quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Quantos mais defesas, ou jogadores de características defensivas, melhor se defende.

Uma das velhas máximas do futebol. Ontem foi Gary Neville a personificar, uma vez mais, este tipo de pensamento. O futebol tem dado de forma gradual passos decisivos para a sua evolução, mas ainda há muitos que não compreendem o fundamental. Posicionamento. É isso que define a excelência defensiva e ofensiva. Não são as características dos jogadores, por se resguardarem mais do ponto de vista defensivo, por defenderem melhor (ou estarem mais habituados a defender) situações de 1x1, por exemplo. É a forma como coordenam os movimentos em função da bola, da baliza, e dos colegas. É o treino. E o que andas tu a fazer nos treinos, Gary? Planear em função de uma ideia colectiva? Será?!

PS: Aquela perda de bola de André Gomes no primeiro golo do Barcelona é um dos factores pelos quais nunca se superiorizou à Matic e Enzo, enquanto andaram todos por cá. Deixava sempre Jesus furioso. É uma daquelas coisas em que ainda terá muito que evoluir, para não comprometer e estabilizar o rendimento.

5 comentários:

L. disse...

o valência já tem tido opções no mínimo questionáveis relativamente a treinadores. quique flores foi corrido quando ia em 3º numa liga com real e barcelona - não se sabe bem porquê. tinha limitações? teria, mas a verdade é que depois caíram quase até ao meio da tabela. o nuno santo também as tinha - mas ainda assim ia fazendo alguma coisa com um plantel que não era assim tão fantástico. desde que saiu - meia dúzia de empate e ainda mais derrotas, zero vitórias. e, pior que isso - menos ideias que antes de o nuno sair.

Duarte Palha disse...

E o jogador em que Suarez se está a tornar? Já merecia uma "menção honrosa".

Paolo Maldini disse...

No fim de semana passado tinha tido um convite para estar com a equipa técnica do Gary Neville durante 4 dias. Estar junto ao relvado nos treinos, estar na concentração, jantar, debater, ver o jogo com o Sporting na zona vip q é reservada aos amigos da equipa técnica. Com muita pena minha tive de recusar porque tinha um jogo importante... Esteve com ele durante esse período outro amigo meu... contou-me algumas coisas que me surpreenderam bastante, mas que não posso revelar. Destacarei apenas um "não sinto que esteja longe ou que saiba menos do que eles que estão no top dos tops". Esta é uma grande experiência para evoluir. Deve ser assim que devem pensar...

Já agora para os mais curiosos, o Ângulo diz que não esquece o Tacuara! Sabia alcunha dele e tudo!

Paolo Maldini disse...

fortissimo Duarte! Está no sitio certo!

Blessing disse...

Maldini o artigo do Suárez é para mim. Eu trato disso.