quinta-feira, 3 de março de 2016

Diferença individual no clássico de Alvalade

Aproveitar o excelente trabalho da equipa onde trabalha a Mariana Cabral para vincar mais uma vez a diferença individual entre Sporting e Benfica. (AQUI!) Aquilo que o Sporting tem feito ao Benfica, e ao Porto, mostrando uma superioridade avassaladora de processos, fazendo crescer as suas individualidades, fazendo decrescer as individualidades do adversário, e conseguindo vitórias, fazendo parecer que individualmente têm o mesmo nível, é nada mais que o resultado de uma pequena amostra (reduzido número de jogos) nesse mesmo contexto. É o mesmo que se passa, por exemplo, em competições a eliminar. Num jogo, em dois jogos, tudo é possível. Ao longo de uma época, as diferenças individuais são mais difíceis de disfarçar. Por que motivo o Sporting não se mostra tão absolutista ao nível dos resultados contra equipas inferiores do ponto de vista individual como se mostra contra equipas mais dotadas? Porque os seus jogadores, que têm qualidade, não têm tanta quanto os dos seus rivais. Por isso, e por isso só, o Sporting sofre, e não é hoje super favorito à conquista do título. Porque os seus jogadores, no longo prazo, precisam de criar muito mais situações do que os rivais para finalizar. Para disfarçar os erros na execução, e na tomada de decisão, que se vão cometendo ao longo das ocasiões criadas. Como sempre fomos dizendo por aqui, iria ser um campeonato muito disputado até ao final, como o está a ser, porque seria muito difícil não se fazer sentir a diferença individual que a equipa melhor preparada colectivamente tem para as outras. Os números do Benfica, ainda que um pouco surpreendentes, vincam bem as diferenças que existem. Muita qualidade para executar para os comandados de Rui Vitória, e muita criatividade individual junta. Menor qualidade de execução para a turma de Jorge Jesus, e pouca criatividade individual. Ainda que na maior parte das vezes, e apesar das diferenças, os mais criativos que tem não joguem todos no mesmo onze. Por isso, e mais uma vez, ainda que o Sporting se mostre bem superior nos processos (como se espera), e no resultado, o campeonato ficará em aberto até bem perto da última jornada. E continuam a ser três, os candidatos!!!

31 comentários:

DC disse...

Só discordo que também tenhas falado do Porto. O porto tem neste momento duas individualidades e uma delas anda a passear em campo: Brahimi e Corona.
Em todas as outras posições o Sporting ou está melhor ou num nível muito semelhante.
O Benfica tem o melhor plantel a uma distância grande.
O Porto pode até, em momentos muito muito raros da época, ter juntado um 11 relativamente forte, mas depois é olhar para o banco e ver Marega, Chidozie, Angel, etc... E lá está, foram momentos raríssimos porque o que temos visto é Chidozie, Angel, André, Varela, Suk a serem titulares muito frequentemente.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Interessante - afinal a estatística quando minimamente contextualizada tem lá o seu objectivo. Nem que seja para reforçar o óbvio.

Só não gostei nada do final. Então o Jonas é mau ou péssimo porque só fez dois remates à baliza? Opá estragaram tudo.

"Sem remates não há golos?"

Bem, o meu vizinho de baixo não diria melhor. Mas o que é que isso tem a ver com o Jonas? É pelo facto de ele ser "o mais rematador do campeonato"?

E????

DM disse...

Ponto-chave do post:

"Ainda que na maior parte das vezes, e apesar das diferenças, os mais criativos que tem não joguem todos no mesmo onze."

Podias ter escrito apenas isto e resumias o porquê de o Sporting ter tanta dificuldades contra as equipas pequenas. Acrescentava só a falta de um finalizador decente como tem o Benfica (Jonas) ou o Porto tinha o ano passado (Jackson).

viciadoemfutebol disse...

Em relação ao SCP acho que vai vencer o jogo , apesar do SLB do RV neste momento ser uma equipa muito forte do ponto de vista ofensivo e ter muito mais qualidade individual do que o SCP , que sem o JJ ou algum treinador desse nível dificilmente estaria a lutar pelo título tendo em conta a desigualdade de forças que existe entre o SCP e os outros 2 grandes , que é enorme...

O SLB caso consiga marcar primeiro neste jogo acho q ficará dificil para o SCP dar a volta pq parece-me que este SLB de RV encontrando-se numa situação de vantagem é uma equipa que defende bem e com linhas bem juntas , creio que o único jogo , pelo menos para o campeonato, que o SLB marcou primeiro e não ganhou foi contra o FCP , embora penso que tenha sido mais obra do azar tendo em conta a enorme noite do Casilhas.

Pontapé Longo disse...

Excelente!


Barça de Guardiola menos imprevisível que o de Luis Henrique por amarrar mais os criativos aos principios colectivos ou menos talentoso no ultimo terço?

Blessing disse...

DC, aceito isso.

Edson, concordo. Mas acho que a crítica era para a equipa no global, por não servir Jonas.

DM, é... por não ter Carillo. Ele resolvia isso tudo.

ricnog disse...

Sporting perdeu, dois dos seus melhores jogadores individualmente - carrilo e montero. Penso que o grande problema do sporting continua a ser a interpretação que os jogadores fazem da parte defensiva. Neste momento, penso que isso faz-se sentir em termos qualitativos nos jogadores e na confiança. De resto percebe-se que o sporting cria e cria demasiadas ocasioes de golo para ganhar jogos.

Não acho que a diferença entre porto e benfica em termos individuais seja tão grande. Jardel, ou lisandro, ou Lindelof, ou eliseu ou andre almeida ou talisca, ou guedes são jogadores demasiado banais.......! o benfica destaca-se por ter dos melhores jogadores de sempre do nosso campeonato - jonas. Depois tem gaitan que é um bom jogador, mas como tambem e brahimi ou corona, ou bryan

ReD_WinG disse...

Ok, e os jogos nas competiçoes europeias nao sao considerados contra "grandes"?
Qual a razao do Sporting e Porto terem falhado redondamente, e o Benfica (que teoricamente é fraco contra os grandes) ter sucesso?

Clarence Seedorf disse...

oh malta, e o bueno?!

Blessing disse...

RedWing, bom comentário pá.

DM disse...

Estamos a falar do Carrillo... ou do Nani? Não acho que o Carrillo fosse isso tudo. Nem que os problemas do Sporting fossem resolvidos por ele. O Carrillo, apesar de ser um grande jogador, não está ao nível do Nani. Na finalização, então, estava a anos luz.

GV disse...

Blessing, eu realmente acho e sempre achei que o Benfica tem melhores individualidades em especial no ataque e acho que tem problemas coletivos, vês-se nas transições, na saída de bola, etc. Concordo também que o JJ consegue, mas nem sempre, demonstrar bons processos a funcionar no coletivo do Sporting.
Agora, não posso deixar, mais uma vez, de dizer que não entendo que no ano passado se dissesse que o Sporting estava até nivelado com Benfica em termos individuas, e, agora, se diga que que há um claro desnível individual.
Aprendo muito neste blog e no Posse de Bola, mas parece que os argumentos se adaptam às circunstâncias em que a equipa do JJ se encontre.

Cumps,

Blessing disse...

GV, eu cá acho que não aprendes nada. Dizes que aprendes alguma coisa, como muitos dizem, para parecer bem. Porque parece que dizendo isso, ou que são leitores assíduos, ou que seguem o blogue há anos, ganham legitimidade para dizer todo o tipo de disparates. Mas é só a minha opinião. Por favor, relembra-me lá, Carrillo e Nani fizeram a época toda com Marco Silva, nê?

Barbosa disse...

Epá os comentários ao vídeo mostram que não há mesmo esperança para Portugal! :D

Eu costumava achar que isto no futebol, como na vida cívica e social, com jornalismo de qualidade e q.b. de educação ia lá, mas desiludo-me de dia para dia.

Quer no artigo quer em algumas conversas que se vão tendo por aqui, há um bocado a ideia de que Jesus joga com o que tem. Mas ele certamente saberá a falta que lhe fazem os tais criativos (lembro-me que o referiu após o empate a zero com o Boavista). No entanto em Janeiro foi buscar dois centrais (tem cinco), um lateral e um avançado que não me parece particularmente desequilibrador no 1x1. (Mais criativo era o Montero e está na China). Há Bruno César, mas também não sei se é bem o perfil de criativo que se está a discutir. Sendo óbvio que o Sporting não teria capacidade para ir buscar um Nani ou mesmo um Carrilho, as escolhas de JJ não parecem ter incidido particularmente no factor criatividade. Priorizou outras coisas? Se bem ou mal, só se saberá em Maio.

Uma coisa acho que é óbvia. Com Carrilho e Nani nas alas a esta hora já não havia campeonato.

bio disse...

Porra GV, Nani e Carrillo neste modelo? O Sporting levava bastante mais vantagem.

Gonçalo Mano

PS: desculpa blessing, li depois...

chivas rebull disse...

Então mas o ano passado o plantel do Jesus não tinha falta de qualidade em muitas posições e era curto?
É que este ano o tipo que vocês dizem ser fraco tem tido bastantes mais dificuldades a nível de lesões e o plantel até é pior

Baresi disse...

So de pensar que perdi uma aposta no jogo Valencia-LasPalmas onde os ilhéus fizeram 0 remates na primeira parte e foram a ganhar 1-0 para o balneário...

B Cool disse...

Não percebo essa ideia do Benfica ter o melhor plantel.
Afinal qual é o melhor GR - Júlio César, Rui Patrício ou Iker Casillas?
Qual ou quais dos defesas do Benfica entravam nos onzes adversários - André Almeida, Nelson Semedo, Luisão, Lisandro, Lindelof, Jardel, Eliseu, Grimaldo?
Quanto aos médios centro, quem queriam - Samaris, Renato, Fejsa (o homem de cristal)?
Aceito que se diga que o Benfica tem Pizzi, Gaitán, Jonas e Mitroglou, mas não dizem que Ruiz e João Mário ou Brahimi e Corona são superiores a Gaitán e Pizzi?
Sinceramente esse argumento da superioridade do plantel do Benfica é pouco coerente com certas afirmações que foram sendo feitas ao longo da época.

Atenção que não me estou a dirigir especificamente aos autores do blog, mas tenho lido muitos comentários por essa internet fora que conseguem desprezar individualmente a maioria dos jogadores do Benfica e depois enche-se a boca a dizer que o Benfica tem o melhor plantel. A isso chama-se falta de coerência.

Pessoalmente acho que olhar para as estatísticas, em especial as mostradas no vídeo, explica muito pouco, porque essas estatísticas descrevem o que se passou e não as razões para o que se passou.

Baresi disse...

Por fraco deduzo que estejas a falar de Rui Vitoria. (Atencao que sou benfiquista mas nao confundo as coisas).
Se o plantel é pior, foi ele que o escolheu.
Ficou com quem quis (custaram 80M€) e dispensou/emprestou quem quis (mais 40).
JJ fez o ultimo jogo com um quarteto defensivo que em Dezembro nao pertenciam ao plantel e nunca jogaram juntos. Patricio nao fez uma defesa, num dos campos mais dificeis pra jogar em Portugal.
Sendo benfiquista, mas gostando de futebol, tem sido bastante curioso ver este Sporting de João Mário e Ruiz crescer colectivamente, com tao pouca qualidade individual (comparando com o que os seus adversarios têm á disposicao)

GV disse...

Blessing,
Não tenho tempo para ir buscar comentários e posts da época passada, do inicio da época e outros mais recentes e vermos a evolução dos mesmos. Mas digo o seguinte:
Será que o Nani e o Carrilho estariam juntos no onze contra o Benfica ou mesmo em geral por defeito? A outra saída, por opção do clube, o Montero, até então alguma vez foi aposta clara do JJ?
E o Benfica? Não ficou sem o corredor direito até aqui? Um definitivamente e o outro por lesão. A defesa não ficou sem 2 titulares, o tal que saiu do corredor direito e um central por lesão e depois outro? Etc, etc…?
De resto estou de acordo que o Sporting tem processos benéficos assimilados à JJ e acho que o Benfica beneficiaria com mais/outros processos do que os que demonstra ter, exceto no ataque.
Com o JJ hoje no Benfica, com a classificação como está em vésperas do derby e com os putos que já jogaram no Benfica, parece-me que por esta altura os elogios seriam mais que muitos às enormíssimas adaptações que o JJ estava a fazer após saídas, lesões e afins…
Já sei, já sei, não precisas de repetir… não percebo nada, não aprendo nada e venho aqui arvorar-me, porque fica bem, de leitor assíduo há anos (sim, porque não leio assiduamente e comecei há dois meses, aliás, a ler em geral), em bicos de pés, à procura de uma qualquer suposta legitimidade… bã…
Em quase tudo na vida, com os mesmos factos, é possível argumentar algo e/ou quase o seu contrário. Não me parece bem, aqui, é que se use essa condição, quase, ou mesmo, invariavelmente em defesa do JJ. Tu é que és um dos autores, é contigo, mas acho excessivo.

GV disse...

Gonçalo, vê a resposta que dei mais abaixo sff.

Blessing disse...

Nani e Carrillo não seriam titulares. Isso é uma questão séria, ou mais uma vez é só para brilhar?

Então o Sporting não esteve sem William durante quanto tempo?!

E sem João Pereira? E sem Jeff? E sem Naldo? E sem Ewerthon? E sem Paulo Oliveira? E sem Bruno César que ainda agora chegou? E sem Mane? Não foi obrigado a jogar com Gelson, Matheus, Esgaio, Tobias? E queres mesmo comparar esses ao Lisandro, Ao Nelson Semedo, André Almeida?! É para rir não? Só o facto de ter perdido o melhor jogador e único grande desequilibrador deveria chegar para justificar tudo.

Então a linha defensiva do Sporting não tem sido João Pereira, Zegelaar, Rúben Semedo, e Coates? Tudo remendos de meio da época não?! Isto é tudo muito giro ir buscar este e aquele argumento. Mas é como digo, ah e tal não faço isso porque. Pois. Nota-se.

É factual que a linha defensiva do Sporting, inclusivamente Patrício não têm qualidade para jogar no Benfica. Os do Benfica são melhores. Jardel é melhor que Paulo Oliveira e Naldo juntos. Nelson que João Pereira. Eliseu, sim, Eliseu que Jeff. Todos os jogos do Sporting e em quase todos golos sofridos se notam os erros individuais, derivados da falta de qualidade. O meio campo é do Sporting, com João Mário, Adrien, ou William. Mas para os da frente, há Gaitan, Pizzi, Jonas, e Ruiz. Isso dá 3 do Sporting. Mas alguém tem dúvidas disto?! Se é para ser sérios, então vê se és um bocadinho também. Pode ser que eleve a discussão.

Pedro disse...

"Se o plantel é pior, foi ele que o escolheu. "

Rui Vitória? Achas mesmo que o RV escolheu seja o que for no SLB??
Escolheu os putos da B que quis meter no plantel principal e pouco mais...

Quanto à valia dos planteis aposto que se JJ fosse para o Barcelona por aqui seria defendido que Messi já estava velho e que Neymar é um inconsequente só para enaltecer o mérito do catedrático num possível sucesso. Já conhecemos o LE nesse aspecto. Tranquilo. :)

GV disse...

Não vale a pena listar argumentos de quem teve mais lesionados e ausências, etc, só dei alguns exemplos (lista não exaustiva). Como disse, com os mesmos factos dá para enfatizar algo e o seu contrário. Torna-se assim uma perda de tempo e uma discussão estéril. Mas para rir é listares o Bruno César como ausência antes de chegar.

A questão de fundo é outra, é a utilização recorrente da tal condição que refiro em proveito, por defeito, do JJ.

Sobre o Nani e o Carrillo, a questão que coloco é se eram ambos titulares, em simultâneo, portanto. Eu tenho muitas dúvidas que assim fosse, é isso que pretendo transmitir com a questão.

De resto, lá consumi algum tempo (embora "ah e tal não faço isso porque") e procuro responder-te com algo escrito por aqui:

"A perspectiva de que terá de investir como nunca para satisfazer as necessidades do seu treinador é falsa. O plantel do Sporting não é tão inferior ao do SL Benfica como sempre se pretendeu passar, ainda que com a saída de Nani, não existam por Alvalade autênticos jokers como Jonas ou Gaitán. Em tudo o mais, sempre vimos no SL Benfica jogadores a renderem ao máximo do seu potencial por integrados num modelo de jogo extraordinário na realidade portuguesa.


Pensar que Adrien, William, Paulo Oliveira, Jefferson, Montero ou Carrillo têm assim tão menos qualidade que Maxi, Eliseu, Jardel, Samaris, Pizzi ou Lima (e aqui está mais de metade da equipa titular campeã) é de loucos. Foi sempre o colectivo de Jesus a fazer emergir as individualidades. Por isso, sentiram sempre mais estes a partida que o colectivo benfiquista sentiu a falta de quem quer que fosse.

E se as maiores dificuldades individuais do Sporting são no sector defensivo, ninguém melhor que Jesus para não o temer. Com a sua competência tornou campeão um Benfica praticamente ao mesmo nível individual no sector mais recuado que o actual Sporting."

Ou seja, aqui, em junho, mantinha-se a toada de equiparar o nível individual já sem Nani. Admite-se a questão dos jokers, mas não lhe é dado especial destaque, JJ é que foi superior!
Montero não era aposta, resume-se assim a Carrillo a diferença? Sabendo até que entretanto veio o Bruno César (que aliás já era uma ausência antes de chegar...). E sabendo também que sairam Lima e Maxi dos listados acima. (Mais uma vez, lista não exaustiva, apenas para salientar o ponto).

O que dizer de "praticamente ao mesmo nível individual no sector mais recuado" versus o que disseste no teu comentário anterior?

Mais uma vez, eu não enjeito as qualidades do JJ, mas acho excessivo...

Blessing disse...

Dizer que se estava a contar com a linha defensiva normal. E mesmo assim, se admite que são inferiores. E se são inferiores, os suplentes nem se fala. Também, confesso, alguma falta de conhecimento de Naldo Sobretudo. O que não percebes, ou não queres perceber é, não é que os jogadores do Sporting sejam maus. Os do Benfica é que são melhores que os melhores do Sporting. Isso percebe-se fácil. E essa diferença tem feito de facto a diferença. O Sporting cria, cria, cria, e não marca. Porquê?

GV disse...

O meu ponto não é esse e acho que o deixei bem claro!

Repara que já disse que acho e sempre achei que o Benfica tem melhores individualidades (sem que isso torne más as individualidades do Sporting). Esta época, na anterior, etc.

E a linha defensiva do Benfica é a habitual?
"Dizer "praticamente ao mesmo nível" é enfaticamente muito diferente de "admite que são inferiores".

Blessing, já fui para lá do que queria em reação às tuas apreciações extra ao meu primeiro comentário. Eu não sou um "hater", aliás este é o blog sobre futebol que mais gosto de seguir e aqui aprendo, acredites ou não. Faço alguns comentários eventualmente provocadores que gostaria que contribuíssem para que não se verificasse, de forma, para mim, tão exagerada, o tal ponto que tu sabes qual é.

Um abraço

ricnog disse...

falas se que montero nao era titulr....saiu em dezembro!!!! Jonas nao era titulr em janeiro no benfica........!!!!!foi peça fundamental no titulo e esta a ser actualmente......montero nao seria? Carrillo nao seria peça fundamental no sportimg. tal qual gaitan é no benfica???? e falhou muito jogos no benfica.....mas o problema e que faz falta.......!!!!! sera que nani nao faria falta a este sporting??????? e a este benfica, faria falta o nani? e a este porto, fazia falta o nani?

facil e falar de um treinador que (e bem) aproveitou os momentos de forma de jogadores par dizer que lancou jogadores das camadas jovens, para fazer goncalo guedes, nelson semedo, nuno santos.

JJ no benfica das camadas jovens, do mesmo modo, lancou: facio coentrao, andre alemida, andre gomes, bernardo, ivan cavalero....e dp houve outros importantes, que fizeram deles jogadores, embora estrangeiros que podia inumerar e nunca mais acabar. E obvio que se enganou com nelson oliveira, fabio faria, miguel vitor, luis martins, david simao, djalo, etc............!!!!!!

que seria do benfica sem ests jogadores que JJ contratou????????????ok....foi a estrutura, nao ele......!!!!!!
ehehehe

bjorn disse...

adoro futebol, vejo futebol há 30 anos mas continuo sem perceber um a ponta de um chavelho, porque quando o slb joga o mundo perde os seus contornos. Mas de lógica e argumentação percebo um bocadinho e, na minha humilde opinião, 15 a jero do GV ao outro e sem o complemento da arrogância on the side. a memória da nuvem é lixada.

Miguel Pinto disse...

Por mim dou por terminada a discussão: vitória do Blessing por knock out no 1° round :)

Miguel Pinto disse...

Refiro-me ao seu comentário à 01.48.

Passados 7 meses fico satisfeito com a ideia de jogo do jj o qual, apesar das constantes contrariedades com que se tem debatido para apresentar o melhor 11, consegue evidenciar um bom futebol. Rv pelo contrário reza para que as suas individualidades resolvam os jogos.

Miguel Pinto disse...

Agora que o jogo terminou diz-me, na tua humilde opinião, com lógica e argumentando, a tua análise. Se o planeta terra ainda for redondo (ligeiramente achatado nos pólos)...