quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Coisa rara no futebol português

No Braga Sporting de hoje saiu beneficiado o futebol. E só saiu beneficiado porque, apesar das diferenças ideológicas na forma de fazer, os dois treinadores, as duas equipas, procuraram marcar mais do que não sofrer. Cada equipa procurou o golo no lugar de procurar defender a sua baliza, e com isso chegaram os golos. Com este tipo de mentalidade, sem medo de sofrer, com o pensamento na baliza adversária, o futebol português daria um salto qualitativo imenso, e as pessoas teriam mais motivos para ir aos estádios. É uma pena que este tipo de jogo ofensivo seja tão raro por cá, que quando há todos falam dos problemas defensivos que cada equipa teve para conceder tanto golo. Eu prefiro falar no mérito ofensivo de cada uma delas, para terem conseguido superar tantas vezes o adversário. 

17 comentários:

ricnog disse...

sem duvida.....mas acho que o sporting com um guarda redes, que se mexe se em cruzamentos, poderia ter tido mais sorte.....! duas equipas com muitas solucoes ofensivas, sem duvida...! Paulo Fonseca vai ser um caso serio....parece-me

Ricardo Vilela disse...

Se me permitem comentar enquanto o comentário não é eliminado, tenho-vos a dizer que perderam um fiel seguidor do vosso blog. Vocês este ano nos resultados negativos do Benfica correm para fazer crónicas negativas. Nas vitórias largas do sporting correm para fazer crónicas positivas ao seu treinador no entanto nos jogos em que houve um empurrão da terceira equipa em campo e uma ausência de jogo por parte do Sporting não dizem nada. Tira a possível parcialidade que vocês poderiam ter e fazem do vosso blog apenas mais um por aí. Enfim vou aproveitar o tempo de antena do meu comentário.

m1950 disse...

Aqui não se fala de resultados , mas sim do jogo e dos processos do mesmo , o resultado é uma consequência e nem sempre justa.

Esperava um artigo a definhar o Sporting ?? Então e se o Sporting tivesse ganho? Dou-lhe um exemplo. O Benfica que ganhou 2-1 em Braga jogou mais que o Sporting que perdeu ?

Estranho para quem diz ser um fiel seguidor do blogue.

Acredite que o melhor mesmo é aplaudirem o jogo , senão você teria de ler algo como:

"Em Portugal só há uma equipa capaz de ganhar a este Sporting do JJ , é a equipa de arbitragem".

RedAtheist disse...

Conheces liberdade de expressao?

Tiago disse...

Estará Jesus agora no Sporting menos medroso nos jogos grandes (tirando com o Benfica contra quem "não pode" perder)? As derrotas que teve contra o Porto, ainda Treinador do Benfica, acho que o fizeram olhar para os jogos grandes com algum receio, e que jogou a maior parte deles para não perder.

O ultimo benfica-porto de Jesus foi um jogo mediocre em termos de espetaculo (entre outros)

Espero que sim para o bem do proximo Sporting-Porto e do futebol portugues.

Abraços

Laranja disse...

Aqui, nem que um jogo termine com 10 golos mal validados por fora de jogo, o que interessa e se analisa é futebol

Hélder disse...

Quando os presidentes e diretores perceberem que a até futebol leva pessoas aos estádios e valoriza liga...

Blessing disse...

Adeus Ricardo Vilela. Um bem haja e tudo de bom!

cobra2 disse...

O JJ disse isso mesmo no final do jogo "a qualidade do jogo ofensivo da 2 equipas sobrepôs-se à qualidade defensiva".
Acho no entanto que muitos treinadores não optam por uma postura mais ofensiva por precisamente os dirigentes e adeptos olharem apenas aos números e não à proposta de jogo.

André disse...

Gostava de ver uma análise mais aprofundada ao modelo de jogo do Paulo Fonseca. Como já aqui disseram, no jogo contra o SLB perdeu, mas foi evidente para todos que o Braga tinha uma ideia de jogo bastante mais consolidada. Sobre ontem n posso comentar pq não vi. Será que o Paulo Fonseca depois da experiência no Porto (para a qual n estava preparado) vai dar treinador de Grande?

Ricardo Gil Dias Lopes da Cunha disse...

Eu sou sócio do Benfica e, no meu entender, este jogo foi o melhor da época (falando de competições nacionais) entre as equipas que melhor futebol praticam.

Aliás, quando vejo ambas as equipas com bola e faço a transposição mental para o que o meu clube joga... dá-me vontade de chorar.

Teconfil Limitada disse...

Acho que estamos perante um case study! Então o super-sporting, com o super-jesus levou 4 golos (ou 3 em 90 minutos) em Braga e o medíocre Rui Vitória não levou nenhum?!? E esta, hein?

Futebol disse...

Nada que não se estivesse à espera... Um grande jogo de futebol, mas sim com erros defensivos por parte do Sporting, diria graves (Ewerton muito mal) em quase todos os lances a retirar profundidade e duelos... Penso também que o Sporting a jogar com um bloco mais subido , com 40 metros nas costas, era fundamental o "jogo" para o fora de jogo... que até é do melhor que este Sporting apresenta em termos defensivos... Ontem zero... A substituição por Naldo, revela o que JJ pensa acerca do jogo que fez!

DM disse...

Blessing, estive no estádio e tenho a dizer que discordo dessa análise. Sim, o Braga marcou 4 golos, mas só procurou jogar um futebol ofensivo nos últimos 15 minutos da 2ª parte. Na 1ª parte então, mesmo a perder 1-0, atacavam com 4/5 jogadores e deixavam o resto a defender. Quando o Sporting atacava, tinha sempre 9 a 10 jogadores atrás da linha da bola. Isto a perder. O Braga beneficiou de erros individuais do Sporting, não propriamente por tentar jogar um jogo ofensivo. Porque o jogo que o Paulo Fonseca tinha planeado era mesmo esse: defender e esperar pelo erro do Sporting. Muito fortes a jogar no contra golpe, porque ofensivamente em ataque organizado foram muito fracos. Variações de flanco e cruzamentos para a área. Ontem resultou.

Blog de Portugal disse...

Eu compreendo o querer futebol ofensivo, o ir para marcar antes de sofrer, etc., mas o meu raciocínio é bastante simples:

- Se não sofrer golos já vou a meio caminho de ganhar o jogo.

Penso que isso é fundamental, e vê-se por exemplo no Sporting. Não quero dizer que o meu raciocínio deve levar a pôr 10 gajos atrás e 1 à pesca na frente, nada disso.
Mas que um bom processo defensivo dá muitas vitórias e sucesso, ai isso dá (veja-se o Sporting). E por isso dou mais primazia a ter uma boa qualidade defensiva do que ofensiva (tentando separar um pouco as coisas).

francisco disse...

O facto de se terem marcado 7 golos em 120 minutos não significa q as equipas tenham jogado de forma ofensiva...

O q foi "raro" neste jogo foi a % de concretização em situações q não eram de golo eminente.

O q tem sido "frequente" é a permissividade das arbitragens nacionais relativamente à forma violenta como os jogadores do zbording se entregam ao jogo... como é possível q jogadores como adrien, naldo ou slimani acabem os jogos sem serem expulso? neste jogo t o jefersson foi perdoado, além dos 3 do costume...

Jorge Gouveia disse...

Como é possivel o Braga ter lrvado o 2o amarelo aos 112 min, como e possivel o Luis Carlos acabar o jogo, como é possivel anularem um golo limpo, como é possivel nao marcarem um penalti claro,...