sábado, 9 de abril de 2016

Melhor aposta da semana. Premier League.


TOTTENHAM X MAN UTD

Parte de um 442 em organização defensiva, com avançados em linhas diferentes (Kane posiciona-se entre centrais e define lado da saída em construção do adversário, e nas suas costas Dele Alli liga os sectores). Defensivamente impressiona a forma como encurta espaços e não deixa jogar, sem nunca baixar as linhas, ligando assim com enorme qualidade a transição sempre bem definida por Lamela e Erikson que surgem dentro e com Dele Alli desequilibram permitindo a Kane aparecer a explorar a finalização.

Em organização ofensiva os centrais abrem e a primazia é sair apoiado, seja pelos centrais ou por um médio que baixa. É nesta fase onde Dier a fazer uma época inacreditável assume preponderância na construção, seja jogando como médio ou como central. Muita criatividade entre linhas e um ponta de lança num momento extraordinário quando aparece nas zonas de finalização, dão grande favoritismo a um Tottenham que chega a esta fase com o sonho real de vencer a Premier League e mesmo perante tamanha oposição é expectável que triunfe.



Surgirá em 4231 em Londres a equipa de Van Gaal. A procurar ainda um lugar na próxima edição da Liga dos Campeões, não baixará a guarda.
Organização ofensiva e defensiva com algumas debilidades. Com bola, apesar de Mata se mostrar sempre dentro do bloco, há pouca criatividade. Jogo ofensivo do United a privilegiar mais a chegada aos corredores laterais por Lingard e Martial. Em organização defensiva a coordenação entre sectores é deficiente e surgem espaços em função disso. Também individualmente a última linha do United demonstra lacunas.

Mais forte na transição, onde deverá passar grande parte do jogo, pelas saídas rápidas de Martial, sempre um perigo à solta pela forma que desequilibra quanto tem espaço. Rashford, o novo menino de Old Trafford deverá surgir mais adiantado para aproveitar a boa transição do United. Sentirá dificuldades pela capacidade do Tottenham em encurtar o campo e pela criatividade que a equipa londrina coloca no seu jogo ofensivo. Dificilmente sairá vivo de Londres.



Sem comentários: