quarta-feira, 15 de junho de 2016

Rumba ao quadrado. A Rússia mostra como não fazer.

Num passado não tão distante, neste blogue (AQUI), falava-se da forma como um defesa se deve comportar em situações onde o adversário se encontra enquadrado com a linha de fundo. Não por padrão, porque obviamente o jogo não é sempre igual e é o contexto que deve ditar cada comportamento. Mas, por percepção daquilo que dará menos possibilidades ao adversário de ferir a nossa baliza. Se é certo que cada situação é uma situação diferente, é igualmente certo que por principio devemos ter como objectivo afastar ao máximo o adversário do êxito. Ou seja, se ele conduz para a linha de fundo que continue a conduzir por aí. Não só porque fecha o ângulo e o Guarda-Redes tem muito mais hipóteses de defender a baliza porque a baliza fica "menor", mas também porque retira opções ao portador da bola para prosseguir com o lance. Nos dois golos sofridos pela Rússia, o mesmo princípio aplicado e a probabilidade de golo cairia certamente. Tal não significa que o lance não fosse acabar dentro baliza, apenas que quem tem a bola fica com piores condições para decidir o lance. Não há que retirar mérito a quem aproveita tal comportamento defensivo, e faz por aumentar as suas próprias probabilidades de fazer golo, como fizeram Hamsik e Weiss. Apenas reforçar que por mais brilhante que fosse o mesmo tipo de execução, com outro tipo de comportamento defensivo a execução teria que ser de outro mundo.



7 comentários:

miguelborges6 disse...

Impressionante como há jogadores com erros tão básicos.. Comentei logo num grupo de facebook essa situação do 1º golo

Pablito disse...

Ontem o burro do Danilo foi ainda pior logo no primeiro lance de perigo da Islândia.

Brito disse...

Igual ao Danilo no inicio do jogo de Portugal de ontem...sai disparado para a linha e quando o islandÊs remata ele não está a tapar nem 1 centimetro da baliza

Blessing disse...

http://lateral-esquerdo.blogspot.pt/2016/06/de-dois-males-escolher-um-o-pior.html

Ruca80 disse...

Blessing, gostava de saber a tua opinião sobre o golo da Islândia, lacei-me ver um post teu no lateral esquerdo mas foi apagado.

Blessing disse...

Ruca, não vi o lance muitas vezes. Por isso só reparei no overlap do Pepe no Vieirinha.

JON disse...

Foda-se, até eu nas peladinhas de futsal com amigos barrigudos levo sempre os gajos até à linha e nunca ataco o homem, especialmente se sei que é mais forte que eu no 1x1, não entendo como jogadores ao mais alto nível defendem assim...

Aliás, o Danilo entendo... Ele é como uma porta! Daquelas pesadas...

PS: só vi o 1º jogo da Eslováquia, mas gostei bastante do Weiss. Confirma-se que é bom o gajo? Não percebi como anda perdido no Qatar...