terça-feira, 10 de maio de 2016

O Bulo é do Bayern.

Ainda júnior tornou-se uma referência na equipa principal do Benfica.

Tende-se a esquecer tal facto. Renato é de 97 e já é indiscutível no líder do campeonato português. Traça-se o potencial e elogia-se tantos outros mais velhos que ainda nem se conseguiram impor totalmente e por vezes parece querer-se ignorar o potencial de Renato. Ainda esta semana se ouviu Jorge Jesus garantir que Semedo, de 94 e que só na presente época garantiu lugar no seu clube, será a kms o central da selecção. E por vezes parece que tudo se faz para ignorar e desvalorizar o quão extraordinário é haver um míudo com idade júnior que está à beira de chegar aos dois mil minutos na Liga. Nem em clubes de menores aspirações surgem miúdos ainda júniores a impor-se com esta importância. Mais extraordinário se torna quando se fala de uma das equipas pretendentes ao titulo em Portugal.

Não tem a tomada de decisão dos melhores, como nenhum dos melhores tinha enquanto junior. E pelo perfíl de jogador que demonstra ser é bem provavel que nunca chegue a ter a classe de outros.  Não vê mais além e erra demasiadas vezes em posse. E até sem ela, como todos os melhores com a sua idade o faziam. O que não se pode ignorar são as qualidades absolutamente invulgares que já possui nos dias de hoje. Não apenas o lado atlético que lhe permite comer metros muito rapidamente e vencer duelos individuais. Mas sobretudo o que com bola demonstra potencial para chegar. Com tanto erro, já progride e quebra linhas com uma facilidade assombrosa. E cada vez mais, num jogo tão mecânico e robotizado, ter alguém que no corredor central é capaz de desorganizar a estrutura adversária só pela forma como em progressão ultrapassa adversários é uma vantagem que pode muito bem ser explorada a preceito em qualquer modelo de jogo. 

O rendimento actual de Renato está bastante longe dos trinta e cinco milhões. Todavia, na actualidade paga-se ao potencial. E negar o potencial que tem o jovem português é crime.

67 comentários:

Filipe Henriques disse...

E irá ter a oportunidade de aprender com Vidal. O Pogba aprendeu imenso.

Pedro S disse...

A primeira parte do texto é um delírio de um benfiquista.
O Renato fez à vontade 300 capas de desportivos este ano. Por muito que alguém se quisesse esquecer das suas virtudes, tal era impossível.
Pelo que isto:
"Tende-se a esquecer tal facto."
"E por vezes parece que tudo se faz para ignorar e desvalorizar o quão extraordinário é(..)"

Desculpa, mas não faz sentido nenhum. Parece-me a mim que tudo se fez para não ser ignorado e para ser valorizado. Adiante.

Já Semedo... é o próprio treinador que tem de o referenciar. Quem mais? Os jornais pura e simplesmente ignoram que a equipa que na ultima jornada está a lutar pelo título tem lá um central titular que acabou de fazer 22 anos e que tem um potencial incrível.

Semedo é de 94, Renato é de 97.
Semedo é central, Renato é médio.
Semedo de 97 sentou Paulo Oliveira, Ewerthon, Naldo, Tobias.
Renato não sentou ninguém - pura e simplesmente não havia mais ninguém para pôr (o que não lhe tira qualquer mérito) além de Talisca.

Enfim, nunca tinha visto um parágrafo tão desvirtuado da realidade e tão fanático vindo de ti.

Quanto à segunda parte do texto, estou de acordo 100%. Potencial tem, ninguém tem dúvidas.


Unknown disse...

Tens razão na comparação. O Semedo sentou monstros do futebol como esses todos que referiste. Já agora, o Lindeloff também os sentava.

R.B. NorTør disse...

Se o Xabi ficar por Munique e/ou se o Thiago ficar por Munique bons professores não lhe faltam. Há a questão de quem sairá para o Bayern equilibrar as contas, porque Renato e Hummels no mesmo dia são uma machadada forte nas contas numa liga que é bastante rígida na aplicação de dinheiros.

Pedro Almeida disse...

Quem também é de 1994 é o Lindelof..Que por sua vez tem menos imprensa que o Semedo. Parece-me também que é superior ao Portugues :) O que é certo, e parece-me que é a isso que se refere o texto, é que o Renato e toda a conversa á volta do Renato serviu como pretexto de muitas declaracoes (maioritariamente de dirigentes do Sporting, como o Inácio) em que falavam dele como se tivesse 24 anos e fosse falado todos os anos como potencial transferível para um grande europeu (ou vá..como se ele fosse o William :) )

MD disse...

Lol sentou o paulo Oliveira porque o paulo oliveira teve lesionado bastante tempo ;), quanto ao ewerton e ao naldo nao ha de ser muito difícil...

L. disse...

fanático é o pedro s.

deve estar infectado pelo vergonhoso comportamento de pessoas oficialmente ligadas ao sporting relativo ao renato. tudo fizeram para o denegrir, com insultos a roçar o racismo e repetindo à exaustão que o renato é um jogador banal. achando um escãndalo ter sido chamado para um amigável da selecção.

AK 47 disse...

E diga-se não precisou nascer 10 vezes.

Matute disse...

Pedro S, todo o seu texto é um delírio de um sportinguista...

DC disse...

Discordo quase totalmente. Jogar ou não, é uma opção do treinador. Depois podes ser titular e ser um Renato ou podes nem chegar aos A e ser um Bernardo Silva.
O Renato é mediano tecnicamente, é muito pouco inteligente e limita-se a usar o físico, muitas vezes além das regras. Sinceramente vi poucos médios nos grandes a falhar tantos passes e a ter tanta dificuldade em colocar a bola onde querem. Aquilo em que precisa de evoluir, dificilmente evoluirá. No máximo dos máximos, será mais um Vidal naquele meio-campo (embora com menos técnica).
É o negócio do século mas só para o Benfica. Do Bayern não tenho pena nenhuma.

DM disse...

Um barrete épico do Bayern. 80 milhões (potencialmente) por um jogador que está muito longe (e tenho dúvidas que algum dia chegue lá) de jogadores como Iniesta, Xavi, Modric ou Ozil. É 4x o preço que o Chelsea pagou pelo Ramires há uns anos atrás. E as qualidades/potencial parecem-me muito semelhantes

Henrique disse...

Foda-se, realmente, o sporting afinal não só tem o melhor central jovem da europa, o semedo, como tem o melhor portugues, o oliveira, o melhor portugues da segunda liga, o tobias, o melhor brasileiro a actuar de verde, o naldo, e o segundo melhor brasileiro a actuar de verde e que está sempre lesionado, o ewerthon. além disso tem o melhor uruguaio com 1.98, o coates.

E não te compreendo Maldini, toda a gente sabe que o renato de 97 só tem mesmo o telemóvel, que ainda é um nokia 3310.

O renato tem um potencial tremendo, nunca vai ser o iniesta, mas tem todas as condições para ser um médio centro de nível mundial. vale neste momento os 35M? não, mas não tenho muitas dúvidas que vai valer.

Pedro disse...

Caro Pedro S.

Renato tinha muita gente para o seu poleiro, tinha Almeida (que se teve de fixar a lateral por culpa da lesão de Semedo) tinha Samaris (que dividia minutos com Almeida e Fejsa até às lesões) tinha Talisca, tinha Pizzi e precipitou a saida de Djuricic...negar que foi um puto de 18 anos que por audácia do treinador que o colocou em campo, sentou e roubou definitivamente o lugar a todos esses que ai enumerei e que por coincidência ou não acaba por ficar intimamente ligada a subida de forma brutal do Benfica....é tb negar que o futebol hoje em dia é mais que 11 contra 11 em campo...


Semedo teve sorte na altura em que retorna ao Sporting, tendo feito uma meia época boa no Setubal (atenção que o Vitória sofreu pelo menos 2 golos com culpa direta dele mas não é por ai que digo se é bom ou mau) chega ao Sporting com todos os centrais praticamente no estaleiro, sim todos estavam praticamente lesionados ou sem ritmo algum (caso do Ewerton), Naldo tinha se lesionado, Oliveira tb já estava lesionado, o Tobias estava lesionado e o Ewerton alternava entre as lesões e o banco...ou seja não havia ritmo de jogo algum, por isso é que Sporting contrata o Coates e faz regressar Semedo, Coates foi titular ao lado de Ewerton e de Naldo, depois Naldo lesiona-se, Ewerton dá raia em 2 jogos seguidos, e em seguida aposta recaiu no miudo que inclusive nos seus primeiros 3 jogos pelo Sporting fez 1 boa exibição teve uma expulsão e acho que um penalty...Mas Semedo é um puto de valor, não concordo que ele seja ou vá ser um central de TOPO, não lhe vejo qualidade para tal, tem demasiados devaneios e ainda nem sei se conseguirá evitar os ter....ele pensa demasiado como médio....mas é um excelente valor de futuro, não um valor seguro mas um excelente valor de futuro...mas para mim o melhor central do Sporting a seguir ao Coates ainda é o Paulo Oliveira... são opiniões e opções.


Agora é assim pelo que se passou no campeonato da Tugalândia, Renato está ligado à subida de forma e ao facto do Benfica estar em primeiro, Semedo está ligado à derrota contra o Benfica à eliminação da Liga Europa e à descida ao segundo lugar por parte do Sporting.......dai o Renato estar sempre mais em realce que o Semedo.

Islander disse...

Realmente... Desvirtuado da realidade é a melhor maneira de comentar esta resposta....

Filipe Henriques disse...

Pedro S.,

O Samaris manda-te um abraço.

cobra2 disse...

Concordo Maldini. Hoje em dia paga-se pelo potencial, e os clubes andam numa corrida de antecipação, para ver quem se assegura o melhor futuro. Como disseste, com 18 anos e já ter este impacto é raro. Esperemos que evolua bastante e que atinja todo o potencial. A selecção agradece. Tem grandes professores à sua espera (Xabi, Thiago e Vidal), e pelo valor que foi pago, deverá ter bastante minutos de competição, sendo o campeonato alemão uma competição com um nivel superior. Gostava que outros tivessem a sorte de ir para equipas similares, como o João Mário e o Bernardo Silva, para podermos ambicionar a titulos com a selecção nacional.

Pedro Pinto disse...

Ahahahaha, sim realmente! Sentar o talisca para ti nem conta (quase que te esquecias dele) agora Naldos e Tobias, esses monstros do futebol europeu, sim senhora... #nuncaacabem

Pedro Pinto disse...

Mas quem é o Samaris? O Pedro S só estava a levar em conta jogadores de craveira internacional com Tobias e Naldos... Ahahahahaha

Pedro disse...

A azia que uma transferência de um menino de 18 anos para o colosso alemão provoca é algo dificil de perceber.

Maldini, a tua última frase diz tudo, não reconhecer o potencial que Renato tem é não perceber nada de bola. Se vai lá chegar ou não o futuro dirá mas o potencial está lá todo e, aos 18 anos, é isso que se compra. Quando se compra um jogador com 23/24 anos compra-se já um jogador feito. Cm 18 anos compra-se um potencial. E Renato tem um potencial tremendo.

Claro que todos sabemos que o Bayern é mal gerido, está à beira da falência e costuma fazer maus negócios. Não percebem nada de bola.

fui disse...

Talisca, Pizzi, Samaris, Cristante.

Daniel Martins disse...

Nao consigo ver todo esse potencial que lhe anunciam. Tecnicamente é banalíssimo. Criatividade é pouca ou nenhuma. Joga no meio dos grandes porque fisicamente é um animal. Não o acho muito inteligente, mas parece ser um jogador com vontade de aprender e será por aí que ele terá de evoluir. Vai ter alguns bons professores no plantel mas, infelizmente para ele, já não vai apanhar o génio.

Tiago Pereira disse...

Uma pergunta que pode parecer absurda: Quantos Verrattis seria possível contratar com 35+45 milhões? Isto para dizer que para além do perfil físico não vejo no Renato nada que o diferencie de médios Malianos, Camaroneses, Ganeses ou Marfinenses que jogam em clubes de meio de tabela de Espanha e Inglaterra. Espero que exerçam o contraditório e me "mostrem" alguma coisa que eu possa não estar a ver bem.

Obrigado.

Amoroso disse...

Quem sentou o PO, simplesmente o central português com a maior margem de progressão, foi o JJ e os seus devaneios... Nada mais

RG disse...

"Mas quem é o Samaris? O Pedro S só estava a levar em conta jogadores de craveira internacional com Tobias e Naldos... Ahahahahaha"

"Talisca, Pizzi, Samaris, Cristante."

O Lateral esquerdo já teve uma caixa de comentário de luxo, onde cada comentário mostrava diversas formas de entender o jogo. Hoje é só estupidez! Tanto que nem sabem que Samaris/Feja foram companheiros de Renato e não alternativas, que Pizzi para Vitória pouco contou como médio centro e sim como extremo, ou que Cristante e Talisca tinham quase tantos minutos de jogo pelo SLB como Victor Andrade.

Enfim....

Quando a caixa de comentários do Visão de Mercado se torna curta, vêm para aqui continuar a sua verborreia verbal.

RG disse...

Quem também é de 1994 é o Lindelof..Que por sua vez tem menos imprensa que o Semedo. Parece-me também que é superior ao Portugues :)

São todos superiores ao Ruben! Aliás os infantis B do Benfica até têm lá um rapaz que é superior....O problema do Ruben é que veste de verde e branco e não de vermelho. Se tivessem as camisolas trocadas, o comentário do expert em centrais ( como se vê pelo que disse ) seria o contrário!

Fdx, deixem-se merdas e de clubismos acicatados e vejam "a bola" como ela é.

O potencial dos 2 centrais é similar, mesma idade, qualidade parecida na saída da bola, felizmente um tem um treinador que trabalha defensivamente os seus jogadores como poucos na Europa, o outro tem de aprender quase só....


"A azia que uma transferência de um menino de 18 anos para o colosso alemão provoca é algo dificil de perceber."

O que mais se vê e azia.....

"Claro que todos sabemos que o Bayern é mal gerido, está à beira da falência e costuma fazer maus negócios. Não percebem nada de bola. "

O Bayern só faz grandes negócio...tão grandes que deu 35 por um tal de Gotze que agora pensa em "devolver" ou envolver em negócios.

Bayern aposta num jogador em que vê potencial e em que acredita puder levar ao topo com ensinamentos do Carlo Ancelotti, não o contrata porque acha que o rapaz está preparado para ser nomeado o melhor do mundo...no entanto os clubes também se enganam! Os grandes podem é dar-se ao luxo de se enganar em muito grande estilo ( mutos euros ).

David Cardoso disse...

Fico triste com esta saída , acho que seria melhor para o RS como já comentei aqui que continuasse mais uns 2 anos no SLB , parece- me uma saída precipitada (enfim o dinheiro como sempre fala mais alto) resta-me desejar ao RS toda sorte do mundo , porque ele merece.

Sobre o Semedo , espero que venha a ser 1 excelente central mas tirar o lugar ao Naldo, Ewerton( para mim o melhor central do SCP) que passam mais de metade da época no estaleiro não é dificil ,para além de ser um central com o perfil físico JJ tanto gosta ( Não foi á toa que ele foi buscar o Coates que tem quase 2 metros) , basta ver o perfil de centrais que o SLB contratava com ele, para não falar da lesão do P.Oliveira ( central cujo perfil físico não me parece do agrado do JJ).

PS:Parabéns pelo post , achei bastante interessante e muito bem escrito

Edson Arantes do Nascimento disse...

Não, não, o problema do Ruben Semedo é que joga andebol. É só esse o problema.

Bola no pé é para esquecer, os posicionamentos dele são de rir, é um trambolho como é o Danilo Pereira, por exemplo. E não é de agora que se diz isso do rapaz. Aqui, pelo menos, é desde sempre. O mesmo vale para o Danilo - basta seguir as etiquetas, se ainda estiverem disponíveis.

O JJ tem tudo de bom dentro de campo, mas é um treinador que deu alguns (poucos) minutos ao Steven Vitória - e o Lindelof simplesmente não existia para ele. A única vez que existiu foi para jogar a lateral-direito.

O JJ foi buscar o Naldo e despachou o Semedo. E depois senta o Naldo para chamar de novo o Semedo. São brincadeiras que ninguém percebe e também ninguém se atreve a questionar, ainda se leva uma solha do cérebro-eu-sou-a-estrutura e a malta não está para isso.

Foi uma grande venda. Se para mim o Bernardo (não jogando e sem qualquer hipótese do o fazer) foi uma boa venda, o que dizer deste miúdo. E não é só físico, não, aos 7 minutos de jogo - ou coisa que o valha - no Allianz Arena lá foi ele a quebrar coberturas e contenções por ali a fora.

Dito isto, é melhor chamar o Messi porque ele acredita que o Renato é uma cópia do Beto.

Pedro S disse...

É só mentes doentes. Não discutem, agridem. Não tentam perceber, cospem respostas pré-feitas. Enfim.

Btw, gosto muito do André Almeida e do Lindelof.
E não é por terem sentado no banco uma pseudo-estrela (Nelson Semedo) e um barrete de central (Lisandro Lopez), mas também conta alguma coisa.

O Samaris? Que eu tenha visto o Samaris jogava também quando o Renato entrou... e continuou a jogar até o Fejsa lhe roubar o lugar (já com o Renato endeusado). E no Benfica pode-se deixar tipos de 10M no banco que ninguém diz nada.
Quem fala aí em Pizzi nem merece resposta, devemos andar a ver jogos diferentes - Pizzi não joga no mesmo terreno do Renato.

O Ruben Semedo não é ainda um central feito, tal como o Lindelof. Mas são dois jogadores com grande futuro. E a única pessoa que valoriza o Semedo é o seu treinador. Não tenho qualquer tipo de dúvidas de que com as costas mais quentes tinha sido chamado, ou pelo menos equacionado, para a selecção.

A única coisa que estava a tentar refutar é a ideia de que o Renato, ao contrário do Semedo (e de outros vá, sejam sportinguistas ou benfiquistas), é vítima de desvalorização do seu extra-ordinário talento como referiu o autor do texto. Isso para mim é fantasia, e será também para quem pensar honestamente no assunto. E falo do Semedo porque o autor do texto falou do Semedo.

E, normalmente, deste autor, benfiquista, costumo ler coisas sãs, por isso sou leitor assíduo. Quis apenas apontar que o primeiro parágrafo não o foi, foi delirante. É só uma (a minha) opinião.


Tiago Pereira disse...

Outra achega. Se o Renato é transferido por estes valores é legítimo dizer que 40 milhões é um preço justo para início de conversa numa eventual transferência do João Mário? Parece-me melhor jogador em todos os aspetos assim como com maior capacidade técnica, criatividade, etc.

Hugo disse...

Que se pagou pelo potencial, sem duvida. Agora nao se podem queixar de desvalorizacao, quando a imprensa fez uma promocao incrivel dele

viciadoemfutebol disse...

"Fdx, deixem-se merdas e de clubismos acicatados e vejam "a bola" como ela é."

@ RG , meu caro quando alguém acha que o Semedo é melhor do que o Lindelof, acho que está tudo dito em relação ao excesso de clubismo , uma comunicação mais moderada é que não te fazia mal.

Pedro S disse...

Edson, o Ruben tem estado muito melhor a todos os níveis.
Parece-me que tem vontade de perceber o que lhe é pedido, e se o conseguir sairá o tal central titularíssimo na seleção que JJ pensa ter.
Tem errado cada vez menos no posicionamento, e mesmo quando falha apercebe-se e é rapidíssimo a recuperar.
Com bola não é o Hummels, mas quantos são?
Gosto muito do Lindelof com bola, mas sem elas tem falhas que o Semedo não tem.

Entre Semedo e Lindelof, se me pedissem para apostar no cavalo, apostava no sueco, pois há maior dose de risco no português, mas se Semedo resulta será superior ao sueco.

Quanto a essas cenas do Naldo e do Semedo, não estou tão bem informado como tu acerca do que se passa no Sporting. Mas pareceu-me que o Jesus "despachou" o Semedo para ele ter minutos, o que faz sentido. E parece-me que ele não "despachou" o Semedo por ter ido buscar o Naldo pois quando "despachou" o Semedo, estava a utilizá-lo a trinco e o Naldo não é trinco. Mas isso sou eu que não conheço pessoalmente o Jesus como tu.

Pedro disse...

Oh RG
Com toda a sinceridade o Ruben Semedo taticamente está melhor do que à 6 meses, é rápido e possante, tem bom jogo aéreo e tem boa qualidade de passe, agora dizer que o puto tem boa saida de bola....porra é isso já é abusar, o puto sabe sair com bola o problema dele é que não tem cabeça, exagera diversas vezes, e não fosse o Jesus a apertar com ele para evitar essa situação já tinhas papado golos a conta dessa brincadeira.

Ruben Semedo é muito parecido com David Luiz, só que David Luiz a nivel técnico tinha e tem muito mais recursos que o Semedo logo conseguia por vezes dar a volta a situações de potencial perda de bola, Semedo no inicio de estar no Sporting tentou 2 ou 3 vezes sair com bola no pé e.........ou dava em contra ataque adversário ou a equipa voltava a recuar o jogo porque há que perceber o quando e o como se deve fazer essas "cavalgadas"...correr com bola só por correr não quer dizer que tenha boa saida com bola, apenas quer dizer...que sabe correr nada mais.

Lindelof tem uma saida de bola bastante aceitável, mas no entanto não o ves muitas vezes a cavalgar de redondinha no pé , porque lá está, existem laterais médios e avançados e todos participam no jogo, logo antes de correr com bola à que pensar se a melhor alternativa é essa ou se é passar a um colega, e nesse aspeto Semedo está a anos luz de Lindelof, porque é na capacidade de leitura e de decisão que lindelof tem que o Benfica tem conseguido estabilizar a sua defesa...
Aliás compara os jogos que Lindelof fez contra o Bayern Munique e compara o que Semedo fez contra o Leverkusen...

viciadoemfutebol disse...

Grande venda , vai ser interessante perceber pro ano qual vai ser a solução encontrada para colmatar esta saída

Pedro disse...

Mas oh Pedro ninguem desvalorizou o Semedo simplesmente o puto ainda não mostrou assim tanto potencial como se apregoa, já mostrou que tem qualidade, não digo que não agora dizer que vai ser TOP....é um exagero, porque neste momento o puto ainda não fez uma exibiçao assim tão estrondosa, e não falo contra os Aroucas ou os Tondelas....
A unica oportunidade que ele teve para se mostrar à sério foi contra o Leverkusen e ele ai nada mostrou aliás mostrou até que estava demasiado verdinho...

Semedo e Lisandro não foram sentados, um teve um lesão onde o obrigou a 2 meses de paragem e outro teve uma lesão que obrigou a 1 mês de paragem, lógico que perderam o lugar para os seus suplentes porque estes mostraram qualidade e trabalho para continuarem a merecer ser chamados à equipa titular


Agora a questão do talento...nada interessa quando não sabes o que fazer com ele, Dani Hugo Leal etc tinham talento a transbordar...mas a cabeça e o corpo eram malandros como tal....o talento estava lá mas as oportunidades despareceram, porque o futebol moderno pede jogadores que trabalhem e ajudem a equipa, não precisa de prima donas e meter o deles ao bolso e se jogar joga se não jogar é da boa igual

Pedro disse...

Já agora....Pizzi começou a época a titular como nº8, Guedes estava a direita, perdeu o lugar para Talisca que perdeu o lugar para....Samaris....sim Samaris ainda fez muitos jogos a 8 com Fejsa e Almeida como trincos, o meio campo do Benfica só estabilizou com a entrada de Renato para a posição 8....

David Ferreira disse...

Com o (agora) treinador do Sporting, pizzi jogou muitas vezes em terrenos agora pisados por renato sanches, por isso acho muito plausivel que se fale em pizzi para comparar jogadores desta posição

m1950 disse...

Edson Arantes do Nascimento ,

Mais um poeta que não sabe quantos lados tem uma bola.

O Semedo é um trambolho com a bola no pé ??

Qual é o central da Liga Portuguesa que tem mais técnica que o Semedo ??

O Semedo no Benfica ou no Porto era médio.

-------------------------------------------------------

No que toca ao Renato , jogar com os melhores fará dele melhor.

Aind assim penso que o Benfica tem no Lindeloff e no Ederson os verdadeiros formandos de classe mundial.

Miguel Resende disse...

A propósito do potencial (o patamar ao qual acreditamos que pode chegar no futuro de acordo com as pistas que nos deixa com aquilo que mostra conseguir fazer no presente, misturando pelo meio a nossa inclinação para o ramo esotérico da adivinhação), uma analogia (quase proibida):

Vejamos Cristiano Ronaldo. Tomada de decisão e criatividade (não a do drible), como estavam com 18 anos? Como estão com 31? Depois de mais uma década de alto nível, observo que não foram aspectos do jogo que lhe mereceram particular atenção. Atrevo-me a dizer que é mediano neste particular. Cristiano também nunca foi médio (de posição), ao contrário de Renato, tendo sentido que o seu sucesso poderia passar pela aposta em características suas que o fazem ser quem é no futebol (o tal jogador especializado no momento do jogo com mais notoriedade). São escolhas. Ou apenas uma inclinação natural para desenvolver capacidades já intrínsecas. Ou ambas. E chegou ao topo. À sua maneira. À sua maneira, levou água ao seu moinho, tornando-se num jogador excepcional ao exceder-se noutros aspectos do jogo.

Renato Sanches. Tomada de decisão e criatividade com 18 anos? Pois. Não espanta. Não saberemos se espantarão com 31. Suspeitamos, apenas. Mas sabemos, olhando para aquilo que mostrou ao longo dos últimos meses, que reúne capacidades muito próprias e pouco vistas (que continuarão a dar-lhe vantagem sobre muitos dos demais no ramo, agora e no futuro) para fazer a diferença num colectivo a jogar a alto nível. Capacidades atléticas várias, sim (não só a mais do que referida força, como a agilidade da sua locomoção, a qual faz toda a diferença em certos momentos), e muito úteis para qualquer transportador de bola. Mas também o carácter demonstrado e a sua maneira de ver o jogo (com mais ou menos inteligência/criatividade nas soluções que escolhe para resolver problemas) – Renato é verticalidade. Com mais ou menos técnica, tem tudo para comer metros em campo, queimar linhas e aproximar a equipa da baliza. E tem remate. A técnica? Diria que aliada à dimensão física do seu jogo, pode ser mais do que suficiente para ser dos mais fortes no 1x1. Cristiano leva a bola colada ao pé em transporte? Nunca levou. E, no entanto, passou grande parte da carreira a deixar oponentes para trás.

A grande dúvida é se tudo o que tem pela frente para aprender sobre o jogo chegará, com aquilo que demonstra ter e não ter hoje, para chegar de facto ao lote dos melhores médios-centro da Europa. Mas se pode chegar? Claro que pode. Se pode vir a ser um David Luíz dos médios-centro? Também pode.

José Vieira disse...

Quem foi o treinador do Lindeloff nos últimos anos?
bem me parecia.
Bom jogador.
Se Rúben Semedo e outros vestissem outra camisola, seria diferente ou muito diferente?
O dinheiro paga o potencial, paga mais ao clube porque ao jogador paga menos. Jorge Mendes também ganhará mais se Renato potencializar. Já deve ter ganho algum?
Renato tem o impacto que João Moutinho teve mas com o dobro do físico e o dobro do marketing. Vai para uma grande "escola".

redbull1710 disse...

Segundo o Babalu do Lumiar estes valores são ridiculos quando comparados com os 60 Milhões de Euros que o Skenderbeu irá pagar pelo Shikabala ou os 100 Milhões que o Real Madrid irá pagar pelo WC lagarto

R.B. NorTør disse...

Sobre valores de conversa do João Mário: saindo para um clube aos 18 sendo que se está a pagar potencial, os 40 seriam o teto de conversa, se a referência fosse o Renato. Renato, correndo bem a aposta do Bayern, daqui por 3 anos conta como jogador formado na Alemanha (Bayern) e Portugal (Benfica). João Mário será sempre e apenas um jogador de Portugal (Sporting).

Compare-se, isso sim, com Deco. Enquanto o Passaporte português não foi carimbado, ninguém se chegou à frente com os valores que o Porto pedia.

Para um clube como o Bayern, que anda mortinho por voltar a levar a Orelhuda para Munique, isso conta. Pode não contar para quem levar João Mário no entanto.

Ricardo disse...

Renato Sanches, aparentemente, é a terceira maior transferência de sempre entre jogadores sub-19. O top 10:

1.º – Anthony Martial: Mónaco para o Manchester United – 45 milhões de euros
2.º – Luke Shaw: Southampton para o Manchester United – 40 milhões de euros
3.º – Renato Sanches: Benfica para o Bayern Munique – 35 milhões de euros
– Lucas Moura: São Paulo para o Paris Saint-Germain – 35 milhões de euros
5.º – Wayne Rooney: Everton para o Manchester United – 33 milhões de euros
6.º – Javier Saviola: River Plate para o Barcelona – 32 milhões de euros
7.º – Anderson: FC Porto para o Manchester United – 30 milhões de euros
8.º – Marquinhos: Roma para o Paris Saint-Germain – 28 milhões de euros
9.º – Antonio Cassano: Bari para a Roma – 25 milhões de euros
10.º – Sergio Ramos: Sevilha para o Real Madrid – 24 milhões de euros

Escusado será dizer que esta lista não augura nada de bom para o rapaz...

Manuel disse...

Digo apenas uma coisa, Semedo não tinha lugar no Benfica.
Damos a palavra a alguém que sabe mais do que todos, Renato Paiva, o seu treinador.

"Trabalhei dois anos com ele, nos sub-16 e nos sub-17, fomos campeões nacionais de juvenis, e no ano seguinte metemos 11 jogadores do Benfica, Renato incluído, na fase final do Europeu de sub-17, uma geração magnífica.

Tem força e uma pujança notável, a que alia uma capacidade técnica muito vincada. O que é que ele não tinha quando chegou? O conhecimento do jogo, consequência do futebol de rua, selvagem, a que estava habituado. Não conseguia perceber que o jogo, a partir de uma determinada idade, começa a ser uma relação entre jogador, colegas de equipa, adversários, espaço e bola. Com o Renato era só ele e bola, não havia mais nada. E na tomada de decisão, e ainda hoje isso ainda acontece, encarava muito o jogo no aspeto individual. E porquê? Porque sentia que era mais forte e, sendo-o, conseguia resolver os problemas sozinho. Pela sua personalidade, queria assumir as dores todas da equipa. Onde estava a bola era onde ele queria estar. Faltavam-lhe as noções coletivas de jogo. E foi esse o nosso trabalho, fazê-lo perceber que há uma relação de fatores num jogo de futebol. Essa parte tática tivemos que a trabalhar muito.

Ainda hoje digo que se o Renato fizesse um segundo ano no Benfica, nos seniores, na próxima época seria já um dos líderes do balneário. Enquanto pessoa é um também miúdo excecional. Um líder pelas suas características e que apesar disso gostava sempre de ajudar os outros. Assumia-se sempre nos momentos difíceis, nos grandes jogos chegava-se à frente, aparecia, nunca se escondia.

No Bayern, acho que o Renato vai ser, na posição dele, a 8, um jogador de topo. E porquê? Porque esta posição tem um défice grande no mercado mundial. Para se ser um bom 8 é preciso ter várias qualidades ao mesmo tempo e o Renato é muito completo: fisicamente é forte, assume uma situação de um contra um com grande facilidade, tem uma meia-distância fortíssima, é um miúdo rápido que tem uma boa colocação em campo. Em relação aos números 8 tradicionais tem uma vantagem: quando os jogadores são muito bons tecnicamente, regra geral descuram o aspeto defensivo e o Renato não faz isso, vai com a mesma velocidade para a frente e para trás. Quando ataca que seja mais um e quando defende que seja mais um atrás, também. No ataque tem outro pormenor muito importante: uma coisa é fazer-se um passo vertical que queime linhas, outra coisa é jogar como jogam as equipas grandes contra blocos fechados, que jogam a 20 metros da linha da baliza; e o Renato tem capacidade de desbloquear isto com a bola controlada. Ele leva a bola para a frente e consegue criar espaço para os colegas. Isto são qualidades que possui e tenho a certeza que bem limadas e com trabalho, vão torná-lo um número 8 de nível mundial.
Admito que em Munique vá ter que batalhar um bocadinho para conseguir um lugar no onze.
Na Alemanha, e no Bayern em particular, a pressão será idêntica à do Benfica, mas a pressão dos adversários que irá encontrar não será tanta como a que poderia encontrar se fosse jogar para em Inglaterra ou Espanha."


Há mais de um ano que afirmei que ele iria ser o futuro Coluna do Benfica e isso percebi-o apenas por o ver jogar nos miúdos. É um líder dentro do campo que arrasta a equipa com ele!
Corroboro todas as palavras de Renato Paiva.
Para além disso é o jogador que em Portugal mais tem de uma coisa que nem todos se apercebem: CARISMA!!
E isso em desporto vale mais do que muitas outras características. O hype à sua volta vem precisamente daí!

Os scouters dos melhores clubes do mundo que andavam há anos atrás dele provavelmente viram o mesmo que eu.

Clara disse...

Todos esses jogadores foram testados a 8 pelo Vitória na pré época e início de época, até foram mais. O Lateral Esquerdo não costuma é ter a falta de educação dos seus comentários...

Clara disse...

Exacto, até o Cristante e o Djuricic foram testados a 8, mas só o Renato resultou.

DM disse...

"E por vezes parece que tudo se faz para ignorar e desvalorizar o quão extraordinário é haver um míudo com idade júnior que está à beira de chegar aos dois mil minutos na Liga."

Esta parte só entendo se for uma direta para o Nuno do EntreDez. Porque não me lembro nunca de ter visto um jogador com tamanho Hype e a fazer capas de jornal dia sim, dia sim, e com esta valorização completamente anormal. Não só não se desvaloriza como se valoriza para lá do que era razoável.

É normal que treinar com Xabi, Thiago, Lahm e afins dá outra experiência que não se ganha treinado com Fejsa, Samaris ou André Almeida. É normal que tendo esta oportunidade tão novo tenha uma evolução muito acima do que seria expectável se ficasse no Benfica. Não achava normal esta contratação se o Guardiola ainda estivesse em Munique, mas sendo o futuro treinador Ancelotti talvez se perceba um bocado melhor. Dito isto, ficarei muito espantado se daqui a 3/4 anos o "Bulo" ainda andar em Munique. Em primeiro, porque não acho que tenha qualidade ou potencial para se impor a este nível. E em segundo porque este tipo de clubes geralmente exige resultados a curto prazo, algo que o Renato não vai ser capaz de proporcionar nos próximos tempos. Também por isto é que com 80 milhões se compra Pogba, Verrati ou Emre Can (jovens já com provas dadas) e não este tipo de jogadores.

Quanto ao Semedo, até há bem pouco tempo sempre o achei um tronco com olhos. Um tronco muito forte atleticamente e com qualidade técnica, mas com uma falta de inteligência gritante para ser jogador da bola. No entanto, tem sido uma agradável surpresa nos últimos meses. Afinal, o Jesus conseguiu ensinar o Jardel a não colocar a bola nos pés dos adversários de cada vez que fazia ou passe ou a saber o básico no que diz respeito ao processo defensivo. Se vai ou não "a Kms" ser o central da seleção portuguesa não sei, não faço esse tipo de futurologia. Tem uma capacidade atlética impressionante (velocidade, aceleração, agilidade, força), tem qualidade técnica muito acima da média para a posição que ocupa e o que não falta são jogadores que nos últimos anos fizeram sucesso assim (Pepe, Sérgio Ramos, David Luiz, etc). Acho que o Lindelof tem condições para ser melhor central no futuro. Mas foi como alguem escreveu algures. Se o Semedo pegar, vai ter sempre outra projeção que o sueco não terá. Porque no futebol atual, da mesma forma que se paga 35 milhões por um Renato Sanches, ainda são os Semedos que impressionam no centro da defesa.

Unknown disse...

E pronto já está aqui montado mais um dia seguinte ou tempo extra. O que importa não é discutir a redondinha e quem a trata bem mas sim discutir tudo com uns óculos vermelhos, azuis ou verdes.

Blessing disse...

"tem qualidade técnica muito acima da média para a posição que ocupa e o que não falta são jogadores que nos últimos anos fizeram sucesso assim (Pepe, Sérgio Ramos, David Luiz, etc)"

Isto foi, de facto, impressionante de ler.

moskow disse...

DM disse: "Porque não me lembro nunca de ter visto um jogador com tamanho Hype e a fazer capas de jornal dia sim, dia sim, e com esta valorização completamente anormal. Não só não se desvaloriza como se valoriza para lá do que era razoável." > William Carvalho

De qq forma achares q o Bayern comprou o Renato por causa das capas dos jornais portugueses...

Carlos disse...

1 Verratti.

Que tanto quanto se sabe não está à venda, o que transforma a resposta em 0 Verratis.

Sem esquecer o pequeno detalhe de Verratti provavelmente ganhar actualmente no PSG o triplo ou quádruplo daquilo que o Renato terá aceitado sem pestanejar para se mudar para a Baviera. O que ao fim de 4 ou 5 anos consubstancia uma diferença não desprezável.

TáDito disse...

A única parte errada deste post, é o ponto de partida. Um post que tem como ponto de partida a premissa: 'Ninguém reconhece talento ao Renato, vamos fazer um post sobre isso'.

Não sei se vivem em Portugal, mas cá, não outra coisa de que se fale desde Dezembro. Todos os dias o Renato foi comprado por 60M pelo ManUtd.. Todos os dias o Renato foi louvado e referido como um protento, uma revelação, o futuro.
Não se fala de mais nada.
Já não há mais nada a falar. É um miúdo potencial, o Benfica fez uma grande venda, o Bayern pode ter feito uma grande compra. Quem não vê isso, é porque não quer ver. Quem não quer ver, jamais verá.

Carlos disse...

Quem achar que os jornais desportivos portugueses valorizam ou desvalorizam jogadores ao ponto de influenciar estes negócios com clubes do calibre e organização do Bayern... muito mal informado está sobre como os melhores clubes trabalham.

Já para nem falar do bem que lhes faria apanhar um pouco de ar e passar duas semanas fora do país, para ganhar alguma noção da falta de alcance universal do que acontece em Portugal.

DM disse...

@Blessing, impressionante por quê? Mesmo ignorando teres cortado a frase inteira onde refiro a parte fisica, o Semedo tem efetivamente qualidades técnicas acima da média para a posição de defesa central. O que é diferente de dizer que é um portento técnico - apenas constatar que a posição de DC é tradicionalmente ocupada por jogadores muito limitados a nível técnico. Da mesma forma que os referidos fizeram sucesso pela qualidade técnica/fisica apesar de serem bastante limitados na compreensão do jogo. É que fiquei sem perceber se questionas a qualidade técnica no Semedo ou do David Luiz

Moskow o William Carvalho não teve a mesma projeção mediática do Renato e teve mais impacto quando apareceu. Primeiro, por era completamente desconhecido até dos próprios sportinguistas. E depois porque foi no seu 1º ano no Sporting muito provavelmente o melhor jogador da equipa.

Unknown disse...

Adoro como para algum pessoal aqui acha que o departamento de olheiros nos grandes clubes estrangeiros é 3 gajos sentados numa sala a ler jornais desportivos.

Carlos disse...

Sim, e não é por acaso que são 3 - um lê a Bola, outro o Jogo, outro o Record. Ao fim de semana um deles dá uma vista de olhos no Expresso, só naquela.

Ricardo disse...

Quem julga que as capas dos jornais (ou, hoje em dia, os destaques principais dos sites) desportivos não servem como uma espécie de Wall Street do mercado de jogadores é porque nunca falou com agentes (ou ex-agentes) de jogadores na vida...

Tiago Santos disse...

DM só para dar um toque.
William teve uma hype enorme e estavas a falar de um jogador com 21 anos. Que já tinha rodado e com vários jogos.
Teve um impacto enorme numa equipa que a 20ª jornada ficava a 5 pontos do primeiro (depois o Benfica controlou o campeonato) e que não ganhou nada.

Renato aos 18 (apenas tendo feito jogos na B) entra numa equipa em má posição com um contestação grande dos adeptos ao novo ciclo e de repente é o catalisador que leva a equipa para a frente, muitas vezes completamente nas suas costas. E apesar de agora ter tido um baixa de forma a verdade é que quando o Benfica precisou ele foi fundamental. Nem sempre da forma mais correcta ou elegante mas o seu entusiasmo e força física sempre a empurrar a equipa para a frente.
Essa equipa depois da sua entrada sofre uma transformação faz uma excelente liga dos campeões (onde Renato chega a estar no 11 da ideal da semana, prova das suas boas prestações ) tem a grande possibilidade de ser campeão e ganhar taça da liga.


Claro que não fez tudo sozinho mas caso o Benfica seja campeão a época fica marcada pelo pré-renato com o Benfica distante (7 jogos 4 vitorias 3 derrotas), na opinião da maioria arredado do Campeonato e pós-renato em primeiro com 2 pontos de vantagem
(com até agora 24 jogo 22 vitorias 1D 1E )

Mantendo os números antes do Renato o Benfica teria agora 19,5 vitorias em vez das 28 que tem.

Volto a dizer claro que a equipa melhorou o treinador etc etc Renato não ganhou os jogos sozinho mas foi fundamental na minha perspectiva.

Carlos disse...

Fala-se especificamente do scouting dos melhores clubes, e não de agentes ou ex-agentes de jogadores.

Ricardo disse...

Como se os agentes não tivessem um grande poder na política desportiva dos clubes, inclusive os maiores...
Vamos a ter consciência de uma coisa: o futebol, bem vistas as coisas, não é um meio assim tão grande quanto isso. Basicamente, toda a gente conhece toda a gente. Relações se estabelecem. E nesta autêntica teia, um/a jogador/a (porque sim, o futebol feminino também começa, aos poucos, a entrar nestes jogos) pertencer àquele/a agente pode fazer todo um mundo de diferença na hora em que os departamentos de scouting têm de decidir. Como se costuma muito dizer no mundo empresarial, tudo acaba por ser uma marca, um selo. E o/a agente, não tenham dúvidas, é-o. Seja ele Mendes, Zahavi ou quem quer que seja.
E há, também, o peso das marcas desportivas e seus patrocínios a este ou aquele atleta. No caso do jogador em questão, muita gente (desculpem lá o termo) bateu muita canhola quando surgiu o destaque no site da UEFA. Muitos desses nem se lembraram que uma certa marca começada por A e terminada em S (com "dida" no meio) não só patrocina o jogador, como a competição europeia em que ele, na altura, estava inserido.
Já agora: essa mesma marca detém 9,1% das ações do clube que alberga atualmente o jogador. O CEO dessa mesma marca faz parte do Board do mesmo clube. A outra contratação entretanto já anunciada pelo atual clube do jogador em destaque também é patrocinado por essa marca. Assim como o treinador da próxima época.

E sim, eu sei que isto mais parece uma reflexão do Tempo Extra do que uma mais apropriada para o Lateral Esquerdo. Só que, neste caso em particular, parece-me extremamente importante apontar todas estas ligações. Porque o futebol (também) é muito isto. Quem me dera a mim (e a todos nós) que fosse só o que se passa dentro do campo!

Ace-XXI disse...

Este ultimo parágrafo é tão triste que o autor nem repara que o Semedo nem jogou contra o benfica e em leverkusen ppr estar castigado.

Baresi disse...

Define técnica sff

Carlos disse...

Mas Renato Sanches não nasceu já com o logo da Adidas ao peito, certo? Fez algo para que esse logo lá aterrasse, algo que não estará certamente relacionado com qualquer grau de parentesco com o CEO da Adidas.

Há muitos exemplos de bons jogadores que representam a marca e provavelmente nunca jogarão num dos seus clubes-bandeira.
O rapaz tem um potencial excepcional. E 90% dos jogadores com potencial e/ou qualidade excepcionais acabam invariavelmente nas fileiras dos dois gigantes do negócio do desporto (Adidas e Nike), sendo que a primeira até é a líder mundial em Futebol.

Ancelotti não é asset da Adidas, ao contrário de Guardiola - que só se tornou depois de chegar ao Bayern.

Hummels é da formação do Bayern, originário da Baviera, e dos jogadores mais populares da selecção alemã. Seria anormal não representar a Adidas, dada a combinação de factores. Não queiramos comparar esta afinidade com aquela que possa haver com um miúdo português de 18 anos, que há 6 meses nem uma convocatória para um jogo de Liga Portuguesa tinha.

Götze, asset Nike, custou um valor semelhante ao do Renato e apresentou-se ao mundo enquanto jogador do Bayern com uma t-shirt da... Nike. O CEO da Adidas era o mesmo de hoje, e a marca já era o maior accionista do clube. Distracção? Ou será que Götze era um jogador de altíssimo potencial, digno de assinar pelo Bayern independentemente da sua sponsorização?

O poder económico explica muita coisa um pouco por todo o lado, mas não explica tudo. Os compadrios também explicam muito, mas podes ter certeza de que na Sociedade e tecido empresarial alemão explicam menos do que aquilo a que estamos acostumados. E quem seguir a Bundesliga e seus arredores não duvidará de que os clubes alemães (com o Bayern à cabeça) são forçados a ter uma gestão exemplar, por todo o tipo de razões legais (mas daquelas que são mesmo para levar a sério).

Baresi disse...

Tem é 5 anos a mais que o Renato.

Baresi disse...

Se vendem Slimani e Joao Mario, por um valor conjunto de 50/60M€, logo vêm onde vai parar o Semedo...

Baresi disse...

Emre Can??

Epa... Menos...

Baresi disse...

Ainda me lembro do Veloso fazer capas de jornais dia sim-dia tambem...
"Jogador da moda da europa"...