da supertaça, foi ao longo da pré-temporada sempre que o adversário não dava espaço para a circulação de bola! Para perceber as consequências de se jogar assim contra uma equipa de JJ, era ter estado atento aos últimos 6 anos de Benfica e perceber que nem AVB, nem VP conseguiram o sucesso com esse tipo de jogo, mas enfim...

R.B. NorTør disse...

Quanto ao JJ faz-me um filho, a pergunta que fica no ar é: quem é que está ao nível de JJ? Eu pessoalmente gostava de ver mais análises ao campeonato alemão (em particular ao dérbi de Borussias do próximo sábado), também gostava de perceber se Itália é o deserto de ideias que aparenta ser, mas não tenho arcaboiço para argumentar com os tipos que fazem o blog por carolice e nas horas vagas e compreendo perfeitamente quem tem um tempo reduzido e precisa de maximizar o prazer que tira da coisa.

A nível interno gostava de saber mais do que se está a passar em Braga com o Paulo Fonseca, ou em Tondela com o Paneira, mas se nem na net passam os jogos, como é que se pode falar do trabalho de pré-temporada que eles fazem? Não vejo aqui falar-se do Paulo Sousa faz-me um filho quando o foco é o PS e, relativamente, até tem tido muito! Se têm argumentos para discutir as ideias de outros, por fazvor cheguem-se à frente, senão...

João disse...

Malta, isto é normal.

Nós, benfiquistas (diria que 2/3), estamos entre a fase de negação e raiva. Deitem tudo cá para fora, quanto mais rápido, mais cedo chegaremos à aceitação e virarmos para o futuro.

(Custou-me ver JJ sair porque sei que é difícil igualar o trabalho dele, mas amor amor só com Aimar... esse sim, seria o desgosto total ver vestido num rival :p)

J. Saro

TA disse...

O comportamento da equipa parece me fruto da 2a hipótese: tem dúvidas. Não vi todos os jogos da pré época mas vi em directo os jogos com o PSG, Fiorentina e NYRB
Gostei da primeira parte do jogo com a Fiorentina, onde mesmo com uma pressão em bloco da equipa do Paulo Sousa a equipa saiu a jogar bola no pé. O problema neste jogo esteve uma vez mais na construção, pois assim que a bola chega ao meio campo o Benfica ataca com poucos, sem muito critério e numa base mais individualista. Neste jogo jogamos claramente em 442 com Jonas a fazer de Lima e Jonathan a fazer de Jonas...

Destes 3 jogos da pré época, em que o opositor foi o mais fraco colectivamente, foi o NYRB, e foi o jogo onde colectivamente a transição ofensiva melhor funcionou, curiosamente com Durijic a "10", e num esquema de 4231. Ainda não percebo como não teve mais oportunidades e dadas as contratações deve ir de vela.

Chegados a Supertaça foi o que se viu. Vi o jogo ao vivo e ainda não revi, mas vi um bloco baixo. 3 avançados a não incomodar nem condicionar a saída de bola do SCP, é pouca gente a atacar pois estava tudo lá atrás. Ao intervalo disse aos meus amigos que isto era um SCP - Guimarães... com respeito pelo Guimarães...

Segunda parte melhor in há após entrada de Pizz que coincidiu com desaceleração do SCP. Mas 80% das jogadas de ataque foram pela direita, a minha frente com Olá John e Nelson Semedo, sempre iguais... ir a linha e cruzar para o segundo poste... nada de variação pelo meio, nada de cruzamentos para trás,

Conhecer este blog mais o Posse de Bola e outros, e o que aprendemos com quem faz isto por carolice, fez me perceber com tristeza o quanto o SLB andou para trás esta época...

Obrigado e não parem.

David Cardoso disse...

Caro Edson Abrantes antes de mais nada obrigado pela atenção ...caro Andre reaprei que foi o Porto que referiste mas quando vi isso já tinha enviado o coment loll

Edsson ,Achas uma heresia?? o JJ NÃO TEM CULHÕES e normalmente sempre com o FCP jogou para o empate, principalmente no dragão nunca jogamos para ganhar , jogamos sempre para o pontinho (o que como eu já disse quando ele foi meu treinador eu não achei mal, não acho q seja grave...), ganhamos a epoca passada com 1 sorte que não lembra ao diabo ,e o Sporting nos últimos anos pelas razões que já falei tem sido bater no ceguinho...

Quanto ao jogo de Sevilha a verdade é que JJ falhou de novo ou esqueceste propositadamente tbem que neste jogo qando sulejami lesionou quem entrou em campo? foi o AA colocando o Maxi na ala pq ele é 1 CAGÃO , tinha o Ivan cavaleiro mas preferiu meter um defesa direito e jogar com 2 laterais, ele não foi o principal responssável , tens razão ,num dia normal e com uma arbitro mais atentos ganhavamos sem duvidas, mas essa substituição voltou a mostrar o que ele vale nos grandes momentos... eu nem quero lembrar a do Roderik ...


Quanto ao jogo de Londres , tbem esqeceste propositadamente de referir que o treinador do Chelsea era o italiano já conhecido por todos nós, o 2 a 2 contra o FCP foi a jogar em casa , mas o jogo da época pasada caso o FCP marcasse 1 golo cedo pelo que eu vi e da forma como a equiapa tava mecanizada (nada de anormal no JJ em jogos deste nível) duvido que empatassemos, provavelmente não chegavamos lá nunca e quem sabe se não tinhamos hipotecado mais 1 campeonato.

O que eu quiz dizer neste post é 1 verdade que neste BLOG custa muito para vcs admitir JJ tanto quando jogou com o FCP e mesmo com o SCP em muitas ocasiões como foi o ano passado ele jogou para o empate,o tal pontinho que tanto vcs não gostam aqui no Blog, pq o problema dele é esse , sempre que joga perante 1 equipa do nível forte ele é 1 cagão.

Se fosse outro treinador com esta estratégia a malta do Blog estaria a repudiar mas como é JJ ele pode estacionar o autocarro lá atrás que para vcs será sempre arte e perfeição , eu não percebo tanto de tatica quanto vcs mas se estacionar o autocarro não foi aquilo que vimos no jogo frente ao porto que vencemos com 2 golos do Lima, ou a sova que eu levei que ainda me doi por 5 a 0 , acho que teremos de redefinir o termo...

Blessing disse...

Edson Abrantes! adorei :)

Honoris disse...

Ponto de encontro

https://i.gyazo.com/5b039045695f8eea9770390ec6945425.png

GV disse...

"Caro Edson Abrantes" é de chorar a rir! Mto mto bom!!
David, não me leves a mal, mas é mesmo mto bom!!
:D

el bandido disse...

Assino 100% por baixo a tua opiniao em relacao a atitude do jesus em jogos com equipas a partir do nivel medio/alto

Artur Semedo disse...

que valor tem o volume testicular comparado com o volume encefálico? um gajo sabe que tem as tropas mal equipadas, comparativamente ao adversário; ou sabe que as suas tropas não estão prontas para combates em campo aberto contra adversários de maior valia... vai correr com bravura e por santiago, até inevitavelmente morrer, mas com honradez? ou mais vale ser pragmático, escolher uma estratégia que permita sobreviver e lutar outra vez, noutro dia? isto dos campeonatos é uma guerra de desgaste, não são duelos fugazes.

até porque, e dizendo quase como diz o povo, na sua imensa sabedoria, a quem não sabe jogar, até os colhões atrapalham!

Azía disse...

O melhor treinador português da actualidade lol

https://video-mad1-1.xx.fbcdn.net/hvideo-xfa1/v/t42.1790-2/11799087_1051890731539812_1932086743_n.mp4?efg=eyJybHIiOjMxNiwicmxhIjo1MTJ9&rl=316&vabr=176&oh=a912db43041b62adbe1e1cb8d05a0689&oe=55CB2C89

David Cardoso disse...

Fico contente que tbem aches o mesmo El Bandido ,Artur Semedo adorei teu post :), GV não te levo a mal podes ficar descanssado , ao contrário de ti nunca irei rir de 1 comentário de alguem aqui , pq eu não tenho a mania que sei tudo e respeito a opinião dos outros ,mesmo quando não concordo e adoro quando outros argumentam com ideias diferentes das minhas , boa educação não fica mal a ninguem meu amigo;mas por favor não leves a mal tbem ;) tu tbem podes ter a certeza que és muito bom ;) , como diria o Sá Pinto " não estamos fortes , estamos muito fortes":D

GV disse...

David, o mais sensato agora era eu ficar calado, mas, porque presto atenção aos teus comentários e para procurar manter o respeito que tenho pela tua forma aberta de opinar, peço por favor que me expliques pq pensas que eu terei a mania que sei tudo, qdo desrespeitei a opinião de alguém, qdo dei sinais de não gostar de opiniões diversas, qdo fui mal educado com alguém e qdo me terei mostrado com a mania de ser bom?
Percebeste que só me ri de teres escrito "Abrantes" em vez de "Arantes"? Porque genuinamente achei piada até por ser o nome de quem é. Sabes de quem é, certo?
Não critiquei nada, rigorosamente nada e não comentei nada do conteúdo da tua opinião, entendes?

David Cardoso disse...

Confesso que não percebi GV , fica aqui as minhas desculpas , é a força do habito de ver comentários pouco desrespeitosos em alguns espaços... interpretei de outra maneira os teus comentários , talvez tbem seja o habito tendo em conta que sou jurista lolll, foi apenas um problema de interpretação 1 grande abraço e mais uma vez desculpa... e podes acreditar que não escrevi o nome do Edson errado propositadamente lolll.kkkkkkkkk.

GV disse...

David, também achei que seria uma questão de interpretação. Obrigado pelo esclarecimento.
É que, mesmo sendo algo que pode naturalmente acontecer enquanto se escreve mais à pressa e erros todos damos, foi muito engraçado :), ri-me alto e bom som sozinho :D
Grande abraço para ti

R.B. NorTør disse...

O Edson Abrantes fez-me lembrar o clip do Gato Fedorento sobre o Cristiano Reinaldo. Mas é mesmo daquelas gralhas de toque involutário na tecla.