sábado, 16 de abril de 2016

Ser treinador é ser Klopp

Ainda que seja cedo para julgar o quão positivo tem sido o trabalho de Klopp no Liverpool, por não ter sido ele a preparar a época, a escolher o plantel, a treinar o jogo que quer desde o primeiro dia, o que tem dado aos seus jogadores tem sido cada pedaço dele. Lentamente a equipa vai-se transformando na cara do treinador. E o trabalho é esse: dotar a equipa de princípios que se consideram fundamentais para abordar a competição que se enfrenta. Klopp é emotivo, agressivo, exuberante, alegre, está cheio de vida. O Liverpool é a equipa que melhor pressiona o adversário em organização defensiva, é muito forte a aproveitar o posicionamento do adversário quando recupera a bola e é esse o seu primeiro objectivo assim que a ganha, é uma equipa que aproveita cada oportunidade que tem para rematar, é uma equipa que demonstra uma frescura e uma vitalidade imensa na hora de pressionar e na hora de sair rápido durante o jogo todo. Mas, também é compacto na forma como junta as linhas, é rápido na hora de recuperar para trás da linha da bola, é competente na forma como procura organizar o seu ataque pelos três corredores. Sabe ter bola, mas tem sempre o objectivo de atacar a baliza. O modelo de jogo do Liverpool é a extensão do seu treinador. Emoção, e agressividade, sempre. Ser treinador é isto.

7 comentários:

Joao disse...

quando vi o link no face, ja sabia que ia ser blessing.

parabens pelo blog.

abraço

José Moreira disse...

Mas aquele constante (des)controlo da profundidade é handicap do treinador ou constante má interpretação dos defesas (sobretudo dos centrais)?

Pedrooo317 disse...

José Moreira de quase todas as vezes foi o Sakho.

Blessing disse...

Não sei, José. Como disse, é cedo.

DM disse...

A forma como aproveitam o espaço entre-linhas é fantástica. Pena não ter um plantel à altura. É um + por estar a apostar no João Teixeira, jogador de muita qualidade e potencial que andava perdido nas reservas do Liverpool

Blessing disse...

O João Teixeira tem estado em campo?

Nuno disse...

Vi o J Teixeira jogar na FA Cup
Razoavel com bola
Bastante fraco sem ela
E isso com o Klopp nao pega