domingo, 12 de junho de 2016

A estreia dos melhores!

Incrível a selecção de Low!

A mostrar à Europa o que é perfeição ofensiva. Sempre a jogar o que o jogo lhe pede! Uma equipa de ataque posicional fantástico, que não apressa a construção, que joga sempre com superioridades e com o espaço entrelinhas adversário, mas ao mesmo tempo a que melhor identifica os timings para sair em ataque rápido e em contra ataque.

Ninguém neste campeonato da Europa mostrou tamanhas credenciais ofensivas. Porque, sempre centrada nas melhores decisões! Não há espaço, ataque posicional fortissimo, paciente e a procurar opções dentro do bloco adversário. Há espaço e tempo sai o temível contra ataque que tanta mossa cria. 

O mais impressionante é sem duvida a clarividência de toda uma equipa que percebe exactamente o que o jogo pede e ou sai rápido ou segura em função da situação de jogo.

Se há equipa que em dez contra ataques como aquele que sentenciou a partida faria oito ou nove golos, essa é unicamente a selecção alemã! 

Categoria a interpretar e depois a definir ao nível mais elevado que há pelo Euro 2016.

6 comentários:

Adriano Fernandes disse...

"Se há equipa que em dez contra ataques como aquele que sentenciou a partida faria oito ou nove golos, essa é unicamente a selecção alemã!" Um contra-ataque de 5 para 2... Andam muito mal as outras equipas mas como nao estou a seguir...

Luis Barroso disse...

É isso mesmo Maldini! São 11 treinadores e jogadores em campo ao mesmo tempo, com a mesma ideia! Ataque posicional fortíssimo. E para mim o jogador deste Europeu já começa a ganhar nome (esquecendo por instantes o Payet...). É o Toni Kroos, o maestro deste exército almemão. Abraços e boas continuações de Euro!

Pedro Vieira disse...

Não percebo tamanha bajulação. Ou melhor, até percebo. Não será é de índole racional.
A Inglaterra empata com a Rússia quando fez mais para ganhar do que a Alemanha hoje. Aliás, na primeira parte, a Ucrânia, teve variadissímas oportunidades de golo. Fiquei surpreendido pela negativa pelas fragilidades defensivas da equipa Germânica.

The Beast OnFire disse...

Sendo dois dos princípios do ataque posicional o passe vertical, e fazer do espaço entre-linhas o melhor a atacar, a Alemanha utiliza isso brilhantemente, sendo que o Boateng no primeiro minuto mete um passe vertical que me fez levantar do sofá.

Blog de Portugal disse...

TheBeast, pena que esse primeiro passe não foi sinal de uma boa exibição.

O Boateng e o Mustafi pareciam centrais da II Liga em alguns momentos... fez falta o sr. Hummels!

The Beast OnFire disse...

Concordo, o Hummels ou o Rudiger. O Boateng gosta demasiado de passes longos, e falha muitos deles.