domingo, 9 de agosto de 2015

Um derby igual a 90 por cento dos dos últimos 6 anos.

Pequenos períodos de equílibrio;

Uma equipa com uma superioridade territorial e de jogadas de potencial perigoso assustadora, a dar a sensação que nem se trata de um derby tal é a diferença qualitativa entre as equipas;

Vários lances de ataque perigosos continuados para um dos lados. Do outro lado, apenas esporadicamente;

Uma equipa a assumir o jogo praticamente todo. A outra sem conseguir ter bola durante mais de cinco, seis segundos.

A sensação de que de um lado todos os jogadores são extraordinários. Do outro, apenas jogam pernas de pau. Colectivo a fazer crescer / descer as individualidades;

A equipa de Jesus, obviamente, sempre a que é muito superior.


47 comentários:

Joaquim Pedro Quental disse...

Foi um jogo mal jogado pelas duas equipas, não vi, uma vez que não percebo puto de futebol, uma equipa assim tão superior à outra.

Se é este o futebol Benfica e Sporting jogam, então este campeonato vai ser um passeio para o FCP. Ou não!

Em Maio de 2016 logo se vê quem foi o melhor.

PedroF disse...

"O que lhes posso dizer neste momento é que sinto os jogadores com um envolvimento muito grande e isto está agora a começar. Há um caminho que vai ser percorrido e que está agora a começar."

O que interessa é haver envolvimento e os jogadores acreditarem e serem combativos. Qualidade? Para que é que isso interessa?

nonameslb disse...

De uma coisa eu sei,o Rui tem muito trabalho para fazer.

David Cardoso disse...

Como sempre idolatrando o JJ , RV ainda vai supreender muita gente

Pedro disse...

No jogo em Alvalade o ano passado o Sporting foi muito mais superior ao Benfica do que esta noite. Valeu então o chouriço ser a nosso favor.

Perder apenas um zero com um chouriço perante tamanha superioridade tecnico táctica do mais maior dos mestres é quase uma vitória. Hoje não houve aquela justificação dos erros dos jogadores como noutras alturas. Normal.
;)

silvr disse...

Concordo! De certeza que vai surpreender-nos todos ao colocar o Benfica no mesmo sitio antes de passar por lá o JJ!

bio disse...

Viva David,

Então do que é que ele está à espera para começar?

Viste bem o que o chiclas fez em 5 semanas?

Viste o João Mário? A linha defensiva?

Caramba, eu consegui ver o Slimane dominar uma bola (?), fixar (duplo?) e soltar no tempo certo no Carrillo (triplo?).

Há muito trabalho, por isso reforço, o RV está à espera de quê para começar a surpreender?

R.B. NorTør disse...

David, eu acredito que sim que RV vai surpreender muita gente, só que parece-me, à medida que o tempo passa que vai surpreender aqueles que esperam que ele ponha o Benfica a jogar "à grande". Caramba, até o Chemnitzer da Terceira divisão alemã deu mais luta ao Borussia Dortmund do que o Benfica hoje (ou em qualquer jogo desta pré-época).

O resultado deste tipo de futebol é que o Benfica entra no campeonato com quatro derrotas (com Porto e Sporting) e consoante o que se andar a fazer em Braga, talvez dois empates. Pode ser que se ganhe os outros jogos, mas isso não dá para títulos.

E isto nem é tanto o facto de RV não ser JJ, é mesmo o facto de o modelo de RV não parecer ser modelo para uma equipa que quer fazer do ganhar regra. Porque lá está, JJ com o seu modelo, demorou a engatar e a ganhar sistematicamente, mas as ideias de jogo estavam lá e o Benfica tinha "o rolo compressor". Olha para um jogo qualquer na Luz o ano passado, se ser contra um grande e sabes o que vais ver? O Benfica a jogar como jogou o Sporting hoje e o Benfica de hoje a jogar como jogavam os adversários de então.

José Miguel disse...

Antes de mais boa noite. O que acharam da prestação do Lisandro Lopéz?

Desde já obrigado pela atenção, aguardo resposta.

m1950 disse...

Não sei se o seu amigo Baggio está por aí , mas é o primeiro jogo a dar razão a aquilo que disse. Este Jesus é diferente do Jesus do Benfica , este Jesus vai dominar no meio campo adversário equipas de igual ou ligeiro superior valor ao contrário do que acontecia ou do que se esperava , abdicar da bola e explorar a profundidade de Slimani e a saída rápida pelas alas. Este Sporting é europeu.

Unknown disse...

Quando na época passada o Benfica empatou a rasca em Alvalade sem fazer um remate tambem existiu uma avassaladora superioridade da equipa treinada pelo JJ?! Ou no dragao?! Sem tirar merito ao trabalho do homem nestas 5 semanas em alvalade e à vitória de hoje, acho que exageram no endeusamento do homem.

João Duarte disse...

Concordando de forma geral com o post, acho q exagera nas comparações. JJ nao é o melhor do treinador do mundo, nem sequer o melhor portugues. Ha outras ideias, outras formas de fazer as coisas.

Ace-XXI disse...

Na minha opinião sem bola fez um bom jogo mas quanto a construir foi miserável como jardel.

André Pinto disse...

Certo, como se fosse tudo absolutamente comparável, e os termos fossem absolutos. Continua o disparate neste blog, com o endeusamento de Jorge Jesus. Senão vejamos:

1 - O Benfica esta com um plantel pior que o do ano passado, há mudanças importantes a implementar no modelo de jogo. Rui Vitoria encontrou um sistema manco de referencias fundamentais(sobretudo Maxi e Lima, mas também Salvio), com muitos dilemas de modelo a mistura. O Benfica esta claramente mais fraco e Rui Vitoria tem de decidir o que aproveitar, adaptar, ou descartar, do que ficou da equipa anterior.

2 - O Sporting mantém as suas referencias da época passada e esta a reforçar-se. Jorge Jesus encontrou uma base de trabalho solida, já que o problema do SCP era "apenas" uma manta curta no plantel. Exceptuando o sector mais recuado, implementar o seu modelo no SCP, desta forma, foi relativamente fácil e rápido, por 1) manutenção dos melhores e mais importantes jogadores, 2) aquisição de reforços tacticamente mais maduros.

3 - Daqui se conclui algo muito simples: - ainda é difícil saber quanto o SCP melhorou por culpa do treinador. Marco Silva não teve, por exemplo, acesso a esta disponibilidade financeira - muito pelo contrario. Também ainda não vi o SCP ter um desafio que se possa afirmar de elevada dificuldade. E mesmo contra um Benfica muito fraquinho em todos os aspectos, fez um jogo como tantos outros que o FCP fez na época passada e que acabaram em empates, ou mesmo derrotas para o lado portista. O tal domínio estéril, porque o golo foi - convenhamos - valente enchido. Se o SCP jogar sempre como ontem, esperem muitos tropeções, porque o Benfica teve o nível de um Rio Ave...

4 - Naturalmente, a imprensa tem explorado e prolongado o picante do tema "Jorge Jesus vai para o SCP", muito alem do razoável e admissível na pior das "silly seasons", com o correspondente reflexo nos adeptos de ambos os lados. Entre picos na venda de "game boxes" e vituperios em sentido invertido, estão os vaticínios de um novo império verde e branco no horizonte. Naturalmente.

5 - Volto a relembrar o que vale o que se tem visto, com o caso de Andre Villas Boas. A sua pré-temporada no FCP foi recheada de derrotas e os benfiquistas gozavam o pagode, partiam para a Supertaça com uma goleada em vista e o campeonato seria um passeio. Modelo, plantel, treinador do FCP, não valiam nada, dizia-se com todos os dentes um pouco por todo o lado. O que se seguiu foi a maior sequencia de sodomização desportiva que já vi ao longo de uma só época, propinada a uma mesma equipa, que por sinal tinha um plantel excelso e era liderada por Jorge Jesus.

Vamos todos ter calma e esperar pelo campeonato.

Frantebol disse...

Faz se do Jesus, aquilo que ele não é.. O ano passado o Sporting nos dois jogos com os grandes em casa, dominou muito mais que hoje.

ps: Nao quero imaginar o que diriam do Jorge Jesus, se num jogo grande goleasse como lhe aconteceu nos 5-0 :D

Tiago disse...

Para quem está a usar o derby de Alvalade do ano passado como exemplo, leiam o título do post.

Blessing disse...

M1950, o amigo está aqui. Quero é que diga quando é que o Sporting não jogou em Slimani, como eu lhe tinha avisado, se pressionado? Primeira, segunda bola. A novidade? Ganhou quase todas as segundas. O resto, igual ao Benfica. Viu o posicionamento dos alas? Afinal também jogam por fora nê? Você não sabe do que fala, mesmo. Este Sporting é e vai ser igual ao Benfica anterior, jogado por jogadores diferentes. E não sou eu a dizer, é o treinador que sabe aplicar uma ideia é é com ela que vai até ao fim.

ATF disse...

Tenho a nítida ideia de que o treinador do Benfica se chama Arnaldo Teixeira.

DM disse...

Nunca, e repito NUNCA o Sporting banalizou o Benfica como ontem nas últimas 6 épocas. O ano passado jogámos o que o Benfica nos deixou jogar (iamos ganhando num lance de sorte e acabámos por empatar num lance de azar). Ontem foi completamente diferente. A partir dos 15 minutos de jogo, eu só estava à espera da altura em que iamos marcar golo. Quando o golo aconteceu, nunca senti por um minuto que a vitória estivesse em perigo. O Benfica jogou o que o Sporting o deixou jogar. Sempre pensei que o Vitória aproveitasse melhor o trabalho que o JJ deixou, mas até agora a única surpresa (para responder ao meu homónimo que também comentou) é a velocidade com que conseguiu destruir os processos que uma equipa campeã tinha enraizados e a péssima preparação do jogo que fez (fez-me lembrar em muitas coisas o Marco Silva o ano passado). Fomos fortes em todos os momentos de jogo, incrivel a facilidade com que aparecem linhas de passe no último terço e em todos os corredores. Adrien e João Mário fortissimos tanto a defender como a atacar (João Mário hoje já é 2x mais jogador que na época passada). Desta vez não o disse, mas bem que podia ter dito porque ainda a época está a começar e o Sporting já está a jogar o dobro.
Já agora, não posso deixar de dar uma palavra de apreço ao génio Gaitan. Um verdadeiro criativo no deserto de ideias ofensivas que é o Benfica. Claramente, nível a mais para o nosso campeonato. Por outro lado, não percebi a aposta no Nelson Semedo em detrimento do André Almeida num jogo destes. A Supertaça é um troféu para ganhar, não para formar jogadores. Desastroso em todos os momentos (obrigado Rui Vitória).

k disse...

O S.L.Benfica vai dar ainda uma bofetada e muita escumalha . tempo.

Tiago disse...

Tão giro ver malta que dantes adorava este blog e agora já não concorda com nada (o mesmo para a malta que dantes discordava e agora concorda).

Agora, para o André Pinto. Que jogadores perdeu o Benfica da época passada? Maxi e mais? Lima parece bem substituído pelo super-craque Mitroglou, ou não? Queixas-te da falta do Salvio mas nem uma palavra sobre William Carvalho? Que disponibilidade financeira tem o Sporting que não tinha a época passada? Trocou Nani por Bryan Ruiz e ficou mais forte? Ou Naldo é uma super-estrela comparado com Ewerton?
Vocês deviam era tentar imaginar, com o Marco Silva ao leme ontem, quantas jogadas de 1 para 0 ia o Patricio ter de levar. E quantas levou? Pois, levou 0.

Dimitris Nalitzis disse...

O treino é como um jogo e o jogo é como um treino.

Palavras do Naldo no fim do jogo. Percebem mais os jogadores do que quem os vê cá fora. Continuam-se a avaliar os treinadores pelos resultados e não pelo processo. Por isso é que Vitor Pereira era fraco e por isso é que a estrutura ganhava na Luz.

JON disse...

Baggio, lembrei-me várias vezes das tuas palavras... pressionado, bate no Slimani. Foi isso o jogo todo. E foi fraquito mas habitual nestes jogos para o JJ. Isso e a paulada de parte a parte que também foi horrível.

Conclusão que tirei é que o SCP está muito mais forte e vai subir, mas ainda tem muito que palmar. Já o Benfica está horrível. Horripilante. Ou seja: não é o SCP que está espetacular, é o Benfica que está muito fraco.

PS: João Mário! Adoro. Melhor em campo para mim.

David Cardoso disse...

Meus caros JJ é o melhor treinador portugues e dos melhores do Mundo, mas já não está no SLB , já começa a cansar ver gente aqui a escrever a morrer de saudades de JJ e o seu sucesso caramba,o homem já não é treinador do Benfica e ponto final, que os donos do BLOG façam isso ainda entendo ,mas adeptos do clube...

Vi coisas muito boas do JJ mas por causa do homem vi meu SLB a levar 5 e pleno dragão, a perder 1 campeonato em casa com o FCP na Luz,e a meter o Roderik em outro ... o ano passado jogamos como o FCP E SCP os 2 jogos de 1 forma miserável , mas isso ninguém fala,os desempenhos na CHAMPIONS...

Durante os anos que JJ esteve no SLB acreditem que nenhum de vcs defendeu JJ mais do que eu,mas penso que já chega , superem , JJ NÃO É MAIS TREINADOR DO SLB, JJ NÃO É O ÚNICO TREINADOR DE QUALIDADE QUE EXISTE NO MUNDO , fico supreso que os donos do blog falem de 1 banho de bola por ser JJ, o ano passado que eu me lembre quando jogamos com o SCP a coisa não foi muito diferente, tivemos é 1 golo caido do céu...

O SLB não jogou nada , mas o pricipal culpado é a direção ,a nossa famosa "estrutura" , que como sempre planeia a época de uma forma muito fraca e cheia de erros ,o que faz com que a equipa demore algum tempo a engrenar, mas é bom lembrar que o jogo da Eusebio C. e a digressão no México já tinha sido marcado com JJ como treinador, e não me parece que a culpa fosse dele tbem.

David Cardoso disse...

R.B. NorTør , mais uma vez obrigado , és dos poucos que sempre comenta meus post, o que me deixa muito contente até pq és 1 pessoa que gosta e percebe de futebol mais do que eu ,tal como muitos dos que comentam aqui, mas quanto ao facto de achares que entramos com 4 derrotas com o SCP E FCP e talvez 2 empates com o Braga , com isso não precisas estar preocupado , basta reparares na estatística em termos de resultado do JJ com essas equipas, para perceberes que não seria nenhuma novidade ;)

R.B. NorTør disse...

David, por acaso dá gosto trocar ideias contigo, mas não sei se percebo mais de bola, que as minhas lentes são demasiado vermelhas para isso. ;)

Quando me queixo de RV não o faço por idolatrar JJ, faço-o porque sou adepto do Benfica. Se fosse um Jesuísta estava-me agora pouco borrifando para o que RV faz ou não. A verdade é que RV há uns anos que não me inspira confiança para comandar a turma da Luz, mas já pertenci a esse clube.

O lance da bola que bate na trave e sai ou bate na trave e entra (p.ex. os pénaltis do Portugal-Espanha, acho que, do Euro 20012) são momentos que, enquanto treinador, não podes controlar. Podes é, pelo teu trabalho, fazer com que a equipa consiga criar várias situações das quais hão-de aproveitar algumas. Paralelamente, podes criar os mecanismos na equipa que dificultam ao adversário a criação destas ocasiões.

O que eu exigo do treinador do meu clube prende-se com aquilo que ele controla, prende-se com estes factores. Tudo isto para dizer que eu pessoalmente já superei há muito a partida do JJ. O que espero e exijo é que o seu sucessor não faça recuar a equipa para uma altura em que a tarefa de criar/dificultar dependiam muito mais do rasgo individual e da estrelinha do que têm dependido. Espero e exijo que o treinador do meu clube mantenha a equipa numa senda de «futebol dos grandes» e é isso que não tenho visto em RV. Vi na totalidade até agora 3 jogos do Benfica e vi apanhados dos outros dois. O futebol jogado é, como tenho repetido várias vezes, uma qualquer equipa que luta para não descer de divisão e que, com sorte, vai a uma pré-eliminatória da UEFA. O futebol que o Benfica joga é de uma equipa que quer empatar todos os jogos exepto aqueles três ou quatro que a mantêm acima da linha de água. É isso que tu queres? É esse o futebol que queres o teu clube a jogar? É que eu não. A malta do Sporting, não. A malta do Porto, não. Quanto mais não seja porque até podes ter sorte numa prova a eliminar (apesar de não a mereceres), mas será difícil teres essa sorte numa prova de «resistência» como é o campeonato.

Ao nível do jogo, sabes em quantas situações ontem o receptor de bola do Benfica tinha dois ou mais adverários em cima (houve um charuto em que contei 5 a marcar um isoladíssimo Jonas)? E a inversa? Sabes quantas vezes apareceram jogadores do Sporting isolados na cara do JC, ou sem oposição para o remate? E a inversa? E situações safas in extremis mais pela capacidade individual dos defesas? E quando tiveres as respostas a estas questões, vai confirmar nos jogos da pré-época quantas vezes isto aconteceu. E depois vai ver esse «infâme» jogo de Alvalade e conta as mesmas coisas. E depois pensa, que futebol queres tu ver o teu clube a jogar, e julga o teu treinador não pelo símbolo do fato, mas por isso. Eu do do Benfica exijo mais, muito mais, do que este futebol de equipa (mentalmente) pequena. Se a culpa é de JJ? Certamente, mas ele é passado, eu agora quero é alguém que viva à altura do legado. Já a malta do blog quer é ver bom futebol, venha ele donde vier. É aproveitar e aprender. ;)

NSC disse...

E o Paco cada vez mais descontente no Rayo... Não dá para o reservar já para o ano?

Bruno Mocho disse...

deviam mudar o nome do blog.... ja cansa tanto post a falar do JJ... é um grande treinador sem duvida, mas caramba, se fosse deus estava no ceu, nao estava a treinar o sporting. mais criatividade e temas diferentes meus senhores...

cumprimentos

Pedro disse...

"Lima parece bem substituído pelo super-craque Mitroglou, ou não?"

Fazer essa pergunta AGORA faz pouco sentido. O homem chegou a meio da semana...

Mário Felício disse...

Eu acho engraçado que as pessoas não entendam o que significa "avaliar o processo táctico da equipa"! Prendem-se só aos resultados disto e daquilo, do jogo 100 ao jogo 1000.

Este post dos bloggers não é acerca disso, mas sim da facilidade com as equipas de JJ conseguem controlar um jogo por completo, quer sendo um cilindro ofensivamente ou controlando o jogo e o que o adversário consegue penetrar na defesa (e neste último caso, ele nem o faz com linhas baixas ou a estacionar o autocarro à frente da baliza, e é isso que é brilhante).

Tomem atenção ao que os autores escrevem...

Travenca disse...

Para quem tem algumas dificuldades em perceber o que efetivamente mudou, relativamente ao tema "Jesus", quer de um lado, quer do outro, vamos perspectivar...
De 2009/10 Confrontos Benfica x Sporting
Sporting: 1 Vitória
Benfica: 10 Vitórias
EMPATES: 4 Empates

Penso que é elucidativo que algo mudou...

Como mudou o facto de aos 90 minutos o Sporting guardar a bola, como não fez quando o Marco Silva estava no Sporting 1 x Benfica 1 da última época.

Como agora já se consegue jogar com a defesa subida e com "apenas" 2 jogadores no meio campo.

Como, para finalizar, os alas agora jogam por dentro, abrindo para os laterais subirem e estes não estarem constantemente a despejar unicamente bolas para a área.

Mudou tanto, em tão pouco tempo, que para quem está de fora (leia-se adeptos de outros clubes) parece que é apenas uma evolução do trabalho de Marco Silva, mas para quem acompanhou o clube, como eu, sabe que, na verdade, é algo totalmente diferente...

jumço disse...

boa tarde,

o que se passou ontem é normal e a mim não surpreende.
podem dizer o que quiserem da qualidade do plantel, da estrutura, da pré época o que for, mas sem a fidelidade a uma ideia e depois explorála, nem com messis,ou pré épocas em estágios de alto redimento todos xpto...
para mim o problema está na ideia daquilo que ser quer, o jj tem a ideia dele e chegou ao sporting aplicou-a e trabalha todos os dias em cima disso, logo a equipa mostra e vai mostras essas ideias; o rv perdeu-se entre aproveitar o que havia e as ideias dele, logo isso deve ter sido uma grande confusão para os jogadores assimilarem o quer que fosse, isto parece estranho mas acho que a verdadeira pré época do slb começou esta semana, depois do jj ter «envergonhado» o rv sobre aquilo era o mesmo mas já não estava o cerebro, e depois ainda realça confirmando que ele é esperto por manter tudo igual.
espero o rv siga as suas ideias, deixe de vez o 442 (que pessoalmente eu nem gosto,principalmente no momento ofencivo, defensivo é muito bom, só serve para consumo interno por causa da fraca qualidade do campeonato, em jogos mais competitivos ou com valores individuais semelhantes apresenta muitas dificuldades)aplique o seu modelo, com os seus estimulos, não considero o plantel do slb assim tão fraco, existe lá qualidade, penso é que está a ser mal explorada, que aproveite ao máximo aquilo que jj deixou no momento defensivo( linhas juntas, controlo da profundidade e largura, bolas paradas) mas aplique outra ideia no momento ofensivo, o slb tem qualidade individual para mostrar muito mais, existe muita coisa que se pode fazer, mas aquilo que menos tenho visto é uma ideia daquilo que se quer.
sinceramente penso que as coisas vão melhorar para os encarnados, e espero que sim para a competividade do campeonato.
agora o jj é muito bom treinador, uma referencia mesmo, mas vou dizer isto hoje depois de ele ganhar e estar lá em cima por todos, ou ele inova no momento ofensivo ou vai ter muitas dificuldades em ser campeão.

Antonio disse...

Totalmente de acordo. E quem seriam as tuas alternativas a RV, pois penso que é um tema que se vai colocar em breve?

GV disse...

Viva!

Pareceu-me evidente ontem haver bastante mais sinais do trabalho do treinador no Sporting do que no Benfica.

Até estou disponível para entender que o Benfica esteja numa fase de transição num sentido algo disruptivo e como tal pode necessitar de mais tempo. A dúvida que me fica é qual o modelo em implementação no Benfica?

Não percebo o fio de jogo do Benfica. Aparentemente quer jogar em posse mas não são criadas linhas de passe, há espaço que acaba por não gerir, a equipa recua, bascula mal, etc, etc, etc...
O que se viu pareceu-me assustador. Ou seja, muito mais que o Sporting ter dominado o Benfica, pareceu-me que o Benfica se auto-maniatou com um bloco recuado e com poucas ideias.
E esta aposta no Talisca na direita... Enfim... Já o JJ insistia no mesmo disparate quando mexia nos médios ala.

O Jesus é bom a bater nos pequenos e nos mal organizados e foi assim que o Benfica se apresentou: qual pequeno mal organizado.

Curiosamente, ainda assim, a espaços o Benfica equilibrou e o Sporting sentiu dificuldades. Pareceu-me evidente que um Benfica ligeiramente (mesmo só ligeiramente) melhor - com um bloco melhor definido e mais subido, a lateralizar menos e a abrir algumas linhas de passe - teria muito provavelmente ganho.

O Sporting mereceu ganhar. Mas, falando do resultado, mesmo a jogar mal pareceu-me que o Benfica podia perfeitamente ter posto o Sporting à toa. Para tal bastava a concretização de umas das oportunidades que o Jonas não concretizou. Aliás, as celebrações do staff do Sporting qual vitória de final da Champions, dizem muito...; tal como também diz o mau clima do lado do Benfica...

Benfica: muito mau!
Sporting: a caminhar para ser bom contra os mais fracos, mas quero ver como reage quando apanhar uma equipa com alguma qualidade e que se apresente organizada...

Cumps,

David Gomes De Albuquerque disse...

Só tenho a dizer que o Marcelo Biela está sem clube.

Guilherme Valejo disse...

Só uma pergunta, se o Jesus é assim tão bom treinador, e falam do domínio dele nos jogos contra o Sporting enquanto foi treinador do Benfica, quando o Benfica sempre teve plantéis muito superiores, porque que o mesmo Jesus (o grande treinador) nunca obteve nunca um domínio com o Porto?? a grande equipa em Portugal que defrontou enquanto treinador do Benfica e as prestações na champions, onde nos jogos fora a percentagem de derrotas chega aos 80% e perdeu sempre levando banhos de bola muitas vezes, com equipas como o celtic, que não ganhou, perdeu com o spartak, olimpyakos, zenit etc, passando apenas uma vez da fase de grupos. O grande currículo dele é que ganhou 10 títulos no Benfica, metade foram taças da liga.
Nunca irei conseguir achar o Jesus um extraordinário treinador e nunca passará, na minha opinião de apenas razoável ou simplesmente um bom treinador.

hra disse...

Bielsa? Seria um desastre a nivel interno, principalmente contra o modelo de JJ

João disse...

Guilherme Valejo,

O jogo de ontem, em parte, podia responder. O 11 do Benfica não foi quase sempre melhor que o Porto... excepção do 1º ano e há 2 anos. O ano passado e talvez Villas-Boas estava abaixo, os do Vitor Pereira são discutíveis, mas o 11 do Porto parece melhor (laterais, Lucho/Moutinho/James/Jackson).

Diria que a outra parte pode dever-se ao estilo de jogo (o de Vitor Pereira beneficia posse de bola, o de JJ é mais vertical). Mas é mentira que durante os 6 anos o Porto fosse sempre superior... não foi há 2 anos e no 1º ano de JJ.

Agora, com grande parte dos jogadores iguais, os dois últimos jogos do SCP-SLB, o Sporting foi mais controlador... e muito mais ontem que em Fevereiro. Se calhar, o plantel do Sporting não é assim tão fraco.

Não percebo muito disto, mas acho que há mais que uma variável para essa tua dúvida. E duas devem ser estas.

J. Saro

João disse...

Guilherme Valejo,

Fizeste-me ir ao histórico da Champions para ver isso dos 80%. Ora bem:

Casa | Fora
----------------
V 9 | 3
E 5 | 4
D 3 | 10

Por dois factos, dá para ver o quão enviesado estás da realidade (são factos, não opiniões):

1) As derrotas fora foram 10/17 (não chega a 60%... quanto mais 80%);
Aliás, no quadro podemos ver que se um empate em casa tornado vitória seriam um espelho das saídas.

2) O Benfica ganhou em casa ao Celtic e empatou fora. Sim, o Celtic passou, mas não foi por ganhar ao Benfica, mas sim num golo ao Barcelona em que só tiveram 10% de posse de bola. Acontece, é bola.

Cada época, tem a sua história, o ano passado não tinhamos equipa, numa outra chegámos aos quartos e tivemos não tão longe de passar os campeões desse ano a jogar fora com 10. Não foram bons resultados, mas não foi esse vexame... diria que se a fase de grupos se jogasse na 2ª metada da época, talvez fossemos aos oitavos 4/5.

Vamos então aos confrontos directos:

Vitórias (vitória/empate)
Otelul
Basel
Celtic
Anderlecht
Monaco

O ano passado, com o plantel mais fraco, em resultado fomos superiores ao Mónaco. Nada mau. Os restantes, acho normal.

Vitória-derrota/Empates x2
PSG (D)
Man Utd (EE)
Zenit(V) - oitavos 2012
Spartak (V)
Lyon (D)
Hapoel (D)

Ficamos mal na foto com o Hapoel, não perdemos com o Man Utd do sir Alex Ferguson e o PSG está aqui, mas superior a nós no geral, é verdade... tomara, não é.

Derrotas (empate/derrota)
Zenit
Olympiakos
Schalke
Leverkusen
Chelsea
Barcelona

Aqui, acho que em plantel é difícil rivalizar com alemães (até JJ nunca tinhamos ganho e só fazemos na 2ª metade de épocas). O Olympiakos estava ao alcance, não vi, mas dizem que lá o Roberto fez um figurão.

Conclusão (Opinião pessoal):

Não foi um brilharete, de todo. Mas o Benfica esteve quase sempre aquém nas primeiros terços de época (Champions grupos é sobretudo no 1º terço de época), até houveram alguns jogos engraçados, outros nem tanto.

Depois temos a Liga Europa em que perdemos duas finais, uma meia-final e um quartos-de-final.

Eu acho que JJ tem defeitos, cometeu alguns erros, mas também me lembro que nos 10 anos anteriores o Benfica tinha tido um brilharete em 2006 e o resto era quase tudo desastre (no anterior, com investimento avultado, perdíamos com Metalists e afins)

Este ano, se calhar, ainda vamos sentir saudades de JJ... até na Champions.

J. Saro

Rui Fernandes disse...

Sou adepto do Sporting e já há muitos anos que não sentia tantas possibilidades de ser campeão.Simplesmente porque acho que neste momento o Sporting além de ter um bom plantel, com várias opções de qualidade para cada posição, tem um treinador muito experiente que trabalha muito bem o seu modelo de jogo.

Na minha opinião ele nunca estará no top 10 dos melhores do mundo, falta-lhe carisma, humildade, relação positiva com os jogadores,etc. Mas para o nosso campeonato chega, é melhor treinador que qualquer outro, pelo menos na preparação técnico/táctica e tem jogadores e equipa para o sistema e modelo de jogo que trabalha há anos.

Continuo a achar que o João Pereira vai sentir imensas dificuldades, não por falta de qualidade,mas porque fisicamente já não é o que era,apesar de mais experiente e calmo. É importante também irem buscar outro ponta de lança para o caso de Slimani se lesionar ou estar com problemas de rendimento.

De resto está uma equipa muito equilibrada para o 4x4x2, vamos ver até que ponto o Naldo continua sem errar, penso que é daqueles centrais que se atraem muito pela marcação individul, típico central brasileiro. É muito rápido e agressivo mas penso que lhe falta cultura táctica principalmente contra equipas fortes em organização ofensiva.

GV disse...

(Sobre o Talisca na dta, referia-me aos jogos de pré-época. No domingo foi outra abordagem. Talisca no meio campo um bocado à toa, coisa que o JJ tb ensaiou há um ano atrás várias vezes e dps veio dizer que era um segundo avançado qdo mudou de abordagem... Só tempo dps começou a febre de o pôr nas alas...
Mantenho o que disse no ano passado várias vezes, que para mim o Talisca é bom para entrar nos últimos 30 min como segundo avançado qdo o Benfica precisa de correr atrás do resultado. Não quero fazer do rapaz o meu bode expiatório e neste jogo tem até como atenuante o frágil modelo do treinador ou a sua não implementação, mas não reconheço ao Talisca mais-valias, até ver, para fazer parte do onze e vejo uma série de contras...).

GV disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
R.B. NorTør disse...

Talisca é um segundo ou mesmo um primeiro avançado, porque ao menos perdido entre os centrais adversários não se nota tanto as recepções perdidas, as fintas inconsequentes, os remates sem nexo, os cruzamentos que não o são, a finta que não existe...

Guilherme Valejo disse...

João, venho corrigir-me porque porque quando vi esses 80% (era à volta disso) foi num artigo que o jornal Abola escreveu e estava os jogos fora da champions e com o Porto, o Braga, o Sporting e o Guimarães, penso eu. Penso que um plantel inferior ou ligeiramente inferior não serve sempre de desculpa, se não o Real Madrid e o Barcelona ganhavam sempre, os plantéis de jesus em relação aos de Vitor Pereira não eram assim tão inferiores e no ano do Vilas-Boas a vergonha não é perder até 5-0 no dragão, é acabar o campeonato a 20 ou 25 pontos e ser eliminado da liga europa pelo o braga e da taça de Portugal. Digam o que disserem perdeu as duas finais europeias que disputou e como disse, em 5 anos na champions apenas conseguiu passar uma vez, porque nas outras ocasiões passaram os ''colossos'' olimpyakos, celtic, lyon e etc, se calhar o Benfica é pior que essas equipas todas?
o ano passado levou banhos de bola do zenit e do leverkusen e a diferença não era essa toda. O benfica de Jesus só fui superior ao Porto, tirando o ano passado em que acho que o Benfica só foi campeão porque o Lopetegui fartou-se de meter água no Porto, nos anos em que o Porto estava muito mais fraco e ficou em 3, com Jesualdo e Paulo fonseca, à dois anos com aquela equipa, não ser superior ao Porto de Paulo Fonseca também era vergonha

Guilherme Valejo disse...

João,
Só para terminar, certo que respeitando sempre cada opinião, é sempre bom lembrar que em anos anteriores o benfica podia nem ser campeão ou ir mais longe na champions, mas os plantéis nem sequer tinham comparação possível, nem Fernando Santos, nem Koeman, nem Quique tiveram acesso a jogadores tão bons e financeiramente o Benfica estava mal, pelo que as comparações são na minha opinião ''ligeiramente'' injustas dada a diferença enorme de qualidade e até quantidade dos plantéis dos outros treinadores e de Jorge Jesus.

João disse...

Valejo,

Tu deste uma opinião argumentando com dados falsos e, na verdade, continuas... quando tentas basear-te em alguns factos.

É verdade que o JJ errou muitas vezes. Alguém disse o contrário? Apenas, ao contrário de ti, tenho opinião que ele foi o melhor treinador que vi no SLB (excepção feita Mourinho durante 6 meses) e está a uma distância grande de Rui Vitória e de quem o antecedeu.

Acho uma piada a essa "Digam o que disserem perdeu as duas finais europeias que disputou". Então, preferes 2009 e ficares na fase de grupos? Se fores desses benfiquistas que preferem ficar em 6º a perder com golos aos 92m, mando-te já para um "belo sítio". Porque isso não é ser adepto de um clube, é a cobardia de não querer ir a jogo.

Vamos a mais um belo facto: "(...), nem Quique tiveram acesso a jogadores tão bons e financeiramente o Benfica estava mal".

Gostava de saber em que o plantel de Quique era assim tão fraco em relação a 2010 (um dos dois melhores planteis de JJ), porque teve esses investimentos avultados, empréstimos conceituados ou jogadores que já lá estavam (Reyes, Suazo, Cardozo, Di Maria, David Luiz Yebda... até Balboa valia 4M€). Ficámos sem Reyes ou Suazo, mas ficámos melhor sim com dois fora-de-série em 2010 (Saviola e Ramires).

Agora diz-me se a diferença destes 2 jogadores é de 1º para 3º e quartos-de-final para fase de grupos humilhados pelo Metalist.

Tens a tua opinião, respeito. Não me venhas é falar em factos, porque isso dos investimentos já vinha de alguns anos (diz-me quanto custou Cardozo, Di Maria, Simão Sabrosa e afins).

Disto isto, não me quero chatear com esta história. Acho só ridículo não ver o óbvio porque, enquanto não virmos (ok, o que interessa é o LFV), mais tempo vamos demorar a retomar o caminho...

J. Saro

Nota: Além dessa do investimento ser meio falacioso, porque ao contrário dos anteriores, com JJ passámos a vender e não a comprar.

Guilherme Valejo disse...

Não vou continuar a discutir esses dados, porque não fui eu que os escrevi, isso veio no jornal Abola, simplesmente já foi à cerca de 2/3 meses e eu não tenho certeza, agora se dizes que jornalistas andaram a escrever mentiras no Jornal desportivo mais comprado em Portugal e onde estavam os resultados com as contas certas, eu simplesmente já li à algum tempo não me recordo bem pra estar aqui a dizer ao certo, se encontrasse mostrava e punha aqui até. Quem não quer ver que as equipas de Jesus eram melhores que as outras ok, o Cardozo foi um investimento num ano, como tinhas o simão num ano que era o melhor jogador, não tinham jogadores a volta tão bons, alguma vez o yebda, o suazo, o balboa, o léo, o binya, o sidnei e até o carlos martins e o ruben amorin, estes 2 ultimos jogaram mas nem sempre foram titulares com Jesus, porque sempre houve melhor e os outros foram todos dispensados, realmente não havia diferenças, quando se compara com o javi, o saviola, o ramires, coentrão e até com david luiz, que jesus já punha ao centro porque o quique nem defesa esquerdo tinha, ah mentira era o craque 'jorge ribeiro' acho que hoje joga na segunda liga...
Falar de benfiquismo pra mim não dá, não me considero nem mais nem menos Benfiquista, quer o Benfica ganhe ou perca apoio sempre, agora as finais há mérito em lá chegar, mas são pra ganhar, todos dizem que o Benfica jogou melhor nas duas, o que é certo é que as perdeu, isso é que fica. Daqui a duas semanas ninguem se lembra que o sevilha jogou muito bem ontem, só sabem que quem ganhou foi o Barcelona.