domingo, 22 de maio de 2016

Final da Taça de Portugal. Contra quem prefererias jogar?



10 comentários:

Dipeca disse...

O porto a meter 0 entrelinhas..

Dipeca disse...

Mas além de ter a defesa alinhadinha, controlar a profundidade mais ou menos.. Futebol com bola ficou em Braga

Tiago Stuve Figueiredo disse...

120m. Zero jogadas de ataque. Zero oportunidades de golo.

De que equipa estamos a falar?

Marco Ramos disse...

Só vi a primeira parte do jogo, mas foi tão isso... sobretudo em tradição defensiva, muito espaço entre linhas do Porto.

Tiago disse...

Mas agora o Peseiro já é merda? Quando assinou estava tudo muito entusiasmado, que agora é que íamos ver bom futebol. Ou ainda não teve tempo para trabalhar? Ou vamos pela desculpa que as várias derrotas (com 0 responsabilidade do Peseiro concerteza) desmotivaram os jogadores e os tornaram surdos ao que o treinador dizia?
Peseiro é 0 e não é de hoje. Teve a felicidade de trabalhar com um dos melhores planteis de sempre do Sporting e desbaratou-o. Conseguiu perder o que devia ter sido dos campeonatos mais fáceis de sempre, tal era a falta de qualidade e a desorganização dos 2 rivais. Mas conseguiu de qualquer modo criar um aura de treinador de "bom futebol" que ainda hoje lhe vale bons contratos.

Nelson Lopes disse...

Qual a diferença entre José Peseiro e Marco Silva??

2 penaltis bem batidos no Jamor...

Cantinho de Todos disse...

Independentemente do Porto ter dado tiros nos pés que obviamente justificam a derrota... o Braga (suposto segundo melhor coletivo em Portugal) jogou zero. Fraquinho fraquinho fraquinho!

Xina disse...

Ja alguem dizia que as finais nao se jogam, ganham-se!!! E o Braga aproveitou os erros do Porto! O ano passado foi exactamente ao contrario... tivemos opurtunidades de matar a final, inclusive no prolongamento e falhamos...
Quanto a qualidade do futebol do Braga, cai muito apos a eleminacao da liga europa, com muita descompressão da equipa... alem do desgaste fisico e pesicologico que a equipa evidência! Foram salvo o erro 57 jogos... é quase o dobro dos jogos que grande parte das equipas da primeira liga faziam a dois ano (com o campeonato a 16).

R.B. NorTør disse...

Xina, a qualidade do futebol do Braga normalmente cai com o intervalo.

Vi alguns jogos desde o início do ano e tirando algumas exepções verificou-se sempre isso. Há claro várias hipóteses para a coisa. Em Alvalade acho que o PF se deslumbrou e quis defender uma vantagem que a equipa dele dificilmente tinha justificado. Contra o Rio Ave, na primeira volta, pareciam o Benfica da altura mas a cruzar rasteiro, com o Nacional na Madeira perderam o controle do jogo no último quarto de hora e quase que deixavam lá os 3 pontos...

Será cansaço? Serão instruções? Será o adversário (porque nisto não se joga sozinho)? Eu não sei, mas concordo com outros, às ideias do Braga faltaram, em muitos momentos, artistas em campo.

Hélder disse...

O porto só jogava entre linhas após ressaltos. Terrível. Bola na linha, ou vai para a outra linha, ou da cruzamento/passe atrasado.

Nao sei como o Benfica perdeu contra isto...