quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Aposta mais segura da semana. Bundesliga


Schubert lidera mais uma das atractivas equipas da Bundesliga. Uma proposta de jogo ousada. De matriz ofensiva com bola, procurando sempre protagonismo, saindo desde a construção até à criação com bola no pé, aproveitando movimentos interiores dos alas, enquanto que laterais ficam mais profundos e fora. Médios a baixarem alternadamente para pegar e sair para a criação com bola no chão. Defensivamente, a ousadia de pressionar tantas vezes com um médio bem mais subido vale demasiadas vezes alguns desequilíbrios que equipas cheias de processos de qualidade e grandes individualidades como o Bayern sabem sempre aproveitar. A equipa não encurta tanto quanto o possível sem bola e perante um opositor de nível extra terrestre quanto a nova versão de Guardiola será tremendamente difícil conseguir impor as suas ideias.




Um Bayern que mesmo fora de casa vai triturando toda a concorrência. As individualidades de qualidade inquestionável e uma incrível obra prima de Guardiola. Mais do que nunca com um jogar a apresentar soluções para todas as fases, todos os momentos. As saídas rápidas em transição sempre desequilibrantes, sobretudo nas botas do brasileiro Douglas Costa, a capacidade para na transição defensiva, com a máxima do “passo à frente” “abafar” completamente as saídas adversárias, recuperando no momento em que o adversário está a “abrir”. Uma organização ofensiva sempre imprevisível. Aclaramento de espaços, permutas, combinações directas e indirectas. Presença na área e nas suas imediações em quantidade e qualidade como mais nenhuma equipa da Europa. Nos dias de hoje vai parecendo impossível na Bundesliga alguém ousar enfrentar tamanho poderio.



Sem comentários: