quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Julio Velásquez - O futebol precisa de mais como tu, venhas de onde vieres

Não é por ser Espanhol, porque até podia ser de Marte.

"É uma equipa que tem um bom ataque e com várias alternativas. Mas se nos concentrarmos apenas nas qualidades do rival e em defender, no final o normal é sofrermos cinco golos. Confio nos meus jogadores, estou muito orgulhoso e estou convencido de que a equipa vai dar a cara"


"A nossa ideia de jogo será sempre a mesma. Vamos tentar protagonizar o encontro dentro das nossas possibilidades. O Benfica tem a obrigação de ganhar. Nós vamos desfrutar pois não temos nada a perder, mas sim tudo a ganhar. Sabemos as dificuldades, mas vamos manter a nossa ideia de jogo e a ilusão de conseguir um bom resultado"



"Autocarro? Não. Nem contra o Benfica nem contra ninguém. Para isso prefiro não treinar. Prefiro jogos atrativos para que os adeptos desfrutem. Umas vezes ganhas, outras perdes, mas trata-se de sermos fieis às nossas ideias e ao nosso plano de jogo. Seja o Benfica, o Manchester United ou o último classificado da Liga. A ideia será sempre a mesma. Em busca da vitória"



Podem vir a ser o Rayo de Portugal. Numa imagem de jogo super positiva, de mega valorização do espetáculo, dos adeptos, mas principalmente dos jogadores. Acabe o jogo como acabar, e terminem na classificação que terminarem.


Ate porque, jogando com estas ideias, estará sempre muito mais próximo de defender, do que com os autocarros que se vê por aí. Sabendo-se que tem consciência de que nem sempre vai jogar como quer. Restará saber se consegue operacionalizar isso tendo em conta as duas fases do jogo - ofensiva e defensiva. 


"A nossa ideia será sempre a mesma, mas no futebol tens adversários e há equipas que te obrigam a estar em posições mais adiantadas ou mais recuadas no terreno, mas a ideia será sempre a mesma. Jogar sempre para ganhar, mas de acordo com aquilo que o adversário te irá permitir. Nem sempre se consegue colocar em prática o que tu pretendes...".

3 comentários:

Bernardo Ferrão disse...

Bergkamp, é já terça-feira... Sabes do que estou a falar. Depois digo-te como correu ;)

David Cardoso disse...


Este post fez-me lembrar uma entrevista aqui do link abaixo, é uma pena existirem poucos treinadores com ideias do tipo sobre o jogo ou será que existem vários mas não tem é oportunidades num mundo de influencias como é o futebol??

https://www.ligabbva.com/revista-libero/140594/paco-jemez-si-la-gente-sale-del-campo-y-se-ha-divertido-ya-hemos-ganado/

R.B. NorTør disse...

Depois de um Sá Pintas, que evolução em Belém!