segunda-feira, 14 de março de 2016

Melhor aposta da semana. Liga dos Campeões.



Equipa de Pellegrini sempre a enfrentar adversários remetidos ao momento de organização defensiva. Desta feita com vantagem confortável tal será até benéfico. David Silva está em crescendo a capacidade técnica e de decisão que demonstra para jogar nas costas dos médios adversários, recebendo e enquadrando a um toque em espaços curtos é decisiva para a criação dos citizens em organização ofensiva. Otamendi liga muito bem com os colegas nesse espaço. Sterling e Navas sempre capazes de desequilibrar por fora quando o espaço fecha dentro. Transição ofensiva de classe mundial, ainda que poucas vezes o City apareça em tal momento. Defensivamente a última linha não tem bem claras as referências zonais e a articulação entre centrais e centrais e laterais deve melhorar para que a bola não entre entre os seus elementos. Com as fichas todas na prova milionária, só a vitória é um resultado  expectável!



Condenado na eliminatória, quererá o melhor possível em Manchester a equipa do Dinamo. Com linhas demasiado baixas. Deverá ser esta a estratégia dos ucranianos na partida com o City. Conseguem juntar linhas, mas uma postura demasiado defensiva prejudicará sempre a transição ofensiva, que depende em demasia da capacidade individual de Yarmolenko para explorar a profundidade recebendo nos corredores laterais, enquanto espera a chegada da equipa.
O 4141 no momento defensivo transforma-se em 433 com bola, mas as dificuldades para a ter serão mais que muitas porque a diferença individual é grande e o City não quererá abrandar depois de perdida a liga interna.




Sem comentários: