quinta-feira, 31 de março de 2016

Geração de ouro e o aniversário do maestro

Encantei-me com Rui Costa, Paulo Sousa, João Vieira Pinto e Luís Figo. Cresci sem ver Portugal nas grandes provas internacionais e foi a chegada do talento dos meninos que tornou tão habitual a presença protuguesa nos grandes torneios que hoje, e ainda bem, nem sequer se valoriza tal presença.

De  João Vieira Pinto, ouvimos Maradona afirmar que até a andar tinha classe. Paulo Sousa o eterno melhor médio defensivo da Liga Italiana. Pela competência em todos os momentos e em todas as fases, pois claro. Pela categoria com bola! Luis Figo, quem maior notoriedade atingiu. A transferência inacreditável entre rivais mundiais e naturalmente, o titulo de melhor do mundo.

Esta semana o "maestro" celebrou mais um aniversário e de todo o mundo chegaram felicitações. Um dos últimos românticos. Conduzia quebrando linhas com a leveza tão própria de quem transpira categoria, sempre de cabeça levantada. 

É quando um dos ases celebra mais um ano de vida que se percebe que esta não pára. Ainda ontem disputavam o(s) mundiais de juniores que me apaixonaram. Hoje já não jogam. Porém, o perfume, a classe, o legado permanece.

Paulo Sousa um dos melhores treinadores do futebol mundial chegará ainda mais longe. João Vieira Pinto, na Federação surge hoje com a classe habitual a pedir respeito para Éder, quando confrontado com o entusiasmo por outro miúdo (Renato). Rui Costa uma das figuras do reaparecimento do seu clube do coração pela competência nas suas decisões. E esta época que tanto promete ficar registada pela sua marca. Luís Figo mais recatado por opção própria mas com projectos de desenvolvimento do futebol em vários continentes.

Os quatro meninos marcam-me a vida. E continuam a marcar o futebol em Portugal e no Mundo pela sua competência.

Hoje, são alguns dos maiores responsáveis porque um país tão pequeno e com um número tão reduzido de praticantes comparativamente às grandes potências, tenha a projeccção que tem no futebol.

1 comentário:

Blog de Portugal disse...

Luís Figo a mamar muito dinheiro!