segunda-feira, 7 de março de 2016

Aposta mais segura da semana. Liga dos Campeões.


Real de Zidane a partir de um 442 nos momentos defensivos. Com Benzema de fora, deverão surgir os velozes Bale e Ronaldo na pressão na frente. Defensivamente tudo o que está definido é muito geral. As linhas de 4 e os dois na frente, sem qualquer articulação em função dos colegas. Pouca agressividade a recuperar para trás da linha da bola e muita passividade. Ofensivamente o mérito de escalar os mais criativos e com melhor qualidade técnica. Isco, James, Modric e Kroos guardam a bola para sempre e encontram sempre soluções para lançar os velozes da frente.
Depois de perdida a Liga interna, sobra a Champions. Na recepção à Roma, pela muita qualidade individual que mostra com bola não deverá falhar, o Real.



Vai surgir em Madrid condenada a equipa da AS Roma. Apesar do bom momento que atravessa.
Muita dinâmica ofensiva a equipa de Spalletti. Em organização ofensiva, é Digne, o lateral que dá profundidade no corredor esquerdo, enquanto que à direita tal fica entregue ao veloz Salah. Perroti sai do corredor esquerdo onde aparece em situação defensiva para se mover entre linhas. Naingollan, o médio interior que em organização ofensiva se esconde no bloco adversário através de movimentos mais verticais, aproximando-se de El Shaarawy. Imprevisivel e criativo o futebol da equipa romana.
É sem bola que as dificuldades surgem. Distância da última linha para a linha média permite ao adversário criar dentro do bloco. Algumas dificuldades em restabelecer rapidamente equilíbrios e a necessária concentração defensiva são os traços menos bons da equipa italiana. Em Madrid, o desnivelar individual fará a diferença.





Sem comentários: