terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Aprender com os jogadores

Um exercício tão masoquista quanto encontrar uma agulha num palheiro é perceber a inteligência que reina em Barcelona. Mas, mais difícil do que isso é entender o que se pode aprender com o que os jogadores de lá fazem. Então, por que raio, numa equipa de posse, Iniesta recupera a bola e não guarda? As vezes guarda, as vezes acelera. Por vezes dribla, por vezes conduz, outras vezes solta. Não há padrão. Ou será que há, e não nos apercebemos? 




Nem posse, nem transições. Decisões. Contexto. É assim que os melhores jogam o jogo. Não decoram. Entendem. Vai curto, e vai longo. Segura ou solta. Tudo consoante a situação de jogo. É esta a lição que Iniesta me deu, onde Xavi (o melhor decisor da história do jogo) foi rei. 

5 comentários:

DC disse...

O mais incrível para mim nem é ver o Iniesta, Xavi ou Busquets que andam nisto há 20 anos. É ver o Suarez a chegar cá e melhorar o perfil de decisão 1000% numa época. A inteligência no Barça é contagiante.

Blessing disse...

Barcelona tem coisas extraordinárias. Essa é outra delas. O contexto para aprendizagem, para os que vêm de fora

Fabio Correia disse...

Bom post Baggio como sempre ! Concordo em absoluto, nao é decorar o jogo mas é entender ! Baggio na equipa que eu treino (Suíça, escalão regional), eu tento o melhor possível fazer entrar na cabeças dos jogadores que antes do fisico e a tecnica o que importa mais é a capacidade de analisar o jogo e perceber o jogo no seu global. Assim por exemplo os meus centrais podem jogar como meios criativos, porque eu quero, mesmo no eixo da defesa, inteligência.

Eu acho que inteligência é algo de difícil de trabalhar, isso vai com os jogadores, alguns sao dotados outros nao...Creio que isso é o factor mais limitante nessa aprendizagem (como na escola, bom o mau aluno). Contudo desde a metade da primeira volta que eu aplico um "jogo" todos os treinos e esta a dar resultados muito alem do esperado....Aquele jogo basico onde tens duas equipas, cada uma com 3 balizas para defender/marcar mas com 2 ou 3 bolas em jogo....Basico sim mas ainda nao encontrei algo que trabalhar mais a capacidade de analisar o jogo.

RS disse...

DC, assim eles queiram aprender...

Carlos Paixão disse...

Melhor espanhol de sempre??? Decide como xavi e conduz como messi?