quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Sporting à frente. Até no recrutamento. Inqualificável Jesus na conferência.

"Não sei se ele constrói isso (estrutura). Basta ver como, no Benfica, não construiu nada. Assim que saiu de lá, o Benfica voltou a ser o que era. Nesse aspecto, o trabalho dele é bem diferente daquele pelo qual o Cruyf é o principal responsável no Barcelona. Mas concordo com a questão da estrutura. Muito se falou de como o Benfica passou a ganhar não por causa do Jesus mas por causa da estrutura, e está à vista que a estrutura não tem responsabilidade nenhuma no bom trabalho do Jesus. E não sei mesmo se não prejudicou, em muitos momentos." Nuno, num comentário no "Entre Dez".

O impacto imediato de Bruno César, a demonstrar não só como o seu treinador, muito à frente dos demais, valoriza sobretudo o processo de treino, pois é ai que se cresce e é ai que o treinador vence os jogos e demonstra competências, mas também a demonstrar a forma como o Sporting se começa a superiorizar ao seu rival até no recrutamento. Depois de seis anos de vazio, diga-se.

O brasileiro, previamente bastante elogiado por aqui aquando da sua passagem pelo SL Benfica, acabou transferido por mais de 5 Milhões de Euros para fora, e apenas dois anos depois estava de regresso à Liga portuguesa, com uma cláusula que o permitia sair a custo zero e ninguém no seu anterior clube mesmo tendo trabalhado diariamente com o brasileiro conseguiu perceber que César é incrivelmente superior ao amontoado de extremos que chegaram na presente época à Luz. Desde Bilal a Carcela.

Jorge Jesus, e as suas opções no recrutamento acabam por justificar a opinião citada no início do presente texto. O tempo de jogo e preponderância dos reforços do Sporting no jogar e sucesso da equipa, mesmo que tenham todos chegado a custos bastante diminuto quando comparado com a dos rivais ajuda a perceber que até no recrutamento sempre foi o treinador a fazer a diferença. Tudo isto em cima da sua ímpar qualidade a potenciar pelo colectivo as suas individualidades.

Ao SL Benfica chegou Marçal, Carcela, Murillo, Diego Lopes, Pelé, Mitroglou, Raul, Bilal, Taraabt e Ederson. Joga um. No Sporting, que lidera a liga, quase meia equipa dos habituais titulares  (João Pereira, Naldo, Téo, Ruiz, Bruno César ?!) chegaram com o treinador na presente época. Outros como Aquilani vão tendo o seu tempo e o seu espaço.

Inqualificáveis as declarações de Jorge Jesus sobre o seu colega de profissão Rui Vitória. O amadorense sempre foi isto. Tudo o que é como treinador, não é como pessoa / homem. Quem o contrata já sabe ao que vai. A questão é perceber se o que traz (desde o maravilhoso trabalho de campo à avaliação muito superior sobre qualquer outro, que faz das qualidades dos jogadores (para o seu modelo)) é compensatório.

97 comentários:

DC disse...

Eh pah recrutamento? A sério?
Emerson, Cortez, Patric, Luis Felipe, Airton, Felipe Menezes, Kardec, Éder Luiz, Lisandro, Djuricic, Djaló, Bebé, etc, etc, etc quem foi que os trouxe e os observava às 3h da manhã na TV? Não foi o tal que sabia quem era o defesa esquerdo suplente dos sub-19 do Vasco da Gama?
JJ acertou alguns e falhou muitos. A mais-valia é o que dá aqueles a quem aposta. Dos outros desiste normalmente e manda-os à vida deles na época seguinte.

Quanto às declarações, pode ganhar 30 campeonatos seguidos e eu passar 30 anos no Porto sem títulos. Nunca o quero ver no Porto. É o nível zero da educação.

Paolo Maldini disse...

Óbvio que o B.César tem qualidade. Não precisava do jogo de hoje. Ainda não vi mesmo as declarações, mas se é o que vocês me dizem... Vergonha... Mas, concordo com Van Basten qd diz q... ele é isto. Já se sabe. É pena que não mude. Mas quando aqui se fala dele fala-se sempre do Jesus treinador! (porque não estando lá, não posso avaliar mais nada que não o que os meus olhos veÊm. Se bem que tenho tido gente que trabalhou directamente com ele no SLB, no campo! a dizer-me em off que ele é realmente um desprazer). Daí os elogios. Os meus, pelo menos.

Marco Van Basten disse...

sinceramente DC, pelo perfil começa a parecer que não foi ele que os quis, apesar de haver interesse em ligá-los a ele... basta ver os reforços desta época... sabes que o Benfica tem scouts na América do Sul, certo? ou porque ele segue o brasileirão, tudo o que vem de lá escolheu ele? Então e pq n veio agora esse molho do brasileirão para o SCP? Aliás, há ai vários que citas que sei eu que não foi ele que os quis

Pedrooo317 disse...

Na parte do recrutamento só pode ser piada.

Basta um nome. Jara. Ou Cortez. Bastam estes dois para não ter que ser desagradável.

Marco Van Basten disse...

E será que foram escolhas dele? Sabemos que foram dispensas dele... Isso sabemos.

7tacuara7 disse...

Acho que basta ver a época em que o Emerson foi o ano todo titular e tinhamos Capdevilla não se sabe bem onde... Percebeu-se bem qual destes tinha sido escolha de Jesus.

Henrique disse...

Não sei se já falaram do Emerson? Além disso é injusta a comparação, visto que a maioria dos jogadores contratados não o foram para o imediato. A verdadeira argolada foi com o Tábaráto.

Sobre o facto de apenas interessar a parte desportiva na avaliação de um treinador, isso é tudo muito bonito desde que não se tenha de lidar com ele. É perfeitamente compreensível que a tal "estrutura", isto é, as pessoas que garantem que os clubes não acabam, tivesse chegado a um ponto de saturação com o JJ.

NELSON CALVINHO disse...

Eliseu, escolha expressa do JJ.

A diferença, parece-me, é que o Sporting está determinado em contratar bem porque quer desesperadamente ser campeão. O Benfica contrata, mas não é só a pensar no retorno desportivo...

João Duarte disse...

Bom...joga o Mitroglou, o Carcela e o Raul. 3 é diferente de 1, e um plantel bicampeão reforca-se com menos titulares do que um plantel q vem de um terceiro lugar. É assim em toda a parte.

Sobre o BC, reconheço a vossa afeição ao barrigudo careca. Deu muito pouco no Benfica. Muito pouco mesmo, tlvz neste futebol menos vertigo q o jj tem agora no SCP seja mais bem sucedido.

Acho completamente espúria a discussão sobre quem tem os méritos nas contratações, mas deixo aqui só um pequeno contraditório Capdevila na bancada e o Emerson a titular, ou dezenas de convocatórias e de presenças para o Filipe Menezes.

Paolo Maldini disse...

Na minha opinião, é importante perceber que no Sporting esta época também seria sempre mais fácil ter mais impacto com as contratações porque o nível em algumas posições era de facto muito mais baixo que o do SL Benfica! E de certeza que também no recrutamento o Jesus errou muito! Como todos erram, naturalmente.

DC disse...

Van Basten, recordo-me das declarações dele a dizer que via a liga brasileira e que conhecia tudo e a dizer que, pelo menos o Felipe Menezes foi ele que o observou. Disse o mesmo do Talisca também. Daí pensar que é responsabilidade dele. Mas veremos no futuro no Sporting qual o perfil das contratações.

disse...

Também teve Nolito e Capdvilla, que eram bons e fica a sensação de desaproveitamento.
E dos reforços referidos 2 já trabalharam com ele, 2 já vinham referenciados no Benfica. Apenas Naldo joga e porque Ewerton está sempre no estaleiro.

Paolo Maldini disse...

Só agora vi o comentário do João Duarte. Era isso que dizia também.

poison disse...

Sejamos realistas... não fossem um ou dois roubos gritantes da arbitragem, inclusive contra o FCP, o SCP do "cérebro" estaria no lugar dele hoje: em 3º. JJ não passa de um treinador comum que realmente passou a ser muito bom contra os grandes.6 anos no SLB provam isso mesmo, aprendeu a ganhar aos grandes e permanece uma besta teimosa sem a mínima ideia do que fazer para vencer de treinadores de menos renome que também se preparam em condições para o tomar de vencido. Tendo em conta os últimos anos, realmente ele é excelente, pois basta 1 ponto na frente para ser campeão, e vencer aos dois concorrentes diretos são 12 pontos no bolso. Quanto as contratações, umas vezes dá certo, outras vezes nem shikabala...

RedAtheist disse...

Bruno Cesar com Jesus no Benfica pouco fez e agora ja e exelente so porque fez um bom jogo?E melhor que Gaitan e Salvio?

Satan Made Me Do It disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blessing disse...

Acho uma doença do caralho dizer que Bruno César pouco fez no Benfica. Ou são do Benfica e querem desmerecer porque é do Sporting agora, ou têm falta de memória, ou não percebem nada do que viram. Digam qual é a vossa. Bruno César esteve quase sempre muito bem no Benfica! E Jesus nunca quis que saísse. Aliás, o facto de ele na altura ir à selecção diz algumas coisas. Infelizmente, para ele, não se afirmou em absoluto porque o Benfica tinha muita qualidade na posição dele.

NELSON CALVINHO disse...

Poison, o JJ não aprendeu a ganhar aos grandes. Aprendeu foi a ganhar ao Lopetegui e agora ao Rui Vitória. Perdeu com o AVB, perdeu com o Vitor Pereira, não ganhou ao Marco Silva... E nem vamos falar dos resultados na Europa... O JJ foi, isso sim, um treinador que andou anos e anos a aprender a ganhar a todas as outras equipas, tem um conhecimento do futebol português que mais ninguém possui.

Paolo Maldini disse...

Verdade Blessing. Era opção até à frente do Nolito! (Erradamente para mim)

Blessing disse...

Sobre as contratações, umas são dele, outras são de outros. Umas vezes se acerta, outras não. O que acontece é que o homem estará sempre mais perto de acertar do que os outros, por saber exactamente o que o seu modelo de jogo precisa.

Blessing disse...

Sim. Nolito foi um grande pecado de JJ, por preferir capacidades físicas ímpares

LC disse...

E agora sabes que as contratações foram todos escolhas dele, muito boa essa análise.

Francisco Taveira disse...

Este endeusamento do Jesus cansa. E muito. É um bom treinador, não há dúvidas disso, mas caramba que exagero... Em todos os blogs deste género. Faz confusão. Nomeadamente quando todos sabemos que ele não vale um autêntico piço fora de portugal.

7tacuara7 disse...

Eliseu, João Pereira, Bruno César, César Peixoto, Rúben Amorim. Todos eles com algo em comum.

João Duarte disse...

Blessing, vi TODOS os jogos do B C na Luz ao vivo. O homem era um corpo estranho naquele Benfica, não se entendia c os colegas, não tinha ritmo nenhum... Era inegável a qualidade tecncia...mas isso há em centenas de jogadores. Faria algum sentido repetir uma aposta em quem já tinha falhado/desiludido/desapontado/entristecido/desanimado/desesperado? Só Vi o resumo do jogo do scp...e os 2 golos dele são chouriçadas de fora da area. Hj até o Talisca fez uma dessas. Abraco

João disse...

Caíste aqui de paraquedas? Vai lá dar uma olhadela nos posts sobre o JJ em vez de dizeres disparates

Vasco disse...

Nolito e Bernardo Silva. Mas não me foçam com a questão das contratações é pq tanto o LFV como o JJ têm interesses nesse negócio. Jogava eu no Belém e já todos comentavam o negócio de comissões do JJ com o seu empresário com putos d'África e da América do Sul

JP disse...

O que?

PP disse...

Sobre recrutamentos, falem depois de uma série de 5 jogos. É normal que nas estreias os jogadores queiram-se "mostrar".

Sobre a conferência de imprensa, apenas digo-vos o seguinte: só existe um Jesus e este não o é!

Outra coisa: percebo os elogios ao Judas, mas acho que há um exagero demasiado sobre os métodos de treino dele.

Um cálice de Porto, umas fatias de Bolo Rei para todos!

;)

bio disse...

Mas a sério que há malta que vai vê a diferença entre o Sporting do ano passado e o actual e o Benfica do ano passado e o actual?

Agora o tipo é especialista a ganhar ao Lopetegui e ao RV?...

Por amor de deus, parece que anda tudo a dormir durante os jogos e acordado durante as conferências de imprensa...

Epa é simples, o homem é um grande treinador e um execrável ser humano. Queres isto na tua equipa? Pagas o preço, em euros e visibilidade.

O resto é treta.

Gonçalo Mano

Blessing disse...

De fora da área não vale.

Blessing disse...

Está aqui o senhor que disse que os treinos de Jesus no Benfica estavam gravados e que era só copiar?

Frantebol disse...

Top 10 mundial a nivel de treinadores. Detesto a arrogancia dele e a falta de educaçao, mas se é para discutirmos de futebol, este homem é do melhor que há.

João Duarte disse...

Vale tanto como dentro, mas foram duas bolas q lhe caíram nos pés e o chuta chuta...chutou. Como fez dezenas de vezes na Luz, muitas delas sem critério.

E sim, está aqui o senhor q disse algo parecido c isso. Nunca defendi a contratação do RV e trocava-o já por vários nomes q têm aqui sido ditos, mas tb acredito q o homem não é burro e com tempo ha-de saber aproveitar o q existe no Benfica. Eu preferia é ganhar já.

(Um comentário feito há meses e de quem tão pouco comenta marcou assim tanto? Confesso o meu pasmo e desconforto)

Pedro disse...

Blessing, com todo o respeito, as vezes es um idiota.

Recomendo ires ler exactamente o que foi dito na altura em relacao aos treinos. Esta coisa de se falar como sendo o melhor la da aldeia e um tique de quem tem alguma dificuldade em lidar com opinioes diferentes.

Esta coisa dos metodos treino nao e um segredo ultra escondido que ninguem sabe. Se tu sabes, imagina quantos mais macacos nao saberao. A diferenca esta em ter treinadores que querem aprender, e outros que acham que ja sabem tudo, um bocado a tua semelhanca quando tentas ser engracadinho.

Blessing disse...

Pedro, eu sei o quê? Que é impossível replicar o método dele? Ah sim. Isso sei.

Blessing disse...

João Duarte, acredito nessa do sem critério. Estamos de acordo finalmente. Era esse o objectivo nê? Que houvesse convergência de opiniões?

Diz lá o que achaste agora Pedro, fui fofinho e concordei. Tas mais feliz? Lol.

No fundo o que tu achas, Pedro, como muitos, é que quem tem uma qualquer opinião, tem de aceitar a dos outros, porque sim. Eu não. Eu acho que se não aceitar, não tenho que dizer que sim só para agradar. Ou deixar de dar a minha a dizer que não só para não desagradar.

Pedro disse...

Ok. Entao, e estou a fazer as perguntas de forma muito honesta.

Tu achas que gente experiente e inteligente que trabalhe 6 anos com o Jesus nao aprende nada? Achas que o Jesus tem qualquer coisa que e impossivel ser aprendida?
Achas que ninguem no Benfica (de todos os treinadores que para la ha), tem capacidade para compreender o que o Jesus fez? Achas que os laboratorios, a tecnologia, analytics, etc etc, nao existe de facto? Ou sera que e mais uma situacao de um tipo como o RV nao fazer puto de ideia o que fazer com aquilo?

O que acontece e que geralmente quem vem de novo quer fazer o que sabe e como se sente confortavel.

Para te dar um exemplo. O Jesualdo Ferreira tinha uma equipa de psicologos a trabalhar com os jogadores profissionais no Benfica, quando saiu, essa equipa ficou nas boxes ate sair.
Quando entra um manager novo para uma empresa, a primeira coisa que faz e por na gaveta o trabalho dos outros e fazer como ele acha que e.

Eu acho que isto esta muito mais perto da realidade (e a falta de competencias do Rui Vitoria), do que ser impossivel replicar o que o Jesus faz. Se fosse impossivel replicar, nao podem dizer que o Real Madrid veio buscar coisas ao Jesus. Se fosse impossivel replicar, ainda hoje estavamos a jogar com chuto para a frente. O que e preciso e que alguem que mande saiba o que fazer com a informacao.

O que me parece e que dizer que nao e possivel replicar, ou a nocao que as equipas de alta competicao que fazem investimentos brutais em tecnologia de analise de tudo e mais alguma coisa, nao tem informacao de nada, nao faz muito sentido. E dizer que ninguem consegue fazer como o Jesus, bolas, por muito bom que seja, que e, ha cabecas suficientes em todo o Benfica para compreender o que ele fazia. Se nao houver, entao o clube esta pelas horas da morte.

Blessing disse...

Portanto quem tem dificuldade, na verdade, em lidar com a minha opinião és tu. Afinal o único desagrado aqui foi teu. Eu estou fixe. O João Duarte tá fixe. Eu continuo a achar que bc teve bem na Luz. Ele continua a achar que não. Eu continuo a achar que se o Sporting por acaso for campeão o sucesso vai passar mto por ele. Ele continua a achar que não. Eu continuo a achar que bc é o melhor extremo do Sporting quando Carrillo não tá, e os tipos da formação leonina Best ever (não tou a falar do João Duarte) acham que não. Há Matheus e Gelson, afinal. É isto.

Blessing disse...

O método dele, garantidamente é impossível de replicar. Porque é dele. E sobretudo porque o treino não é matemática. Portanto podes analisar e tudo mais, que não vais lá chegar. O que podes fazer, e o que todos fazem, é pegar no que se viu, e criar uma adaptação para se chegar a um resultado que se sabe à partida que vai ser diferente.

Se fosse possível replicar, então isso dos treinadores, sobretudo dos bem pagos, seria dispensado. Não achas?

Pedro disse...

Blessing, ha formas e formas... Podes discordar e dizer porque, ou podes gozar com as pessoas que ou nao sabem, ou estao a questionar, ou estao mal informadas, ou ate estao correctas e tu nao pensaste bem nas coisas.

Pa, eu quero que des a tua opiniao. Nao foi isso que fizeste. Eu venho ca regularmente, comento pouco, porque quando concordo nao tenho nada a acrescentar, mas ha coisas que nao concordo e ai, geralmente digo.

Eu sei que voces aturam muitas coisas e as massas sao complicadas, assim como as clubites e compreendo que nem sempre haja paciencia para responder. Mas as vezes e necessario compreender as outras prespectivas. Como repararam, estavam completamente errados (ou expressaram-se mal), em relacao ao que devem ser modelos de desenvolvimento dos miudos. Acontece...


Es fofinho quando queres. :)

Eu gosto de passar por aqui e ler o que escreves, mas ha dias em que discordo... ;)

Pedro disse...

"Se fosse possível replicar, então isso dos treinadores, sobretudo dos bem pagos, seria dispensado. Não achas?"

De todo. Repara, como disseste, a observacao permite-te criar os teus proprios conceitos e fazer as modificacoes que achares relevantes. A forma como tu adapta vai depender da tua capacidade intelectual, de compreensao das diferentes variaveis. O salario estara relacionado tambem com esta capacidade. A capacidade de assimilacao tambem.

Sinceramente, acho dificil que o Benfica nao tenha la malta que consiga compreender o que foi feito durante 6 anos. Mas parece-me que o Rui Vitoria chegou la e fez como ele sabe, chuto pa frente e bola para a area.

A responsabilidade dessa "estrutura", deveria ser sempre a formacao do treinador, como de resto fazem para as camadas jovens. Se essa abertura e ate capacidade existe, e outra coisa.

Repara, isto e o que me deram a entender quando mostram a estrutura tecnologica que esta montada e o tipo de trabalho que se faz. E perfeitamente legitimo que esteja enganado e aquilo seja so show off.

Blessing disse...

Oh Pedro, vamos casar? Conseguiste domar-me! Já viste? :)

Eu dei a minha opinião sobre o método do Jesus. A não ser que não tenha sido isso que perguntaste. Com o jesus, no jogo, podes aprender tudo. No treino, só falando com ele para te explicar o que fez, como fez, por que raio fez. Por que é que parou logo no primeiro segundo para dizer que era o Adrien a fazer a cobertura. Por que é que esteve calado até o Mane fazer uma recepção de merda e ele gritar que no Sporting aquilo não podia ser. O porquê de ter gritado ainda antes do Oliveira receber que a bola devia entrar no Tobias. O porquê de por vezes parar para corrigir, e noutras corrigir com o jogo a seguir. O porquê de 6*5 e não 7*6, etc, etc, etc.

Blessing disse...

E depois tens outros factores. A ideia de jogo tá na cabeça do treinador no pormenor. E a este nível, o pormenor é tudo. Só o treinador sabe o porquê daquele treino, em função do jogo, e em função da evolução de determinados aspectos. O que tá a ser treinado exactamente, o como, o porquê, isso não aparece no vídeo nem na análise.

Pedro disse...

Epa, paga-me um copo primeiro :)

Sim, eu compreendo isso. O que eu não compreendo e porque e que e tao inverosímil para vocês que possa haver uma estrutura que va acumulando o conhecimento, como ha noutros clubes nos mais variados desportos. Bolas, a este nível, existem relatórios de treino, as cenas estão documentadas, etc etc.

Sim, e impossível saber o que o Jesus pensou, mas se tu tiveres os relatórios todos e os videos, achas que conseguias compreender?

E esta parte que eu não entendo. Na minha cabeça existem 2 explicações, ou a informação não existe, ou não esta a ser usada, o "não ha ninguém no mundo capaz" custa-me a compreender.

Para te dizer a verdade, incomoda-me um bocado este gozo sobre a estrutura, porque as grandes equipas de alta competição tem sempre esta estrutura como base, depois e como disse o Jesus, e preciso ter maos para o Ferrari.

JHT disse...

DC: "Quanto às declarações, pode ganhar 30 campeonatos seguidos e eu passar 30 anos no Porto sem títulos. Nunca o quero ver no Porto. É o nível zero da educação."

Ai ui, que moralista...

Quando a única referência que temos para os nossos ideias éticos, morais e filosóficos, é o fenómeno do futebol cai-se na rídicula mediocridade de espírito de se achar que as bronquices ditas por um treinador da bola significam que ele se equipara ao Hitler para as sensíveis e betinhas mentes do confortável séc. XXI. Vai mas é meditar, ler uns livros, pensar sobre grandes questões do mundo, sei lá, que perceber de futebol não é tudo e atrofia o espírito, DC.

Jorge Jesus tem de ser criticado pelas infelizes palavras que utilizou (como muitos fizeram aqui mais sensatamente), mas no fundo isso foi só mais um caso clássico de Jesus a dizer coisas certas por palavras erradas -- ele basicamente quis criticar Rui Vitória na sua falta de qualidade enquanto treinador, e isso é muito legítimo, deixemo-nos de mariquices (já transmitir isso dizendo que o colega não é treinador, é só estúpido, realmente).

Mas mesmo assim um momento infeliz de Jesus que resulta de idiossincrasias suas. E como todas as personalidades interessantes ele tem idiossincrasias, falhas, contradições, etc.

Não querer num clube uma personagem única e talentosa por moralismos exacerbados é r-i-d-í-c-u-l-o, e ainda mais ridículo é quando esse clube é presidido por uma pessoa chamada Pinto da Costa -- essa luminária da ética, moral e honestidade...

Ai ui "no Porto não", manca-te ó DC.

Pedro disse...

"E depois tens outros factores. A ideia de jogo tá na cabeça do treinador no pormenor. E a este nível, o pormenor é tudo. Só o treinador sabe o porquê daquele treino, em função do jogo, e em função da evolução de determinados aspectos. O que tá a ser treinado exactamente, o como, o porquê, isso não aparece no vídeo nem na análise."

Isto faz-me sentido.

Não tenho duvidas que o Barcelona do Guardiola, que foi influenciado pelo modelo que ja existia na estrutura do Barcelona, influenciou muitos modelos de jogo de muitos treinadores, mas certamente houve os que foram bem sucedidos a implementar e os que falharam redondamente.



Adão Loureiro disse...

O problema deste mundo é que vivemos numa realidade de aparências e não de competências.

Para bom entendedor, isto é o suficiente para perceber toda a histeria que por aqui e por outros sítios na web se passa.

Aza Delta disse...

o Bruno César é indiscutivelmente um jogador de qualidade, e fez uma primeira época bastante positiva. No entanto a segunda época dele foi o oposto, e digo isto eu que era o defensor do Bruno César no meu grupo de amigos. O homem somou más exibições seguidas umas das outras, a taxa de acerto era surreal. Saiu por dinheiro para as arábias.

De génio da parte do Jesus ir buscá-lo e antecipar a sua vinda. os dois golos dele têm dedo do treinador.

Dennis Bergkamp disse...

Pedro,

O Barcelona de Guardiola, influenciou meio mundo, tal como muitas outras equipas de hoje e "de ontem" influenciam. Mas do influenciar ao copiar vai uma distancia enorme.

Nao ]e possivel copiar. Tudo o que existe sao criacoes a partir de ideias ou de principios.

Tentando dar exemplos para facilitar a chegada da mensagem, a muitos e bons anos ouvi falar de um tal de Horst Wein. Li umas coisas, vi uns videos e comprei um dvd com um nome fantastico de "coaching game intelligence". De x em x tempo revejo o dvd, e retiro sempre coisas diferentes de la. Porque apesar de ser a mesma pessoa que ve o dvd, os problemas que essa pessoa tem para resolver nesse momento... sao diferentes.

E aquilo que depois aparece no treino, ]e a minha interpretacao dos exercicios, para resolver os meus problemas. Os espacos sao maiores ou menores, as distancias entre as balizas tambem diferem porque a situacao que quero recriar nao ]e a mesma, o numero de jogadores tambem muda consuante o que ]e preciso. Ou seja. Apesar de ter sido influenciado (e muito bem influenciado) pelas ideias de Horst Wein, o que aqueles que vivem aquilo que sou responsavel por organizar, sao experiencias diferentes daqueles putos do dvd, porque a minha interpretacao dos exercicios ]e diferente.

Da mesma maneira que, mesmo que vejam os treinos do JJ, as coisas nao vao sair iguais, porque dependem da interpretacao de cada um. Podem sair parecidas... mas nao saiem iguais.

A poucos dias saiu um video do primeiro treino do Zidane no RM. Estavam a fazer uma posse de bola com 5 portas. Na semana passada vi ao vivo outra equipa TOP a fazer "o mesmo exercicio", mas aquilo que os meus olhos viram ao vivo e em video era totalmente diferente. Porque quem organizou nao ]e a mesma pessoa, e quem realizou tambem nao. Pareciam exercicios diferentes quando no desenho sao iguais.

E mais ainda, a malta que estava a ver o treino ao meu lado, estava a ver coisas diferentes das que eu via. Ninguem esta mais certo do que o outro, so mesmo o treinador [e que sabe o que [e que queria daquilo, e sabe se depois conseguiu chegar onde queria. Quem esta a ver nao so nao tem os dados todos, como nao esta a olhar para as coisas certas.

Engracado como a malta se entretem e leva super a peito as declaracoes dos treinadores, como se fossem uma afronta a sua dignidade. E quando se ve jogadores a baterem "na menina" de olhos fechados e a jogarem coisas muito diferentes de futebol... ninguem leva a mal.

Piberman disse...

O jogo do SCP em Setúbal podemos resumir a uma música "Cavalgada das Valquírias" de Wagner. Que hino ao futebol.
A conferência de Jesus foi resposta às palavras ou soundbites do Rui Vitória(a servir de ventrículo do Gabriel).
Foram infelizes?
Sim, sem dúvida, mas no fundo não deixam de ser verdade.

Rui Pintado disse...

Eu sou treinador de futebol jovem... e gostava de saber o que consideram mais preocupante, ou diria até patético?

a) Eu gostar do Jorge Jesus enquanto TREINADOR

b) Haver alguém na estrutura do benfica, ainda por cima ligado a um histórico de erros colossal, mais preocupado em estar no facebook constantemente a criticar o seu ex treinador e todos os que o reconhecem como um bom TREINADOR, do que em trabalhar com qualidade em prol do clube que lhe paga.

abraço

Celso Araujo Martucho disse...

Se fosse tao facil assim, os adjuntos de guardiola podem fazer igual a ele?
Epa podemos ver a mesma coisa mas esplicar-mos de modos diferentes é disso que se trata, e é ai em que JJ consegue ser melhor que os outros.

disse...

As declarações de Jesus também atestam que é totó: passa a ser o único dono do "ferrari" que perdeu uma final para um "Fiat" conduzido por um pastor.

Pedro disse...

Talisca tb era craque e andava meio mundo atrás dele... :)
Calma.

Sobre as declarações do patético, como um amigo meu escreveu no Facebook :"Quando caíres ninguém te agarra. E vais cair. Com estrondo.". Eu acrescento que, para meu azar, já caíu três vezes, com muito estrondo.

DC disse...

JHT desculpa lá, não te conheço de lado nenhum e li o "ai ui" e achei que não valia a pena continuar. Fica para a próxima quando me apetecer ler comentários que comecem por interjeições.

Tiago disse...

JJ é arrogante e mal-criado. Sempre o foi. Mas também é directo e frontal.
Ao contrário de RV que, para quem está disposto a descodificar o que diz, também é arrogante e mal-criado. Só que é cínico e falso em vez de directo. Aquelas bocarras dos Maios de 2011, 12 e 13 não foram tão ou mais desagradáveis que os insultos ontem do JJ?
E também era porreiro ninguém se esquecer do que o JJ tem andado a ouvir e a ter de aturar desde o dia 4 de Junho. Ou já ninguém se lembra de que o clube do cínico RV meteu o JJ (treinador que lhes deu 3 campeonatos, 2 finais europeias e uma série de taças) em tribunal?

Edson Arantes do Nascimento disse...

Este texto é uma treta pegada. E é mentiroso. Claramente mentiroso.

O Jesus quando chegou ao Benfica recebeu uma equipa e jogadores como Patric e Shaffer (LOL), Ramires, Saviola e Javi Garcia, que foram contratações do scouting/do clube (claro, se ele era o treinador também foi uma parte do processo; mas a busca não é dele, digamos assim). Foram contratados Menezes, César Peixoto, Júlio César (guarda-redes) e Weldon, por exemplo, como contratações do treinador. Tirando Peixoto, os outros são horríveis.

Depois, percebeu-se que com o nível de jogo que a equipa demonstrou e a capitalização pública à volta do mestre, associada às falhas com Patric e Shaffer (LOL), que o JJ impôs-se dentro do clube e começou a liderar os processos de contratação.

Logo em Janeiro de 2010, a meio da sua primeira época, o Benfica faz uma blitz no Brasil: Airton, Kardec e Eder Luís (e ainda André Almeida). Todas contratações do treinador. Isto é óbvio. São factos. Todos maus jogadores, menos o Almeida, ainda que com características muito especiais. Não servem e nunca serviriam para o Benfica.

A situação continuou até ao defeso da segunda época do Jesus no Benfica. Contratou-se (e caro, bem caro) gajos como Franco Jara, baseados em critérios meramente físicos, que não valem uma beata. Salvio é uma contratação do scouting, na minha opinião, e chega ao clube no último dia de transferências. Jardel chega em Janeiro pela mão do treinador para compensar a saída de David Luiz. A época foi horrível, em certo ponto, e Jesus esteve com um pé fora do Benfica.

Jesus ainda convence a direcção a dar 5,5 milhões por Bruno César e a contratar o lateral-esquerdo Emerson. Mesmo assim, outros nomes começam a surgir como contratações do clube e não do treinador: Capdevilla é o melhor exemplo. Nunca se percebeu como foi possível Emerson ser titular em vez do espanhol. Sempre que jogou Capdevilla demonstrou ser muito melhor do que Emerson, um jogador que é feito pelos empresários.

A partir daqui chegam todos os sérvios (não me digam que o JJ é que foi buscar os sérvios, isso não é verdade, ainda que como treinador de certeza que participou no processo de decisão). Markovic é uma contratação e um negócio do clube. Garay ou Matic também (envolvidos nas vendas de Di Maria e David Luiz), Nolito e Witsel, idem. Enzo Pérez foi identificado pelo clube ou pelo treinador?

Na minha opinião, a partir da segunda época o JJ foi afastado do processo de selecção de jogadores. Ganhou preponderância a visão do clube e o treinador cingiu-se ao trabalho de campo. E bem! Ainda que tenham depois chegado pontualmente Lima ou Djavan ou Eliseu como jogadores do treinador. E ainda que fosse dele o aval final.

Para além das óbvias deficiências na avaliação do potencial dos atletas sem ter contacto diário com eles, não podemos esquecer que o JJ é claramente suspeito de mamar comissões em parceria com empresários de futebol.

A situação agravou-se quando o clube lhe diz que é preciso começar a dar espaço aos miúdos da formação. Não só porque o investimento brutal que tem sido feito só pode ser rentabilizado dessa forma, mas também porque havia e há jogadores com qualidade na formação do Benfica.

Suspeito, mesmo sendo apenas especulação da minha parte, que uma das condições impostas pelo clube ao Vitórias foi não ser ele o responsável pelas contratações.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Se olharmos bem, o scouting do Benfica tem feito grandes negócios e parece-me ter um perfil de jogador bem definido e que se enquadra na ideia que está a ser implementada no futebol do clube (jovem, forte tecnicamente, bom perfil de decisão): Ramires, Javi Garcia, Matic e Markovic, Nolito, Witsel, Enzo Pérez, Carcela (bom jogador), Mitro, Jimenez, Djuricic, agora Grimaldo ou Cervi... Na minha opinião, são todos escolhas do clube. E boas escolhas.

Há algumas más mas fazem parte do processo. Julgo que nos últimos anos - também com a ajuda do JJ, sobretudo ao nível do treino - foi possível melhorar muito o processo de identificação e contratação de jogadores. Ao contrário do que se diz aqui isso não se deve apenas ao JJ. Muito pelo contrário.

Entrando agora no Sporting, não percebo os elogios às contratações deles. Tirando o Bryan Ruiz, que é um grande jogador do treinador (já o quis no Benfica), os outros são todos horríveis: Naldo não é jogador de futebol. Está a aprender agora. João Pereira, Ciani (LOL), Teo Gutierrez e Aquilani valem o que valem. Bruno César é bom, todos sabemos, mas Schelotto é uma incógnita. Zegelaar também.

O resto dos jogadores já lá estavam todos. E entretanto já começou o rodízio bem à JJ: o Teo era muita bom e era sempre titular no matter what e agora já pode sair. Já não serve. O Ciani foi como foi. O Naldo está claramente sob pressão, tem a sorte do Ewerton não ser grande espingarda e estar fisicamente rebentado, mas o treinador não se coíbe de afirmar publicamente que precisa de outro patrão para a defesa.

Já despachou o Jonatan Silva sem que se perceba muito bem porquê, para ir buscar o Zegelaar... Sinceramente, se há alguma coisa que os últimos seis anos demonstraram para lá de qualquer dúvida é que o JJ é um mestre de gabarito internacional do treino e do jogo - mas que é melhor não se meter a escolher jogadores.

Como treinador já tem o seu papel nesse processo. E chega. Mais do que isso é caminhar para a ruína financeira. Ele gosta muito de dizer que é um treinador de estrutura mas isso não é verdade. É apenas bazófia. Porque para ele a estrutura é apenas uma coisa: o seu ego. E nada mais. Num clube de futebol isto é um problema.

DM disse...

Juro que não consigo compreender como é que alguém consegue falar em estrutura depois daquilo que Jesus tem feito e o que o Benfica (não) tem feito. Treinar é uma arte. É um trabalho técnico como qualquer outro. Jesus diz várias vezes "quando me querem contratar pergunto se querem um treinador para a estrutura, porque se for isso que eles querem não me vão levar. Eu levo a minha própria estrutura". Ele no Benfica não deixou nada para além de um grupo extremamente bem treinado do ponto de vista tecnico-tático. De resto podem saber tudo o que ele fazia e ter tudo documento que de nada lhes servirá. Podem copiar os treinos que ele fazia por A+B que não vão chegar a lado nenhum. Porque mais importante que o exercicio em si, é o input do treinador. Aquilo que ele vê com o exercicio e as ilações que tira daí, seja na preparação individual de atletas ou no desenho de novos exercicios. A mim podem dar-me uma apresentação super completa sobre fisica quantica para eu fazer, e como tenho facilidade de comunicação até me posso desenrascar. Mas basta surgir uma questão diferente do que está no papel e perco-me todo.

Maldini, no Sporting para titulares vieram Naldo para onde já havia Ewerton, Ruiz para onde havia Nani, Teo para onde havia João Mário/Montero e João Pereira para onde havia Cedric. Não acho que o XI base do Sporting seja esta época, de todo, superior ao XI base do ano passado. Creio que no geral o que há é outras soluções com mais experiência de jogo. E mesmo assim, ontem entraram no jogo Gelson e Matheus Pereira, 2 jogadores que já lá estavam o ano passado.

David Cardoso disse...

Questões de recrutamento??? ele pode ser top a treinar mas e recrutar não me parece , O B . Cesar foi o unico que ele trouxe do brasil que teve relativo sucesso no SLB ,então não foi uma escolha pessoal dele o Felipe Menezes, Weldon , C. Peixoto, Eder Luiz, Airton,Eliseu, entre outros que me falham a memória...
Se vcs forem ver os jogadores que ele potenciou que jogam hj em dia nas potencias europeias a maioria já estavam cá quando ele chegou ( D. Luis, Coentrão , Di Maria , Ramires) e idem no SCP em relação a Adrien, William, J Mário ou Slimani.

A estrutura do SLB tenha falhas super visíveis mas no que concerne a recrutamento no computo geral em 6 anos creio que o JJ não tem razões de queixa no que concerne á qualidade dos planteis que ele foi tendo.

David Cardoso disse...

Para mim os campeões no recrutamento são o Pinto da Costa e o LFV que com os treinadores que contrataram estão prestes a oferecer um campeonato ao SCP.

Continuação de 1 boa tarde ;)

Ricardo Perna disse...

Epá, eu percebo muito pouco disto, mas ficou-me a citação do comentário inicial, e gostava de vos ouvir sobre isso, já que sobre o resto já se foram pronunciando.

Acham que Jesus é um treinador que se está a borrifar para a estrutura do clube, apenas interessado em somar títulos? Ou seja, ao contrário de outros, como o Cruyf, ou o Guardiola, ou os treinadores do Ajax de há uns anos atrás (desconheço se hoje o processo é o mesmo), não se preocupa em construir o futuro do clube, mas apenas em ganhar enquanto ele lá está?

Pergunto isto porque depois temos este ano miúdos a despontar no SLB que vêm de um processo de crescimento no clube enquanto JJ era o treinador, não apareceram do ar este ano para o RV os aproveitar...

O JJ tem algum défice de aproveitamento de jovens, já o sabemos, e pelos vistos muitos interesses em comissões e transferências para lhe encher o bolso. Nada disso, infelizmente, me soa a estranho, é o mundo do futebol hoje em dia, é a merda que temos, mas também se falava na altura que o JJ não tinha aproveitado o Bernardo, por exemplo, por não poder, porque ele já andava "prometido" para outros lados...

Bom, a questão é mesmo: que peso tem JJ na estrutura do clube onde trabalha e de que forma acham que a deixa preparada para o futuro, ou não?

Quanto às declarações, triste, como todos os outros o são. Mais tristes ainda os jornalistas que, em vez de fazerem perguntas sérias, perdem tempo a alimentar estas polémicas. Mas os mais tristes de todos são mesmo os adeptos que compram jornais precisamente por causa destas polémicas, porque, em parceria com os jornalistas que criam estas questões, são quem, por vezes, torna impossível que os treinadores não mostrem este lado vergonhoso deles, de quem passa tempo demais a ver jogos dos sub-19 do braisleirão e tempo de menos a aprender a respeitar os outros.



redbull1710 disse...

A Rui Vitória aconselho a seguinte resposta a JJ:

Nunca discutas com um idiota pois ele arrasta-te ao baixo nível dele e aí vence pela experiencia

Pedro disse...

DM
"Treinar é uma arte. É um trabalho técnico como qualquer outro."

Exacto, a arte tem uma componente técnica. Um humorista não e bom so porque tem sentido de humor, um pintor não e bom so porque tem criatividade.

Bergkamp,
"Na semana passada vi ao vivo outra equipa TOP a fazer "o mesmo exercicio", mas aquilo que os meus olhos viram ao vivo e em video era totalmente diferente. Porque quem organizou nao ]e a mesma pessoa, e quem realizou tambem nao. Pareciam exercícios diferentes quando no desenho são iguais."

Eu compreendo isto. Mas achas que isto tem a ver com o video, ou como dizes, com os teus olhos? E pa, porque vocês podem ter razão, mas eu tenho dificuldade em compreender que não exista quem consiga entender o que o Jesus faz. Compreendo que não operacionalizem da mesma forma ou ate que achem que aquela forma seja errada. (nem estou a por a hipótese de a pessoa para o fazer seja o Rui Vitoria)

Como ia dizer ao Blessing, agradeço imenso terem respondido desta forma, porque compreendi uma serie de coisas que não tinha bem presente. O meu conhecimento de treino (que não e nem de perto nem de longe ao nível do vosso) e no contexto do basket. Entendi que a forma como se preparam e operacionalizam treinos em basket e completamente diferente, o que de resto faz sentido, tendo em conta a particularidade dos momentos de defesa e ataque estarem mais bem definidos, e por isso não devo fazer paralelismos tao directos, ate porque o uso de analytics esta muito mais avançado no basket.

Deixa-me fazer uma pergunta, acham ou não relevante e/ou possível haver uma estrutura de futebol que tenha esta componente analítica e qual o papel que devem ter?

daniel duarte disse...

BINGO...
Não falhou uma... Mto bem

eusouassim disse...

É a primeira vez que leio por aqui uma avaliação de carácter. Estava habituado a ler avaliações tácticas e técnicas.
Este é de facto mais um comportamento reprovável. Mais um entre muitos. Como quando enquanto o SLB goleava o Nacional na Luz ele gozava com o Manuel Machado no banco, como fez o mesmo com o treinador do Tottenham, como quando ria no banco depois do empurrão do Luisão na pré-temporada na Alemanha, como quando gritou com Shéu Han, como quando empurrou um agente de autoridade no relvado, entre muitos outros.
Isto de facto é Jorge Jesus. Só lamento é que a avaliação de carácter só surja agora quando ele chegou ao Sporting.

Já sobre o recrutamento acho que é muito desequilibrada a avaliação. Chegaram às toneladas jogadores à Luz, muitas escolhas de Jesus, e que nunca renderam nada. No Sporting é bom não esquecer Ciani, escolha de Jesus. E Ruiz por exemplo não é escolha dele, como ele próprio já o disse em entrevista.

No resto concordo em absoluto.
Continuem com o bom trabalho!

Abraço

Mokoto. disse...

Terá Jorge Jesus algum defeito? Agora até no recrutamento é o maior do mundo.

Eeheheheh

Paolo Maldini disse...

Perna, cito uma frase minha numa das entrevistas ai no blog "Ele tem no Sporting uma dificuldade extra. A estutura envolvente não está preparada como estava a do Benfica para o ajudar. E não conseguiu levar um tipo importante para o Sporting, que tinha vindo de Braga com ele. Com o tempo provavelmente ele vai conseguir mudar isso, mas no imediato é uma dificuldade grande que enfrenta. E falo de observação, LAB, e tudo o mais que envolve o jogo. Ele é o melhor tacticamente, e ao que consta também no processo de treino, mas no Benfica já tinha uma estrutura anormalmente boa que o deixava descansado e liberto de muita coisa que ele não domina tão bem. "

Não foi dita há muito tempo e continuo a rever-me totalmente nela.

Sobre recrutamentos, carácter e afins, só estando lá e vivenciando ao lado. Dele e de todos os outros, se poderá perceber o que é vermelho, o que é azul e o que é verde. É por isso que as avaliações que sempre fiz por aqui são sp unica e exclusivamente tácticas. Aos modelos das equipas. Ao que fazem dentro do relvado! Porque tudo o mais são especulações! Se às vezes se tenta adivinhar outras coisas... é defeito :) E não se deve fazer muitas vezes! De qualquer das formas... o Jesus não mudou! Sempre foi isto... sou amigo de um ex jogador que era capitão numa das suas equipas que me contou dezenas de histórias. E confirma que o homem é horrível. Uma das histórias q contou foi mesmo ter dito ao próprio Jesus "Mister, você sabe muito de bola, mas tem de melhorar a componente humana..."

Para terminar Perna, é natural que ele e qualquer outro queiram acima de tudo ganhar, pq no dia que não ganhar é ele q é chamado à pedra!

Pedro disse...

"pq no dia que não ganhar é ele q é chamado à pedra!"

Era bom que assim tivesse sido. :)

"Só lamento é que a avaliação de carácter só surja agora quando ele chegou ao Sporting."

Penso que JJ nunca se tinha dirigido desta forma a um colega de profissão daí o reparo do post. Penso que se fosse a um jogador ou dirigente teria sido desvalorizado (como foi no caso do Sr. Sheu Han) mas como foi a um treinador, toca de maneira diferente aos bloggers do LE. Compreensível.

Blessing disse...

O mágico a fazer a defesa da honra dos bloggers. Adoro!

Paolo Maldini disse...

era bom q tivesse sido, pq se o RV tem entrado logo em Maio de 2013 era ele q era bicampeão, tinha vencido tb 1 taça e 2 taças da liga, e no ano a seguir repetiria outra final europeia, mas ao contrário do Jesus teria ganho, ne?

NELSON CALVINHO disse...

bingo, nao disse que ele era especialista em ganhar ao RV e ao Lopetegui, disse é que não é especialista a ganhar os grandes jogos

Ricardo Perna disse...

Percebo Maldini, e já tinha lido essa resposta. Mas crês então que ele não tem essa preocupação com a estrutura e o futuro? É que não ter essa preocupação fará sempre com que as estadias sejam mais curtas nos clubes (eu sei que esteve 6 anos no SLB, mas sempre com muito ou algum investimento no reforço do plantel), porque chega a uma altura que o investimento de fora vai ter de parar (na realidade portuguesa, pelo menos), e vai ser preciso potenciar o que há na casa... e aí ele já não terá vontade ou capacidade, já que sem estrutura por trás a apoiar, esse potenciar vai ser muito limitado, se não houver jovens para apostar...

Paolo Maldini disse...

ele n tem preocupação nenhuma, acho! Quer é ter os melhores jogadores possíveis disponíveis e trabalha-los como se n houvesse amanhã para ganhar. É isto e nada mais que isto. É o que me parece...

V. Branco disse...

Está aqui está o Djaló a ser candidato à bola de Ouro. É só o sporting lembrar-se de o contratar. Aproveitem e levem o Carlos Martins. É que basta Midas tocar et voilá!!

Tiago disse...

Para contextualizar a resposta do JJ, esta foi a pergunta que lhe foi feita:
Gonçalo Ventura (RTP): A outra pergunta tem a ver com o que disse ontem o treinador do Benfica. Sentiu muito isso? É obcecado pelo Benfica, é mau colega e tem mau carácter?

Hélder disse...

Atitude inqualificável, ao nível daquelas ao Manuel Machado, Sherwood e Shéu. Nada de novo.

Por isso, por mais campeonatos que ganhe, aquela imagem ajoelhado nao vai sair da memoria de ninguem...

João Filipe Abreu disse...

Podemos copiar exercícios, podemos copiar métodos, o que não podemos copiar é a visão dos problemas, em si. Todos vemos o jogo de forma distinta, identificamos problemas distintos e vamos procurar resolver esses mesmos problemas, através de métodos que dominamos e que entendemos ser adequados. Como posso eu copiar um exercício, um método, se não sei qual a sua finalidade, nem tão pouco que solução é aquela?

Temos uma visão do jogo única. Temos formas de interpretar o jogo únicas. Há uma base, há ideias generalistas, depois há os que inovam e há os que revelam incapacidade de inovar.

Primeiramente há que procurar o problema. Depois trabalhar na solução. Copiar o quer que seja, não resolve, pode disfarçar, mas se não entendemos o problema, como podemos aplicar a solução?

Sabem quais são os treinadores que chegam ao topo? Aqueles que dominam o básico, mas que depois têm a capacidade de aplicar esse conhecimento de forma empreendedora, de forma inovadora e que procuram sempre novas abordagens, respeitando as bases. E claro, tempo, é preciso muito tempo. Já agora, passar dos livros para o campo, aspecto que nem todos têm a chance, claro.

leaodasilhas disse...

Da mesma que forma que apresentam argumentos para sustentar as vossas opiniões sobre o jogo, também o deveriam fazer para justificar a vossa opinião sobre as declarações de Jorge Jesus sobre Rui Vitória.

Inqualificável porquê?!

Não falem de cor. Vejam este vídeo e depois digam-me o que é inqualificável: se o que disse Jorge Jesus ou se a atitude do jornalista que faz a pergunta.

https://youtu.be/cJX6juPfv18

Calheiros disse...

não desculpa, mas ajuda a explicar

http://misterdocafe.blogspot.pt/2016/01/exclusivo-jorge-jesus-come-rui-vitoria.html

7tacuara7 disse...

Todos eles apostas pessoais do JJ, já conhecedores do seu trabalho aquando das suas contratações, em equipas anteriores. Diga-se: João Pereira (no Braga), Bruno César (Benfica), Eliseu e Rúben Amorim (Belenenses), e César Peixoto (Braga).

Miguel Pinto disse...

Touché :)

JHT disse...

DC: "JHT desculpa lá, não te conheço de lado nenhum e li o "ai ui" e achei que não valia a pena continuar. Fica para a próxima quando me apetecer ler comentários que comecem por interjeições."

Ai ui que resposta tão incisiva e engraçada. Mentira, é só mesmo uma piada forçada que revela insegurança e cobardia intelectual. Estás numa caixa de comentários de um blog e só discutes com pessoas que já conheces para não saires da zona de conforto.

PS: E pelos vistos Jesus até foi manipulado pelo jornalista, como já outros apontaram aqui, respondendo a um fictício insulto que pediria uma resposta do nível da que ele deu.

Pedro disse...

Blessing, espero que não seja ironia. Discordamos muitas vezes mas o respeito que tenho por vocês não é beliscado.

Maldini, só há RV para substituir um derrotado JJ? E acho que até RV ganhava ao Sevilha... :)

Blessing disse...

Não era ironia...

Aza Delta disse...

Pedro: Não viesse o RV vinha o Paulo Fonseca, que depois não chegou a Março contra o Benfica de Jesus no ano a seguir. Ou vinha o Marco Silva que com o mesmo plantel do sporting actual + nani e carrillo estava arrumado da luta pelo título por esta altura. Como dizes, alternativas não faltavam, e são todos bons treinadores. Pena é não serem tão bons como o gajo que tu tanto criticas.



venis disse...

Depois da família do Jorge (possivelmente o seu avô) ter inventado o futebol, agora, jorge (o neto) inventa o recrutamento eheh ahah

disse...

O jornalista faz muito mal a pergunta. Acreditar que Jesus não conhecia as declarações que Rui Vitória tinha proferido 24 horas antes...ya, claro! Então não? É lá obcecado o JJ!

escritor de pacotilha disse...

Zé, quais 24 horas antes? A pergunta do obcecado foi na conferência de imprensa pós-jogo contra o Marítimo.

Pedro disse...

Marco Silva com o mesmo plantel? LOL
O gajo q está a bater recordes na Grécia?
O gajo que deu uma taça ao scp com todo aquele ambiente adverso contra si?

Sim, deveria ter umas dificuldades em pegar no SLB em 2013, com o melhor plantel da história recente do clube, e varrer internamente. Provavelmente não ía à final da LE pq teria seguido em frente na Champions...

Mas claro, não há qqr alternativa a JJ. Aliás, prevejo que o scp feche igualmente portas quando JJ sair do clube.

Aza Delta disse...

Lol, porque treinar o Olympiakos na liga grega é um desafio dos diabos...

O plantel do Marco Silva em 2014/2015 fica atrás do Jesus em quê exactamente? Nani e Carrillo estavam lá, e são superiores a qualquer opção que o Sporting de momento para as alas. W. carvalho não esteve lesionado de Junho a outubro. E repito, o Sporting estava a 10 pontos da liderança. este ano está 4 à frente.

Nuno disse...

Na entrevista a SIC o JJ diz que ele adapta os treinos em funcao dos jogadores que tem e dos adversarios

Interessante seria saber mais dos principios que segue

http://sicnoticias.sapo.pt/desporto/2016-01-08-Sou-o-que-sou-e-nao-vou-mudar

Nuno disse...

Na mesma entrevista a SIC o JJ admite que politicamente correcto nao e para ele

Nisso lembra-me outros 2 grandes treinadores lusos: Mourinho e Pedroto
E outros internacionais: Van Gaal, Simeone, Cruyff, Ferguson etc

http://sicnoticias.sapo.pt/desporto/2016-01-08-Sou-o-que-sou-e-nao-vou-mudar

Nuno disse...

E aquela questao dos treinos "dele" sao muita lindos mas depois aquilo nos jogos nao da nada...

Benfiquista Primário disse...

Muito mais grave, ainda, do que as declarações de JJ, é elas terem vindo unir os benfiquistas em torno do bombom de cebolada! Isto sim, é preocupante para nós. Temos perdido todos os jogos grandes e ganho os outros sem futebol, graças a rasgos individuais. Isso não chega para ganhar campeonatos, desde que haja pelo menos um rival que tenha mais que isso. E a produtora de humor do Lumiar, contrariando a sua história de comédia involuntária, tem muito mais que isso: tem um treinador excelente, a anos luz de todos os outros em Portugal, tem fio de jogo, tem processos colectivos sólidos em todos os momentos do jogo...

JJ não é candidato a Prémio Nobel da Paz, que eu saiba. É candidato a ser campeão nacional de futebol. E sabe que os frutistas e o bicampeão têm muito mais hábito de ganhar, melhores planteis e...muito piores treinadores!! Por isso defendeu o Flopetegui, por isso atacou o Rui Derrota - para que o clube e os adeptos o defendessem e a sua posição saísse reforçada...pelos vistos, está a conseguir...as poucas esperanças que eu tinha que despedíssemos o Rui Derrota e contratássemos um treinador a sério esfumaram-se esta semana...continuem a vitimizar o bombom de cebolada e a defender a sua continuidade, mas depois não se queixem de ver o nosso Marquês pintado com a cor errada.

Mokoto. disse...

"Até no recrutamento" eheheh

Deveriam ter esperado mais umas semaninhas até escreverem isto.