sábado, 30 de abril de 2016

Há pressionar e saber sair da pressão. Retirar ao máximo o caos do jogo. Mandamentos de Jesus.

Sporting pressiona e FC Porto fica sem soluções e bate sem ter plano B para ganhar lance na zona de queda da bola, ao contrário da equipa de Jorge Jesus como se mostrou no post anterior.



FC Porto pressiona e Sporting sai da pressão e ainda fica em situação vantajosa. Com bola no corredor central e adversários já eliminados


Em suma, enquanto FC Porto não está preparado para pressionar com qualidade, o Sporting tem um pressing bem pensado e eficiente. FC Porto sem soluções para sair apoiado e sem plano B. Sporting a encontrar soluções pelo posicionamento dos seus jogadores. Quando não as encontra tem plano B pensado e continua a ficar mais próximo de ter a bola e já no meio campo ofensivo.

Tudo isto é trabalho do treinador. Retirar ao máximo o caos que é um jogo de futebol, pelas soluções e posicionamentos que durante a semana treina para preparar os seus jogadores para o jogo.

2 comentários:

Barbosa disse...

"No meio há 3x2 ou 4x3. Isso são só números, não interessa. O que interessa são as dinâmicas."

Luis Santos disse...

Na 2a imagem, William completa o losango com Sli-Ruiz-Adrien? Ou fica só numa linha mais recuada em relação a Adrien? Numa situação ou noutra, quem mais deve ficar na linha de William?